Meu cachorro pode entrar no mar? Saiba antes de viajar!

15 de fevereiro de 2021

Cachorros
Cachorro pode entrar no mar e acompanhar no stand up paddle

Férias, dias quentes… enfim, o verão! Momento de pegar uma praia com a família completa, mas será que seu cachorro pode entrar no mar? Continue a leitura e saiba de todos os cuidados necessários para seu pet curtir o verão com segurança e saúde.

Pegar uma praia é uma paixão nacional. Quem aí não gosta? No entanto, será que nessa curtição tem espaço para o nosso peludinho? Será que cachorro pode entrar no mar e aproveitar as maravilhas do verão pegando uma praia com a família? Vamos ver juntos! 

O cachorro pode entrar no mar, mas isso envolve diversos cuidados. É importante considerar que nesses casos, precisamos preparar bem a viagem para evitar futuras dores de cabeça. 

Cachorro pode entrar no mar? Depende do destino!

Como diz Jorge Ben Jor, moramos num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, certo? O Brasil é cercado pelo oceano e, portanto, temos inúmeras praias por aí. Sendo assim, o primeiro ponto é escolher o destino certo e, principalmente, um local “pet friendly”. 

Isto é, onde os animais são bem-vindos tanto nas praias como também nos hotéis. Algumas praias não permitem a presença de cães e nós precisamos respeitar. Aquelas que aceitam nossos amigos peludos, é necessário ter alguns cuidados.

Cuidados com cachorro no mar

No geral, os cães são ótimos nadadores, mas não espere que seu pet, que só chega perto da água na hora do banho, se saia bem nas águas do mar. Não deixe-o sozinho na água e acompanhe sua entrada na água. Use coleira peitoral para maior segurança e mantenha o pet sempre na guia.

Para uma tarde agradável, é indispensável pensar no bem-estar do pet. Por isso, devemos evitar a sua exposição solar excessiva utilizando guarda-sol e evitando o contato tão prolongado com a areia por meio de colchonetes. Outro ponto é a alimentação. Nada de dar seus alimentos para o pet. Leve ração seca, que é mais resistente ao calor, use comedouros e bebedouros e mantenha a água sempre à disposição. 

Por falar em água, não deixe o pet ingerir água salgada e cuidado para ele não comer o que encontrar pela areia.

Mantenha a praia limpa

Seu cachorro pode entrar no mar, desde que o passeio seja tranquilo e deixe a praia limpa. Nós sabemos que às vezes a “natureza chama” o cachorro em momentos não tão oportunos. Por isso, enquanto tutores, precisamos estar preparados para ajudar o amigão e contribuir com a preservação da praia. A melhor opção para isso são os saquinhos cata-caca, que de maneira higiênica e prática ajudam na coleta de fezes para o descarte.

Tenha bom senso sempre!

Cachorro com pelo tricolor dá a pata para humano Amigo Cobasi

Por estarmos em um espaço público, precisamos pensar em soluções para que nosso peludinho não atrapalhe os demais. Para isso, é importante contarmos com coleira, peitoral e guia para a segurança dele e dos banhistas. Também é indicado a utilização de uma plaquinha de identificação.

Na hora do cachorro entrar no mar, prefira áreas mais isoladas da praia para que você, seu cãozinho e os demais banhistas possam se divertir cada um no seu canto!

Cuidados pós praia

O banho de mar é relaxante para todos, inclusive para o nosso amigão. No entanto, sabemos que o sal da água acaba ressecando a pele e isso não é diferente no pet. Por isso, é recomendável que após o banho de mar, o cachorro tome um banho de água corrente.

Os produtos utilizados no pet também devem ser escolhidos a dedo, pensando sempre na hidratação e cuidados dos pelos. Utilize apenas produtos de uso veterinário para evitar alergias e intoxicação.

Todas as dicas anotadas? Confira os cuidados com seu pet nos dias de calor!