Raça de cachorro chinês: você conhece alguma?

Compartilhar:


raça de cachorro chinês

Você sabia que a raça de cachorro chinês engloba espécies super antigas? Os cães exóticos refletem a personalidade e as características do país e ficaram muito populares no mundo oriental e ocidental durante o século XVI.

Pug, Shih-tzu, Shar-Pei, Pequinês… Essas são algumas raças muito queridas e populares ao redor do mundo, que tiveram sua origem no país asiático. Quer saber mais sobre elas, suas personalidades, alimentação e muito mais? Confere só esse post! 

Pug

Essa raça de cachorro chinês é super apreciada pelos imperadores do país natal. Os cães tinham vidas luxuosas, com soldados como segurança e tudo! Com focinhos curtos e achatados, o Pug é um cão muito simpático e alegre. Assim ele ganha o coração e a atenção de qualquer pessoa que esteja por perto.

Mas seu pequeno porte não diz nada, certo? Eles são extremamente protetores e amam proximidade. Ou seja, gostam da atenção dos tutores.

raça de cachorro chinês

A saúde desse pet não é muito boa, principalmente quando filhote. Por isso é muito importante que quem tem um amigo como ele ao lado, esteja sempre de olho. Eles também precisam de uma alimentação balanceada. Os ossinhos e petiscos devem ser moderados, oferecidos apenas como recompensa na hora de adestrar.

Shar-Pei

Você sabia que a Shar-Pei é uma das raças mais raras de cachorros no mundo? Com origem no sul da China, esses cães foram usados por muito tempo por camponeses com o objetivo de serem cães de caça e guarda. Mais tarde, foram usados como cachorros de combate. Além disso, quase foram extintos após a Revolução Comunista. 

As dobras enrugadas ao redor da cabeça, dos ombros e do pescoço são a característica mais famosa dos Shar-Pei. No entanto, elas existem graças à produção exagerada de uma substância e são um grande desconforto para o animal. Esses animais são inteligentes, independentes e calmos. Também adoram a companhia dos tutores, mais até do que de outros cachorros.

A higiene é muito importante para esses cães. Portanto, os banhos precisam ser recorrentes e dados com muito cuidado. Isso porque essa raça apresenta facilidade em contrair infecções.

Eles não se dão muito bem com crianças pequenas. Por esse motivo é melhor optar por tê-los em famílias adultas ou com crianças mais velhas. De preferência, adolescentes.

Também é raro esses cães se darem bem com outros animais. É necessário fazer a socialização de forma precoce. Caso contrário, não vai dar certo. E, claro, eles precisam sempre estar no comando.

Pequinês

Essa raça de cachorro chinês foi muito estimada pela família imperial chinesa. Seus tutores os carregavam dentro das mangas dos vestidos reais. Eram tão importantes para a nobreza que, caso fossem roubados e encontrassem o criminoso, a punição era a morte. 

Mesmo sendo de porte pequeno, esse é um cão muito forte, destemido e confiante. Também são independentes e bastante teimosos. Mas têm como qualidade, a lealdade, o companheirismo e serem amorosos. 

Os pequineses não estão acostumados a ficar sozinhos. Por isso, quando acontece, eles latem constantemente. As caminhadas com eles não podem ser muito longas, devido a dificuldades respiratórias. Para treiná-los é preciso paciência, elogios e muitas guloseimas.

Agora que você conheceu mais sobre raça de cachorro chinês, a personalidade de cada uma e também sobre a alimentação delas, que tal dar uma olhada em nosso blog para saber mais sobre esse e muitos outros assuntos?

Qual a melhor ração para cachorro?

Tipos de cachorro: raças e características

Shih-poo: conheça mais sobre a raça de cachorro mestiço

Raças de cachorro e gato que não devem usar Furminator

Cachorro pastor alemão: saiba mais sobre a raçaQual a melhor ração para cachorro?

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário