5 tipos de flores para vasos: conheça algumas

Compartilhar:


Tipos de flores para vasos

Até mesmo quem não tem espaço para cultivar um jardim pode ter plantas em casa, porque muitas espécies podem ser plantadas em vasos e floreiras! Se você deseja ter um lar colorido, conheça alguns tipos de flores para vasos.

Conte com elas para trazer um clima delicado e aconchegante para dentro do lar. A única preocupação, no entanto, deve ser a escolha do vaso. Sempre verifique o tamanho da planta adulta, para não fazer trocas constantes.

Tipos de flores para vasos: Flor-de-maio

A Flor-de-maio é uma planta colorida, amarela e rosa, que torna qualquer casa mais bonita! Ela alcança até 60 centímetros. Quando grande, devido ao tamanho, torna-se pendente, por isso é considerada um dos tipos de flores para floreiras externas mais bonitas.

Esta espécie deve ser mantida em ambientes à meia sombra, porque o sol direto queima e murcha suas folhas e flores. Faça regas duas vezes na semana, mas lembre-se que o solo não deve ficar encharcado!

Begônia

Begônia rosa em vaso

Delicada e bonita, a Begônia é muito comum, porque agrega beleza a qualquer cômodo do lar.

Esta espécie não deve ser exposta diretamente ao sol, por isso é um dos tipos de flores para vasos que combinam com ambientes internos. As regas acontecem a cada quatro dias.

Antúrio

O Antúrio possui flores deslumbrantes, num tom vermelho forte. Assim como a Begônia, a espécie não precisa de sol, basta deixá-la em locais com boa luminosidade.

Essa espécie prefere locais úmidos. Se o clima estiver seco, pulverize água nas flores e folhas duas vezes ao dia, para mantê-la saudável. No caso do solo, mantenha a terra bem aguada, mas sem exagerar.

Tipos de flores pequenas para vasos: Flor da fortuna

A Flor da fortuna é um dos tipos de flores para vasos mais comuns. Ela é pequenininha e pode ser encontrada em diferentes cores, como rosa, lilás e laranja. Esta espécie é símbolo de fortuna e prosperidade.

O ideal é deixá-la em locais com bastante incidência solar e fazer a rega a cada dois dias. O solo precisa estar sempre úmido.

Mini-margarida

Mini-margarida em vaso pequeno

Outra espécie pequena e charmosa é a Mini-margarida. Ela é uma ótima opção para decorar qualquer ambiente de casa, contanto que haja incidência solar direta, durante o dia inteiro. Contudo, também é possível cultivá-la em locais à meia sombra.

Em relação às regas, águe a flor em dias alternados. Mesmo com o solo seco ela consegue se proliferar, mas o indicado é manter a terra sempre úmida.

Camada de drenagem

Todos os tipos de flores para vasos precisam de um sistema de drenagem. O ideal é fazer uma camada ao fundo, com argila expandida ou pedra brita. Sobre ela, coloque uma manta de drenagem, para impedir o contato das raízes com a parte mais encharcada do vaso.

Solos muito encharcados favorecem o desenvolvimento de fungos, micro-organismos que prejudicam o desenvolvimento da planta. Portanto, sempre verifique o estado da terra e nunca deixe encharcar. Não se esqueça de mantê-la saudável com a adubação!

Veja mais sobre jardinagem no blog da Cobasi:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário