Tipos de ração para gatos: como escolher a ideal?

Por Cobasi

Compartilhar:
Tipos de ração para gatos: como escolher a ideal?

Existem vários tipos de ração para gatos. É preciso conhecê-los bem para entender qual a melhor variedade para o seu bichano, e descobrir como você pode combiná-las entre si para oferecer uma alimentação saudável, completa e muito saborosa para o pet.

Nesse artigo vamos falar sobre os tipos de rações para gatos, dar dicas sobre o que você deve considerar no momento da escolha e ensinar a fazer a transição de um alimento para o outro sem riscos para o seu companheiro peludo.

Fique com a gente até o final da leitura para descobrir como escolher ração para gato com toda tranquilidade e segurança. Vamos lá!

Conheça os tipos de ração para gatos

Conheça os tipos de ração para gatos

Primeiro, é muito importante você saber que os tipos de ração de gato não se restringem ao sachê, ração seca ou ração úmida. Esses diferenças são muito importantes, mas é preciso considerar, principalmente, a idade do seu pet e a fase da vida em que ele está.

Um gatinho que foi desmamado e está começando a comer ração deve ingerir apenas alimentos para filhotes até os 12 meses de idade completos.

Já um gato acima de 1 ano e saudável, que não tenha restrições alimentares, deve comer ração para adultos até os 6 ou 7 anos de idade. Depois disso, é preciso investir em uma alimentação para gato sênior.

É bastante comum, também, que os gatos sejam castrados em um determinado momento da vida. Assim você garante que ele esteja ingerindo exatamente os nutrientes de que necessita, nem mais, nem menos. Existem outros tipos de ração medicamentosa para cada tipo de necessidade nutricional, e você pode saber mais sobre elas com esse artigo.

E, por falar em nutrientes, as necessidades nutricionais dos felinos vão mudando ao longo da vida.

Por isso é preciso que o alimento oferecido a eles, seja em forma de ração seca ou úmida, sachês e até mesmo os petiscos, acompanhem essas mudanças.

Pense, por exemplo, em um filhote, que gasta muito mais energia do que um gatinho adulto já castrado. Além de precisar de nutrientes específicos, que vão contribuir decisivamente para a boa formação do seu organismo e das bases de que o pet vai desfrutar na idade adulta, a quantidade de calorias ingeridas precisa ser maior para que ele tenha toda a energia de que precisa para brincar e correr.

Já um gato sênior, que tende a ser mais calmo, pode ficar acima do peso e desenvolver uma série de outros problemas de saúde se ingerir uma ração que ofereça muito mais gordura, proteína e calorias do que ele precisa.

Como escolher a melhor ração para gatos

Como escolher a melhor ração para gatos

Existem muitas marcas de ótima qualidade no mercado, e você pode encontrar todas elas aqui na Cobasi. O que vai tornar uma ou outra o melhor tipo de ração para gatos que você tem em casa são as características deles.

Depois de adequar a escolha da ração à idade e fase da vida do seu pet, você pode testar diferentes sabores e texturas para descobrir quais deles o seu bichano prefere.

Para fazer a troca de uma ração que você não pretende mais oferecer por uma ração nova, vá aumentando gradualmente a quantidade do novo alimento, em substituição ao que não será mais comido pelo pet.

Assim você garante que ele tenha tempo para se adaptar aos novos sabores e evita desconfortos como diarreia, vômitos e falta de apetite.

Não esqueça de contar com a orientação do médico veterinário para fazer a escolha mais acertada da ração do seu gatinho, além de seguir as recomendações sobre as quantidades diárias oferecidas.

E, seja qual for o tipo escolhido por você e seu gatinho, não esqueça de manter água limpa e fresca sempre disponível para que ele possa se hidratar.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário