Quando usar adubo e fertilizantes nas suas plantas

Por Cobasi

Compartilhar:
Pessoa colocando adubo nas plantas

Enquanto as plantas que se desenvolvem na natureza conseguem todos os nutrientes para continuarem crescendo, as plantas que temos dentro de casa precisam de alguns cuidados para manter sua nutrição em dia. É neste momento que o adubo e o fertilizante entram em ação.

O que é adubo e quando usar nas suas plantas

A adubação é uma prática milenar que busca oferecer nutrientes para que plantas se desenvolvam fortes e resistentes. Hoje existem diversos tipos, inclusive fórmulas específicas de adubo para orquídeas, por exemplo.

Nitrogênio, fósforo e potássio são os principais macronutrientes que este ser vivo precisa, você pode olhar no rótulo dos adubos para plantas de vaso e verificar a composição para entender o que está presente na mistura.

Outra informação importante que as embalagens trazem é o período de adubação. Através das orientações, é possível identificar quando sua planta precisa ser adubada.

O que é fertilizante e quando usar nas suas plantas

Os fertilizantes são combinações de elementos importantes para as plantas produzidos de forma sintética. Este produto tem o mesmo intuito que o adubo: devolver nutrientes para a terra.

Há vários tipos de fertilizante, como a versão líquida, concentrada, pó solúvel, farelado e pastilha. Para obter resultados eficientes, sempre verifique as instruções disponíveis no rótulo do produto.

O fertilizante NPK é um dos mais usados e reúne três nutrientes primários que já comentamos: nitrogênio, fósforo e potássio. Para usá-lo, basta depositar nas laterais do vaso e realizar uma rega.

Uma planta saudável tem tudo o que precisa disponível na terra, então fique de olho no caule, folhas e características da espécie para identificar se está faltando algo para ela. E como em qualquer situação, excesso faz mal, desta forma, siga a recomendação do fabricante.

Veja outras dicas para cuidar das suas plantinhas no nosso blog:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário