Conheça tudo que você precisa saber sobre aves raras

Compartilhar:


aves raras

Apesar do crescente número de aves com risco de extinção, o Brasil ainda é um dos países mais ricos em diversidade. Existem muitas espécies de aves raras encontradas somente por aqui!

Primeiramente, antes de falarmos dessas maravilhas, é importante lembrar que as espécies de aves raras são aquelas específicas quanto aos seus hábitos e que estão em pequenos grupos num mesmo habitat.

Além disso, as raras também estão ameaçadas de extinção, o que é bem preocupante! Já as aves exóticas são aquelas que não são nativas do Brasil.

Conheça as aves raras que você encontra aqui mesmo no Brasil

Ararinha-azul

As araras são o símbolo do Brasil, mas estão se tornando cada vez mais raras, principalmente a ararinha-azul.

Desde 2000, essa espécie foi extinta da natureza e, até pouco tempo, só existiam cerca de 60 indivíduos em cativeiros espalhados pelo mundo. Foi então que, em 2020, 52 aves chegaram ao Brasil para essa reintrodução. Uma esperança para a espécie!

Entufado-baiano

O entufado-baiano é uma das espécies mais raras e ameaçadas no mundo. Depois de ficar mais de 50 anos sem ser visto, um ninho foi descoberto nos anos 90 na Reserva Mata do Passarinho, entre Minas Gerais e Bahia.

Por isso, hoje existe um pouco mais de 15 aves.

Soldadinho-do-Araripe

Como dissemos anteriormente, essa é mais uma ave rara, que vive no Vale do Cariri cearense e está globalmente ameaçada de extinção, por conta da perda de seu hábitat.

Com cerca de 15 cm, a fêmea costuma ser verde-oliva e o macho branco, com a cauda e as penas de voo negras, além de um manto carmim do dorso ao topete.

Bicudinho-do-brejo-paulista

Esse pequeno pássaro é encontrado em Mogi das Cruzes, Guararema e São José dos Campos, no Vale do Paraíba, e está criticamente ameaçado de extinção.

A ave foi descoberta em 2004, e em 2019 ganhou o Refúgio de Vida Silvestre Bicudinho-do-Brejo-Paulista.

Aracua-guarda-faca

Essa ave chegou a ficar esquecida por mais de 30 anos, até que, em 2017, foi considerada a mais nova integrante da avifauna brasileira.

Exclusiva e restrita da região noroeste de São Paulo, ela vive aos pares ou em pequenos bandos perto de nascentes. Além disso, vale dizer que a ave ganhou esse nome pelo canto peculiar e pode medir até 53 cm.

Veja mais três aves raras e suas características

Formigueiro-de-cabeça-negra

O formigueiro-de-cabeça-negra ficou desaparecido por 135 anos e foi reencontrado na década de 80 entre Paraty e Angra dos Reis. Mas, infelizmente, não houve registro dessa espécie em outros locais.

Choquinha-de-Alagoas

Esse pássaro com um canto de assobios fortes é uma das aves mais ameaçadas de extinção do mundo. Por isso, existe um esforço coletivo para reverter essa situação.

Além disso, tudo indica que existem menos de 50 indivíduos da espécie na natureza. Eles estão localizados na Estação Ecológica (Esec) de Murici, em Alagoas.

Rolinha do Planalto

Por fim, conhecida como rolinha de janeiro, rolinha-brasileira ou pombinha-olho-azul, essa é uma espécie rara. Há recentes registros em somente três localidades do Cerrado.

Até meados de 2020, a população era em torno de 25 animais.

Conheça mais sobre aves aqui no blog da Cobasi:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário