Animais mamíferos: terrestres, marinhos e voadores!

Compartilhar:


animais mamíferos

Os animais mamíferos são vertebrados pertencentes à classe Mammalia. Ou seja, esses animais se destacam pela presença de pelos e glândulas mamárias em seu corpo. Hoje em dia, estima-se que existam, aproximadamente, 5416 espécies, contando com os seres humanos.

No corpo dos mamíferos, os pelos se localizam junto à camada de gordura abaixo da pele, e possuem a importante função de garantir um aquecimento natural ao animal. Além disso, contribuem para a camuflagem, caso necessário. Já as glândulas mamárias estão presentes apenas no corpo das fêmeas de cada espécie, e elas têm a função de produzir leite para alimentar os filhotes.

Os mamíferos são seres extremamente adaptáveis e vivem em todos os cantos do planeta. Alguns deles são capazes de voar, e outros, de nadar. Inclusive, existem os mamíferos domésticos, que vivem ao lado do ser humano até hoje. Que tal conhecer um pouco todos eles?

Animais mamíferos terrestres

Os cães são animais mamíferos quadrúpedes, ou seja, que usam quatro patas para se locomover. De acordo com a proximidade biológica, acredita-se que a origem dos cachorros venha dos lobos cinzentos. Ao longo da história, os cães teriam sido treinados. Então, após diversas sequências de acasalamento, teriam gerado as diversas raças de cães que conhecemos hoje.

Esses pets possuem pelos espalhados por todo o corpo, porém, a pelagem tende a variar de raça para raça. A gestação dura de 58 a 68 dias, aproximadamente, e a quantidade de filhotes por ninhada vai depender do porte da mãe. Uma cadela pequena, por exemplo, pode dar à luz entre três e seis bebês.

Além dos cães, existem outros mamíferos terrestres que podem até não estar presentes no nosso cotidiano, mas que conhecemos muito bem, tais como: leões, cavalos, elefantes, girafas, ursos, entre muitíssimos outros.

Mamíferos marinhos

Os mamíferos marinhos são aqueles que habitam o oceano ou dependem dele para se alimentar. Esse grupo inclui alguns animais como baleias, focas, peixes-boi, lontras marinhas e ursos polares.

Para os mamíferos marinhos, a adaptação à vida aquática varia consideravelmente entre as espécies. Os leões-marinhos, por exemplo, são considerados semiaquáticos. Isso porque eles passam grande parte do tempo na água, mas precisam estar em terra para atividades como acasalamento e reprodução. Já as baleias são totalmente adaptadas à vida aquática.

Os ursos polares, no entanto, são muito menos adaptados ao ambiente aquático. No entanto, por viverem em regiões com blocos de gelo no meio do mar, considera-se que seu habitat natural é o aquático. Além disso, eles dependem totalmente do oceano para se alimentar. Sua dieta se baseia em peixes e pequenos mamíferos marinhos. Porém, o urso polar não consegue respirar debaixo d’água.

Mamíferos que voam

animais mamíferos

Os maiores exemplos dessa variação de mamíferos são os morcegos! Na verdade, eles são os únicos mamíferos que têm realmente a capacidade de voar. 

Esses animais possuem hábitos noturnos e uma audição extremamente aguçada, além de serem capazes de utilizar a ecolocalização para a captura de presas. A dieta desse bichinho depende bastante de sua espécie. Algumas se alimentam de frutos e insetos, e outras podem ingerir sangue.

Gostou do conteúdo? Não deixe de conferir outros posts da Cobasi sobre as muitas curiosidades do mundo animal. Além disso, caso você tenha interesse em produtos para pets, confira a nossa loja!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário