Enriquecimento Ambiental

18 de maio de 2018

Aves

O que é Enriquecimento Ambiental?

É um conjunto de técnicas e manejo que visam o bem-estar-animal. Pensando na saúde física e mental dos animais, são introduzidos brinquedos, objetos, desafios, alimentos e afins – que carregam consigo pontos atrativos e significativos, para que o animal tenha um ambiente favorável para o desenvolvimento cognitivo e de suas atividades interativas. Um exemplo, é a utilização de poleiros naturais de goiabeira em viveiros. Pelo fato do tronco ser sinuoso, com galhos em formatos distintos e com diâmetros variados, e, por se tratar de madeira “in natura”, remete ao animal uma sensação positiva que advém de sua história evolutiva, o objeto, na maioria das vezes, é compreendido como pertencente ao seu universo – influenciando favoravelmente na construção do que conceituamos como bem-estar.

Acessórios para gaiolas e viveiros

Existem diversos recursos e acessórios disponíveis no mercado para favorecer o enriquecimento ambiental, dentre eles, brinquedos, poleiros e até alimentos. Todos os itens antes de serem introduzidos na gaiola, devem passar uma inspeção. Observar se não há farpas, pontas cortantes, peças enferrujadas, objetos sujos e alimentos estragados. Caso ocorra uma dessas situações, não oferecer. Caso esteja na gaiola, retirar imediatamente.

Brinquedos

A variedade de brinquedos é enorme: de diferentes fabricantes, com uma vasta gama de modelos, com tipos distintos de uso, além de cores e acabamentos diversos. Existem basicamente brinquedos feitos de madeira, plástico, e algumas peças de metal. Os brinquedos devem ficar sempre suspensos, nunca no chão para não haver contato com as fezes. Os psitacídeos adoram brinquedos com argolas, escada, pois adoram escalar, e espelho para interagirem entre eles. Constatado o desgaste e depreciação, que é normal, sempre retirar o brinquedo e trocar por um novo. Os mesmos se estiverem sujos e em boas condições de uso, devem ser higienizados com frequência.

Os brinquedos são ótimos para distrair e exercitar a ave, além de treinar o equilíbrio delas.

Alimentos

Por incrível que pareça, os alimentos podem ter papel essencial no bem-estar físico e mental das aves. É sabido que os psitacídeos têm prazer em selecionar e descascar sementes, logo, deixar uma variedade de sementes é importante para que eles se sintam bem.

Encontra-se na área de venda por exemplo, uma barra de sementes (com aspecto similar a barra de cereal consumida pelos humanos), em que a captura da semente é muito interessante para a ave, pois demora um pouco mais para ela alcançar o seu objetivo – que é consumi-la. Essa barrinha será disponibilizada na parte aérea da gaiola, e sempre tomar cuidado para não estragar devido a exposição continua.

Os alimentos frescos também funcionam para melhorar o ambiente da ave. Se utilizarmos pedaços de legumes – colocando sementes dentro -, além de fornecer verduras, frutas e etc., a ave terá mais tempo e energia para gastar dentro da gaiola, apreciando o delicioso cardápio. Para isso existe um objeto chamado de “porta-verdura”, que é importante para que os alimentos selecionados não caiam (ou fiquem) no chão da gaiola e se contamine com as fezes. Em algumas gaiolas já existe um espaço exclusivamente reservado para colocar esses complementos, aumentando a interatividade do animal.

Poleiros

Os poleiros ajudam de maneira significativa a enriquecer o ambiente, pois é justamente em cima desses que a maioria das aves vão passar a maior parte do tempo. Eles podem ser tradicionais, que são lisos e retos, geralmente feitos de madeira. Mas existem poleiros feitos de galhos de árvores, como exemplo um de goiabeira. Não são retos e contínuos, e dão a impressão que a ave está numa extensão da árvore.

Existem algumas gaiolas que possuem um anexo, como se fosse uma pequena plataforma, que vem até com poleiro externo. Aves como calopsitas e papagaios, consideradas aves de contato (que interagem diretamente conosco), desde que mansas e com asas aparadas, podem ter acesso a parte externa da gaiola, melhorando a interação com o ambiente e até pessoas.

Osso de Siba

O Osso de siba, também conhecido pedra de cálcio, são aquelas pedras brancas, que são colocadas acopladas a grade da gaiola, e além de servirem para desgastar o bico das aves, mantendo o mesmo no tamanho e formato ideal, é ótimo para elas passarem o tempo.

Espelhos

Os espelhos são utilizados principalmente para os psitacídeos (calopsitas, periquitos, papagaios), que adoram ficar se exibindo e brincando em frente do seu reflexo. Muitas vezes ficam assobiando e cantarolando para eles mesmos, por bastante tempo, o que ajuda a passar o dia de maneira mais interativa

Banheira

Pequenas banheiras, bacias e recipientes, são utilizados para algumas aves passeriformes e psitacídeos tomarem banho. Existem espécies que se deliciam ao se banharem, tais como mandarim e até mesmo os periquitos. Alguns cuidados básicos devem ser considerados, como colocar uma camada fina de água, para evitar afogamentos. Preferencialmente disponibilizar em dias quentes, e depois sempre deixar o ambiente limpo e seco.

 

Conteúdo desenvolvido pelo time de Educação Corporativa da Cobasi