Remédio para pulga: qual escolher?

Por Cobasi

Compartilhar:
remedio para pulga

Decidir qual é o melhor remédio para pulga pode ser um desafio para os tutores.

Para te ajudar nessa decisão, preparamos uma lista com os medicamentos mais utilizados. Mas antes de adquirir qualquer remédio, não se esqueça de consultar um médico-veterinário.

Como escolher remédio para pulga?

Existem muitos tipos de remédio para pulga disponíveis no mercado, no entanto, nem sempre o que funciona para um pet pode funcionar para outro.

Antes de comprar o remédio, é importante analisar o porte, a personalidade do seu animal de estimação e o ambiente em que ele vive (se tem outros pets, por exemplo).

Além disso, o seu pet pode ter alergia, sensibilidade ou simplesmente não se adaptar ao tipo de remédio. Por exemplo, se ao colocar uma coleira antipulgas o animal fica desconfortável e tenta retirar o objeto de várias formas, o melhor é optar por outra forma de proteção.

O acompanhamento de um médico-veterinário também é fundamental para saber qual é o remédio antipulga mais adequado para o seu pet.

Tipos de remédio para pulga

Veja os medicamentos mais comuns para proteger o seu pet das pulgas.

Spray

O spray é mais indicado para os filhotes, já que não é tão forte comparado aos outros, mas mesmo assim combate as pulgas.

Para ele funcionar, o tutor deve borrifar o produto nos pelos do pet com muito cuidado para não atingir a região dos olhos, focinho e interior das orelhas.

O tempo de eficácia varia. Alguns proporcionam um alívio momentâneo, e outros prometem duração de até três meses.

Coleiras

As coleiras antipulgas normalmente têm uma vida útil maior, algumas com até oito meses. Entretanto, há pets que não se adaptam a esse meio de proteção ou sofrem reações alérgicas ao produto.

Pipeta

Pipeta é um líquido aplicado na nuca do cachorro ou gato, que possui ação repelente contra as pulgas. Ele é apropriado para animais com contraindicações ou dificuldade de ingerir os comprimidos.

O período de ação da pipeta é por volta de 30 dias, e para ela atingir os resultados é importante colocar o produto diretamente na pele, para que não escorra e que o pet não consiga lamber o líquido.

Comprimidos

Os comprimidos antipulgas são muito eficazes e agem de dentro para fora, pois o veneno entra na corrente sanguínea, sendo transmitido para a pulga quando ela morde o animal.

O seu efeito pode durar até 12 semanas, dependendo da marca. No entanto, para ele funcionar corretamente o pet precisa engolir o comprimido por completo. Por isso, quando usar um comprimido tenha certeza que o cachorro ou gato não cuspiu.

Remédios para pulgas e carrapatos

Atualmente é muito fácil encontrar um remédio que tenha eficácia contra esses dois parasitas, o que é uma ótima maneira de deixar o seu pet ainda mais protegido.

Posso utilizar dois remédios para pulga juntos?

remédio para pulgas

Quando a infestação é grande, o tutor pode querer acabar logo com o sofrimento seu amigo.

No entanto, o uso de dois remédios para pulga ao mesmo tempo – por exemplo, a coleira e a pepita – não é indicado, pois esses produtos possuem venenos que, somados, podem causar reações nos pets.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário