Qual anti-inflamatório pode dar para gato? Descubra!

Compartilhar:


Os felinos são animais ativos e costumam estar sempre atentos, mas também podem ser atingidos por problemas de saúde. Quando o bichinho está com uma inflamação, muitos tutores questionam qual anti-inflamatório pode dar para o seu gato.

A administração incorreta dos remédios pode piorar o quadro de saúde do seu filho de quatro patas, e por isso é super importante buscar a ajuda de um veterinário antes de tomar qualquer decisão.

Caso você esteja se perguntando qual anti-inflamatório pode dar para gato, este artigo do Blog da Cobasi é perfeito para você. Confira abaixo e boa leitura!

Para que serve o anti-inflamatório para gatos?

O anti-inflamatório para gatos costuma ser indicado para aliviar dores, febre, edema e outros problemas causados por alguma inflamação. O medicamento, no entanto, jamais deve ser oferecido ao pet sem o conhecimento de um especialista.

O remédio ainda tem função analgésica e antitérmica, porém o uso indiscriminado pode ser extremamente prejudicial à saúde do seu amiguinho.

É essencial levar o animalzinho ao veterinário antes de se perguntar qual anti-inflamatório pode dar para gato. O medicamento possui contraindicações para gatinhos com histórico de diversas doenças e apenas um profissional é capaz de analisar cada caso.

O fármaco também pode ser perigoso para felinos com hipersensibilidade a algum componente da fórmula. Então nada de automedicar seu bichinho, viu?

Quais são os tipos de anti-inflamatório para felinos?

Antes de questionar qual anti-inflamatório pode dar para gato, o tutor precisa saber que existem dois tipos do medicamento: os esteroidais (AIES) e os não esteroidais (AINES).

O primeiro também é conhecido como corticosteroide e geralmente é recomendado para gatinhos com doenças autoimunes. Já o segundo ajuda no tratamento de enfermidades articulares, musculares e ósseas.

Qual anti-inflamatório pode dar para gato

Qual anti-inflamatório pode dar para gato?

Os seres humanos têm o péssimo hábito de apostar na automedicação assim que adoecem. Fazer uso de medicamentos por conta própria traz riscos à saúde das pessoas e dos pets e, no caso dos animaizinhos, eles não conseguem ir contra as atitudes dos tutores.

Se você está se perguntando qual anti-inflamatório pode dar para gato, saiba que apenas o veterinário pode ajudar a responder essa questão. O especialista deve analisar a condição do felino para indicar o melhor tratamento.

É importante seguir à risca as orientações do profissional, a fim de garantir a melhora do seu amigo de quatro patas. Caso você esteja pensando que não há problemas na automedicação, lembre-se que é a saúde do seu bichinho que está em jogo.

Uma dica valiosa é ter uma reserva financeira para uso emergencial, pois assim você consegue o dinheiro necessário para assegurar a qualidade de vida do seu pet!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário