Aprenda como plantar louro em dicas práticas

Compartilhar:


Se você já tentou de tudo e ainda não sabe como plantar louro, não desista. O louro é mesmo uma planta de difícil enraizamento, mas com o jeito certo é possível ter em casa essa planta que saiu da Ásia menor e tomou o mundo.

Conhecendo a planta loureiro

Sim, Ásia menor, também conhecida como Anatólia, a região ocidental da Turquia. O louro surgiu nas terras arenosas dessa região, adaptado ao clima subtropical e aos ventos gelados no inverno

Por sinal, o louro é uma planta bem resistente e conhecida no mediterrâneo por ficar verde mesmo durante esse período do ano. Como o clima ideal para o loureiro fica entre os 10ºC e os 18ºC, no Brasil ele se adapta melhor às regiões serranas ou mais ao Sul.

E a culinária brasileira adora um louro. Aliás, essa planta é adorada há muito tempo. Na antiguidade, por exemplo, um ramo de louro era presenteado aos vencedores de lutas e batalhas. Quando os generais romanos venciam grandes batalhas eles voltavam a Roma com uma coroa de louros. 

Essa relação do louro com a vitória vem da mitologia dos gregos antigos. Reza a lenda que o deus Apolo viva insistentemente atrás de uma ninfa que, para fugir das investidas do deus solar, teria se transformado no loureiro. Quando Apolo finalmente alcançou a ninfa, encontrou a planta. Por isso, quem alcançava os louros, vencia.

Propagando o louro

Sim, o louro é famoso por ser uma planta difícil de se alcançar e isso vale em relação ao plantio. Como toda angiosperma, ele também se reproduz por semente, mas este é um processo muito lento. Por isso, a propagação do louro requer um pouco mais de trabalho.

Como é uma planta de difícil enraizamento, a alporquia é o método mais indicado para fazer mudas de louro. Esse método estimula a produção de raízes em um galho que é posteriormente podado e plantado. 

Afinal, como plantar louro?

Se você já está com uma muda de louro saiba que a parte mais difícil de como plantar louro já foi superada. Depois de lançar as primeiras raízes o louro costuma  se desenvolver sem grandes dificuldades, desde que cresça nas condições adequadas.

Para isso ele precisa de um solo bem drenado, como as terras de Anatólia. Água em excesso pode apodrecer as raízes que o louro com tanto trabalho botou para fora durante a alporquia.

Mas nem pensar em deixar sua planta com sede. Embora não goste de receber muita água, o solo do loureiro deve ser mantido úmido para que a planta se desenvolva bem. Em condições ideais, um pé de louro pode chegar aos 18 metros de altura!

Ainda assim, o louro é uma ótima opção para o cultivo em vasos. Escolha vasos grandes e adube a cada três meses. Lembre-se porém de trocar a terra e fazer a poda das raízes quando elas estiverem grandes demais. 

A coroa de louros é sua

Pronto, agora você já sabe como plantar louro, já pode cantar vitória! Lembre-se porém de esperar pelo menos um ano para sua plantinha crescer antes de retirar alguns galhos para consumo

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário