Quantos anos vive uma tartaruga: principais espécies e características

Compartilhar:


quantos anos vive uma tartaruga pequena

Um animal não tão comum, mas pra lá de curioso! Hoje vamos falar sobre quantos anos vive uma tartaruga, um bichinho que é pura calmaria e uma ótima companhia para pessoas tranquilas.

Por serem animais com uma expectativa de vida longa, é necessário um planejamento antes de arrumar um exemplar, já que ele provavelmente viverá mais de 30 anos ao seu lado.

Descubra quais espécies são domesticáveis, suas principais características e quanto tempo vivem estes pets exóticos fora do seu habitat natural. 

Quantos anos vive uma tartaruga doméstica?

A tartaruga tem história pra contar. O animal é um dos mais antigos do mundo, e quando alguém descobre quantos anos vive uma tartaruga, a surpresa é grande!

Os quelônios são répteis da ordem Chelonia e sua principal característica é possuir uma carapaça nas costas. Os mais populares de serem domesticados são os jabutis, cágados e outras espécies de tartarugas que você vai conhecer agora.

Um fato interessante sobre quantos anos vive uma tartaruga é que a expectativa da maioria tende a aumentar quando são criadas em cativeiro, já que a probabilidade de serem bem cuidadas é enorme. Entretanto aqui consideramos apenas aquelas liberadas para domesticação, viu?

Espécies de tartaruga para ter em casa

A tartaruga de madeira é um animal com casco escuro, tons alaranjados ao longo do corpo e suas manchas nas patas e pescoço caracterizam bem a espécie. Em cativeiro ela vive até 40 anos se for bem cuidada. Seus hábitos na primavera e verão são terrestres. Já no outono e inverno, ela prefere ficar na água.

Outra espécie que faz sucesso é a Tartaruga de Orelha Vermelha, conhecida por suas listras na lateral do rosto que renderam o apelido.

Seu tempo de vida é de 40 anos e elas são fãs de um ambiente úmido e contato direto com o sol. Tutores da espécie precisam acompanhar sua saúde, pois infecções de pele e nos olhos podem aparecer dependendo da qualidade da água.

A Tartaruga Pintada é carismática e cheia de traços únicos, suas cores pelo corpo e o casco colorido chamam a atenção. Sua expectativa de vida na natureza é de mais de 55 anos, e em cativeiro cerca de 40 anos. As fêmeas tendem a ser maiores que os machos.

A Tartaruga Russa, que ocupa o número um na lista de espécies domesticáveis, também tem uma vida em torno de 40 anos. Seu casco possui tonalidades de marrom e sua pele é repleta de detalhes. A afinidade com esta espécie é grande, pois a tartaruga tem uma ótima visão e até consegue identificar seus donos.

Quantos anos vive uma tartaruga de aquário

quantos anos vive uma tartaruga bem cuidada

A Tartaruga de Orelha Amarela se adapta muito bem dentro de aquários. As fêmeas possuem 30 cm de comprimento na fase adulta e os machos não passam de 20 cm. A espécie costuma viver mais ou menos 40 anos em cativeiro e estão entre as favoritas para se ter em casa.

Os apaixonados por tartarugas coloridas vão adorar a Cumberland. Esta espécie tem corpo e carapaça trabalhados nos tons verdes, mede 21 cm, vive em aquários de água doce e precisa ter contato constante com o sol ou ambiente aquecido artificialmente. Seu tempo de vida é de 30 anos.

Porque as tartarugas vivem mais de 100 anos

A afirmação só é válida para tartaruga marinhas. As espécies liberadas para criação em cativeiro não chegam a esta idade. A tartaruga gigante da Ilha de Galápagos é reconhecida por ser um dos animais com maior longevidade do mundo.

Percebeu que saber quantos anos vive uma tartaruga é muito importante antes de ter uma em casa, não é? O pet é um amigo que estará ao seu lado por um bom tempo, o que é uma ótima notícia para aqueles que gostam do animal! 

E não se esqueça, o tempo de vida do bichinho varia de acordo com a sua alimentação, ambiente e cuidados. Por isso separe seu investimento inicial e mensal, além de carinho e atenção para sua “tortuguita”.

Conheça mais sobre pets aquáticos e exóticos no blog da Cobasi:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário