Peixe Platy: tudo sobre a espécie

Compartilhar:


Saiba tudo sobre o peixe platy

Os peixes são animais bastante requisitados como pets, principalmente por conta dos fáceis cuidados e da grande variedade de espécies, cores e tamanhos, além de o aquário ser um ótimo item para decorar um ambiente interno! Para isso, o peixe platy é uma excelente opção para os iniciantes que nunca tiveram outros peixes antes. 

É uma das espécies de peixes ornamentais mais comuns e requisitadas, justamente por conta da sua popularidade e vantagens no fácil cuidado. É um peixe predominantemente de água alcalina e pode viver, em média, 4 anos no aquário. 

Se trata de um peixe bastante dócil e pequeno, que pode atingir cerca de 4 a 7 centímetros. E eles apresentam uma grande variedade em sua coloração, sendo possível encontrar peixes platy laranjas, brancos, azuis, amarelos, pretos e vermelhos – sendo esta última a cor mais comum. Por essa razão, eles são uma ótima alternativa para dar uma colorida no espaço!

Este peixe é, também, muito procurado para a criação em aquário justamente por se dar muito bem convivendo tanto sozinho quanto em grupo.

Saiba que ele não terá problemas se conviver no mesmo ambiente com outros peixes – desde que sejam dóceis como ele. 

Como devo alimentar o meu peixe platy?

Até nisso esse peixe colabora com os donos! Ele tem uma alimentação onívora e pode comer diversas coisas: ração, artêmia salina, vermes, crustáceos, dáfnias, etc. Mas – lembrando – o mais recomendado é sempre alimentar o peixe com a ração própria para a sua espécie!

Como devo montar o aquário?

O aquário do peixe platy deve ser equipado com um termostato para controlar a temperatura, iluminação adequada, e um filtro mecânico e biológico.

Para que seja possível alcançar a qualidade do habitat ideal, a água do seu peixinho deve estar entre 25°C e 30°C,  mas o melhor seria manter em 27°C.

O peixe platy é facilmente adaptado em aquários médios. Mas atenção! É sempre importante respeitar a regra de 1 cm de peixe para cada 2 litros de água. Ao se basear neste cálculo, fica bem simples de ter noção da quantidade de peixes que o seu aquário suporta.

Além disso, objetos de aquário como plantas, cavernas e casinhas não servem somente de enfeite, não! Esses itens são capazes de oferecer conforto e bem estar ao peixe, sendo muito úteis para garantir que ele se sinta mais seguro ao ter um local para dormir ou se esconder, caso ele sinta necessidade.

Como funciona a reprodução desse peixe?

O peixe platy é extremamente fértil e de fácil reprodução, porém é recomendado que, no aquário, sempre tenha mais fêmeas do que machos, uma vez que os machos podem acabar gerando estresse nas fêmeas, caso a “perseguição” seja focada em somente uma. E, depois do acasalamento, os filhotes irão nascer dentro de 4 a 6 semanas.

Além disso, uma curiosidade que vale a pena mencionar é que é muito fácil diferenciar o macho da fêmea! Isto porque os machos são menores, e as fêmeas apresentam um corpo de formato mais roliço. 

Com tudo isso, você logo pode notar que o peixe platy é uma ótima opção para quem quer ter um aquário pequeno ou médio. Além disso, se a sua ideia era, também, decorar o ambiente com vida, cor e amor, esses peixinhos são ideais para você!

Quer saber mais sobre peixes? Confira aqui:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário