Saiba tudo sobre a tarântula e cuidados para ter uma em casa

Compartilhar:


tarantula na mão de pessoa

Sabia que, ao contrário do que parece, a tarântula é um bichinho dócil e inofensivo? Na verdade, a maioria dos aracnídeos é assim! Ao todo, são doze espécies, sendo que algumas delas podem ser domesticadas.

Por isso, se você está pensando em ter um bichinho diferente do habitual em casa, confira as dicas do Blog da Cobasi e descubra como as tarântulas podem ser suas melhores amigas!

Conheça a simpática tarântula

Também conhecida com caranguejeira, a tarântula é um aracnídeo peludo, que não oferece nenhum risco aos humanos. Apesar da aparência assustadora, ela é uma ótima companheira para se ter em casa.

No entanto, é preciso atenção aos cuidados e manejo com o pet. Afinal, ele é totalmente diferente dos outros bichinhos de estimação, como cachorros e gatos.

A tarântula é venenosa?

tarantula

Não! As tarântulas domésticas não soltam veneno na mordida. Ainda assim, é preciso atenção, pois, embora não tenha veneno, sua mordida dói muito. Em alguns casos, o tutor pode precisar ir ao médico. Mas não se preocupe! Elas não têm o hábito de morder.

Outro ponto de atenção são as cerdas em seu corpo. Quando a aranha se sente ameaçada, pode soltá-los como forma de defesa. Em contato com o tutor, o pelo causa inflamações nos olhos e no nariz. Por isso, atenção no manejo do bichinho.

Arborícola ou terrestre: qual a melhor espécie para ter em casa?

Se você é tutor iniciante, o ideal é ter uma tarântula terrestre, porque elas são mais lentas e fáceis de administrar. As arborícolas, por sua vez, são ágeis.

Tempo de vida

As tarântulas fêmeas vivem mais de 20 anos, enquanto os machos não aguentam viver muitos anos sem uma companheira.

Habitat

Se você tiver uma tarântula terrestre, dê preferência a terrários com cerca de 20 litros, grandes horizontalmente. Mas, se seu aracnídeo é o arborícola, prefira modelos verticalmente maiores, com cerca de 40 litros.

Um ponto de atenção é que tarântulas são aranhas solitárias. Nunca deixe duas ou mais juntas no mesmo terrário. O macho precisa da fêmea para sobreviver, mas eles se unem apenas na época do acasalamento.

Terrário ideal para arborícolas

No caso das arborícolas, garanta galhos e troncos de árvores para ela se sentir à vontade no ambiente. Como o nome sugere, elas gostam de viver no alto. Logo, quanto mais locais para escalar, melhor.

Terrário ideal para terrestres

As tarântulas terrestres gostam de ficar no chão. Por isso, o terrário deve ter uma camada de 2 a 15 cm de substrato ao fundo, para elas cavarem suas tocas. Fibra de coco ou cascas de madeira são excelentes opções.

Temperatura

O ambiente ideal para tarântulas deve ter 24 °C a 27 °C durante o dia e 20 °C a 22 °C pela noite.

Alimentação

Esses animais se alimentam de grilos, gafanhotos, tenébrios, baratas e ratos recém-nascidos. Para descobrir a frequência correta da alimentação desses pets, o ideal é procurar um veterinário especializado. Em suma, aranhas adultas comem cerca de duas vezes na semana, enquanto os filhotes precisam de mais comida no dia a dia.

Atenção à época de muda!

tarantula

A época de muda é quando as aranhas trocam o exoesqueleto antigo por um novo. No processo, que dura alguns dias, elas costumam ficam deitadas de barriga para cima. Não se assuste!

Nesse meio tempo, não alimente o pet, nem retire-o do terrário.

Pode ter tarântula doméstica no Brasil?

tarantula

Sim, você pode ter sua tarântula de estimação, desde que ofereça um local propício e todas as condições necessárias para ela viver bem. Dê preferência às espécies com comportamento pacífico, como a tarântula terrestre.

Além disso, lembre-se que, por não ser um pet comum, o ideal é procurar um veterinário especializado para descobrir todos os cuidados essenciais com elas.

Gostou? Continue conosco e saiba tudo sobre o mundo dos aracnídeos!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário