Conheça o cocô de coelho e entenda a saúde do seu pet

Compartilhar:


coco de coelho

Pode parecer muito estranho um artigo todo falando sobre o cocô de coelho, né? Mas falar sobre as fezes do seu pet é muito importante. Isso porque o sistema digestivo dos coelhos é extremamente sensível e pode ser desnorteado por vários motivos.

Pensando nisso, é fundamental monitorar as fezes do seu animal. A melhor maneira de prestar atenção e analisar como está o sistema digestivo do coelho é saber tudo sobre o cocô dele! Assim você irá saber que a dieta do coelho está correta. 

A alteração no aspecto das fezes pode ser o primeiro indício de que existe alguma coisa errada com a saúde do seu bichinho. Por isso, esteja atento! Confira algumas dicas neste artigo!

Entenda mais sobre o cocô de coelho

É fundamental saber que os coelhos fazem dois tipos de fezes: as fezes normais e os cecotrofos. A seguir, vamos te explicar a diferença entre elas!

Em média, os coelhos fazem de 200 a 300 bolinhas de cocô por dia. Elas são consideradas normais quando essas bolinhas estão uniformes tanto em tamanho quanto em forma. Isso significa que elas devem estar arredondadas e com o tamanho do grão de bico normal. Também é importante saber que o tamanho do seu coelho nem sempre vai influenciar no tamanho do cocô de coelho. 

Quando o cocô de coelho está saudável, as bolinhas devem se desfazer facilmente. Esse tipo de fezes deve ser estável, mas se você fizer uma pressão suave, elas devem se desmontar e se tornar algo parecido com serragem. É comum que o cocô de coelho fique muito duro quando seca, então esse teste deve ser feito com ele ainda “fresco”.

Quando você fizer esse teste, é importante que, dentro da bolinha, você encontre muito feno mastigado. Além disso, as fezes do coelho não devem ter cheiro. 

coco de coelho

O que significa cocô cecotrofos?

A cecotrofia é um mecanismo fisiológico muito comum dos orelhudos, e de suma importância para que o seu coelho tenha um excelente funcionamento do sistema digestivo. 

Esse processo funciona como uma reciclagem do próprio cocô do coelho. Geralmente, esses animais comem esse tipo de fezes para garantir que eles tenham bastante proteína e vitaminas do complexo B na dieta. 

Quando os coelhos estão estressados ou com muito açúcar em sua dieta, eles podem produzir mais cecotrofos do que o normal. Esse é um bom sinal, desde que o coelho não se sente em cima dos cecotrofos. Se isso acontecer, talvez seja importante que ocorra uma mudança na dieta do pet.

A necessidade dos coelhos de ingerir suas próprias fezes se deve ao fato de a microbiota intestinal desses animais ficarem na parte posterior do aparelho digestivo. Essa parte do intestino funciona como uma câmara de fermentação e é a responsável por fazer a quebra da celulose da fibra.

E é assim que os coelhos conseguem os nutrientes essenciais para que tenham uma vida longa e saudável, por isso, se seu coelho comer esse tipo de cocô, não há problema algum.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Maria disse:

    meu Coelho 🐇o nome dele é Robinho

Deixe o seu comentário