Pet friendly: descubra o que é e principais características do serviço

Compartilhar:


espaço pet friendly com cachorro e tutora

Atualmente, é cada vez mais fácil encontrar locais pet friendly. Você provavelmente já encontrou uma plaquinha dessas em algum estabelecimento ou já ouviu o termo por aí, certo? Mas você realmente sabe o que é um espaço pet friendly?

Então venha conosco e descubra o que são esses estabelecimentos e suas características!

O que é pet friendly?

Em tradução literal, pet friendly significa “amigável para pets”. Na prática, o termo demonstra que determinado local é liberado para cães, gatos e, às vezes, outros animais. Aliás, não só é liberado, como também é adequado!

Um estabelecimento pet friendly oferece todas as condições necessárias para atender bem aos tutores e a seus bichinhos de estimação. Assim, ambos aproveitam o momento de maneira tranquila e segura.

Ademais, o melhor é que, hoje em dia, existem diversos locais que permitem a entrada de animais, como hotéis, parques, shoppings e até restaurantes. Assim, em tese, é de se esperar que todos passem por uma restruturação eficiente para garantir o bem-estar tanto do tutor, quanto dos pets.

O que precisa para ser pet friendly?

restaurante pet friendly com cachorro sentado

Para um local ser considerado pet friendly de fato, ele precisa ter uma infraestrutura de qualidade e adequada para lidar com todos os possíveis visitantes animais. Entre as principais características do serviço estão:

  • equipe treinada para receber cães, gatos e outros pets;
  • bebedouros com água sempre fresca disponíveis por todo o estabelecimento;
  • saquinhos para remover as fezes dos pets;
  • lixeiras exclusivas para o descarte correto;
  • área especial para manter tutores e seus bichinhos à vontade.

Se o estabelecimento oferece todas essas vantagens, ele é pet friendly!

Além disso, é importante ressaltar que cães-guias devem ser aceitos em qualquer local.

Quais ambientes estão reprovados?

Não é qualquer ambiente que é amigável para o seu melhor amigo. Apesar de muitos terem o título, nem todos possuem uma infraestrutura eficiente.

Isso significa que, se o espaço não permite que o cão fique no chão, se a equipe não recebe treinamento para lidar com animais de estimação ou não tem tolerância com o comportamento natural dos pets, ele não é pet friendly.

Nem todo ambiente é apropriado para o seu bichinho

gato deitado bocejando

Outro adendo importante é que nem todo passeio é ideal para cães e gatos. Em primeiro lugar, gatos não gostam de sair de casa. Portanto, o ideal é deixá-lo com um cat sitter de confiança.

Já os cães podem se estressar em locais muito movimentados e barulhentos. À vista disso, hotéis para cachorro e até pet sitters são boas opções para manter o bichinho tranquilo e feliz.

No caso de viagens, tutores devem pesquisar, de antemão, se o hotel, pousada ou chalé tem as melhores condições para receber seu amigo. Caso contrário, recomendamos as opções anteriores.

O ideal é que tutores passeiem com seus bichinhos em locais agradáveis, onde ambos sintam-se bem, seguros e acolhidos.

Gostou das dicas? Então continue no Blog da Cobasi e saiba tudo sobre cães, gatos e outros pets incríveis!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário