Como tratar doença hepática em cães?

Compartilhar:


como tratar doença hepática em cães

É normal acabar com diversas dúvidas ao procurar como tratar doença hepática em cães. Isso porque a disfunção não tem uma única causa, ou seja, o quadro clínico do animal deve ser estudado antes de qualquer decisão. Porém, para amenizar as perguntas que surgiram na sua cabeça, vamos explicar melhor sobre a patologia.

Conheça as causas dessa doença do fígado e o impacto na vida do seu melhor amigo.

Tem como tratar doença hepática em cães?

É possível, sim. Há opções de como tratar doença hepática em cães, mas o tratamento depende bastante da situação do animal. Sendo assim, a presença de um médico veterinário é crucial. Apenas um especialista em saúde canina pode indicar a melhor solução para o distúrbio hepático do pet.

De forma clara, as recomendações são feitas a fim de diminuir a inflamação e dar um respiro para o órgão.

O que causa doença hepática em cães?

Depende, pois a patologia vai desde uma possível doença genética, como é mais comum em raças como doberman, yorkshire terrier e cocker spaniel, haver infecções virais e ingestão de substâncias tóxicas.

É por isso que o exame clínico e o acompanhamento do médico veterinário são fundamentais desde a aparição dos primeiros sintomas.

Quais os sintomas das doenças do fígado?

Os sinais de um possível problema no fígado do seu cachorro talvez sejam nebulosos, pois se assemelham a outras doenças. Entretanto, se perceber qualquer mudança no comportamento do animal, vá ao veterinário para saber como tratar doença hepática em cães caso o diagnóstico seja positivo.

Dito isso, a lista de sintomas que você deve prestar atenção são:

  • Falta de apetite do animal;
  • Presença de baba constante ou em excesso;
  • Apatia, falta de disposição;
  • Vômito ou diarreia;
  • Amarelamento da pele ou da região dos olhos;
  • Perda de peso;
  • Gengivas pálidas;
  • Inchaço na região do abdômen;
  • Sede constante.

Uma bateria de exames é responsável por identificar o problema, dentre eles, hemograma, radiografia, ultrassonografia e análise da urina do cão.

Como tratar doença hepática em cães?

como tratar doença hepática em cães já idosos

Após o diagnóstico de uma disfunção no fígado do animal, é hora de analisar o cenário e entender a intervenção ideal para o estágio da doença. E, claro, quanto antes a doença hepática começar a receber o tratamento, melhor para a qualidade de vida do bichinho e controle do quadro.

Uma das principais mudanças na rotina do pet é a alimentação. Isso porque a composição da ração é chave para controlar os sintomas da disfunção. Aliás, é possível que o médico veterinário indique uma ração medicamentosa em busca de como tratar doença hepática em cães com maior eficiência.

Além disso, outras administrações são realizadas, como ingestão de medicamentos para coagulação do sangue e prevenção de úlceras.

Agora que você já sabe como tratar doença hepática em cães, com certeza entendeu a importância desse órgão para a qualidade de vida e bem-estar do seu bichinho. Sendo assim, ao identificar qualquer comportamento fora do comum, procure um veterinário e não espere uma piora para descobrir o que está acontecendo.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário