Aprenda a plantar e cuidar do Girassol

Compartilhar:


Girassol em vaso

Músicas, poemas, pinturas e flores, não é atoa que o girassol é uma das flores mais conhecidas e adoradas. E o melhor de tudo, são fáceis de plantar e cuidar! 

Portanto, se você gosta de flores, e está entres os adoradores desta flor, continue lendo para saber como plantar, cuidar e muitas outras curiosidades sobre o Girassol!

Afinal, qual a origem do Girassol?

Podemos dizer que a origem do girassol é um tanto quanto conturbada. Isso porque a maioria das informações que temos sobre o surgimento desta planta, consta que ela é originária da América do norte. 

Há quem conta que estas flores foram cultivadas pelos indígenas, para serem utilizadas como fonte de proteína em sua alimentação. No entanto, em 2010 foi encontrado um fóssil de uma flor na Argentina, dando indícios de que o Girassol, talvez tenha sido originado na América do Sul.   

O que fez esta origem parecer incerta, foi o fato de a planta encontrada estar em boas condições e ser uma flor com muitos traços da espécie Asteraceae, ou seja, a mesma dos girassóis. 

Mas a realidade é que pouco importa sua verdadeira origem, esta planta é muito famosa por seus benefícios e continua sendo utilizada até hoje!

Caracteristicas do Girassol

Entre suas principais características, estão o caule grosso e robusto, as folhas ovais e a coloração amarela e viva. 

A flor de girassol pode atingir a altura de 2 a 3 metros, porém, algumas espécies da planta girassol não passam de 40 centímetros. As flores da Helianthus, seu nome científico, costumam ser grandiosas, traduzindo a imponência e o porte majestoso da planta cujo nome, significa “flor do sol”.

Além de belíssimas flores, o girassol é uma oleaginosa muito apreciada na gastronomia devido a qualidade do óleo extraído de suas sementes. 

Esse óleo ajuda a combater o colesterol ruim, além de conter vitaminas B1, B2, B3, B6, D e E, melhorando a qualidade de vida de quem o consome. 

Além disso, o óleo de girassol também é conhecido por sua ação antioxidante, hidratante, restauradora e cicatrizante, por conta disso, ele costuma ser muito encontrado em produtos de cabelo e dermatológicos.  

Conheça algumas espécies de girassol:

Embora os Girassóis mais comuns sejam os amarelos, existem espécies mais altas, mais baixas e até com flores coloridas. 

Girassol Arranha Céu

Como o nome já diz, essa flor pode atingir até 3 metros de altura e possuir flores com pétalas de até 35 cm. 

Girassol Floresta Tropical

É uma flor que pode ultrapassar 4 metros de altura e ter mais de um metro de diâmetro. Esta planta deve ser plantada pelo menos a cada 1,5m de distância para que tenha espaço para crescer.

Girassol Gigante Americano

Assim como o anterior, esta planta também pode crescer até 4,5 metros e possuir flores com até 30 cm de largura. 

Girassol Mamute Rosso

Sua altura pode variar de 9 a 12 metros, essa espécie vive melhor quando localizada em clima mediterrâneo.

Girassol de Schweinitz

É uma das espécies mais raras da flor,  seu nome veio em homenagem ao botânico que a descobriu em 1800, Lewis David von Schweinitz. O maior girassol já encontrado da espécie possuía 16 metros. 

Girassol Sundance Kid

Foi uns dos primeiros girassóis a ser criado em casa. Sua flor pode ter até dois metros de altura, com pétalas vermelhas, amarelas e bicolores. 

Girassol Little Becka

Com dois metros de altura, este girassol  possui pétalas vermelhas e laranjas. 

Girassol Pacino

Conhecido como o “Anão de ouro pacino”, ele possui cerca de 30 a 50 cm, possuem cabeças múltiplas em cada planta e ficam ótimos se plantados em vasos maiores

Girassol Suntastic

Chega a até 20 cm e possui pétalas amarelas douradas, gosta de crescer em vasos de 15 ou 20 cm de diâmetro e são ótimos para ter dentro de casa.

Girassol Sunny Smile

Variando entre 15 e 45 cm esses são os mais comuns de se ver. Crescem melhor no verão e são muito fáceis de cultivar, além de possuírem talos resistentes.

Girassóis Coloridos

Graças a hibridização, hoje em dia podemos encontrar girassóis das mais variadas cores. Entre elas, as mais comuns são os earthwalker, que variam entre terra escuro, vermelho e dourado; Ms. Master, encontrados em tons de vermelho e roxo; Chianti, com pétalas cor de vinho tinto e Moulin Rouge, um dos mais belos, com pétalas vermelhas e vinho.  

Como plantar girassol?

Plantar girassol não é algo tão complicado como imaginamos, no entanto, este plantio merece alguns cuidados e atenção para que saia como o esperado. 

Antes de plantar girassol, é importante saber que as sementes devem ser semeadas no local definitivo para o cultivo. Isso porque as mudas desta planta não costumam tolerar muito bem o transplante. 

Você também pode plantar as sementes em sementeiras ou copinhos feitos com papel e transferir para um vaso mantendo toda a terra do entorno dela. A maneira ideal de transplantar a muda, é garantir que elas estejam saudáveis e sem que as raízes ocupem todo o recipiente. 

Neste caso, é melhor esperar que as plantas já estejam maiores e mais firmes. Caso contrário, pode ser que a planta não se adapte ao novo solo e não se desenvolva. 

As sementes de girassol levam em torno de uma ou duas semanas para germinarem. Elas também podem ser cultivadas em vasos grandes, desde que a espécie seja o Girassol Anão ou uma planta de tamanho menor. 

O Girassol Anão cresce em torno de 40 cm. Para o seu plantio, o ideal é utilizar vasos de 30 ou 40 cm. Para as mudas maiores da planta, o ideal é procurar por recipientes que comportem pelo menos 20 litros, dessa forma a planta consegue crescer forte e saudável. 

Antes de iniciar o cultivo é importante observar que o período de floração não deve acontecer em épocas chuvosas. No sudeste do Brasil, por exemplo, o período ideal abrange de setembro a março, ou seja primavera e verão. 

A semente deve ser colocada no vaso a cerca de 2,5 cm de profundidade, caso seja plantado mais de uma semente, o ideal é promover um espaçamento de 10 a 12 cm entre elas. 

Lembre-se de não colocar as sementes muito próximas das bordas do vaso, para que elas não cresçam tortas  e as bordas do vaso, para que a barreira não atrapalhem seu desenvolvimento. 

As regas devem ser feitas diariamente para que o caule da planta cresça forte e grosso. Além disso, como o próprio nome diz, a “planta do sol” deverá ser posicionada em um local onde receba luz natural. 

O ideal é que ao se desenvolver por inteira, a planta consiga ficar ao sol por pelo menos 8h diárias. Para quem cultiva dentro de casa ou apartamento, basta posicionar a planta no local mais ensolarado da casa

Cuidados com o Girassol

cuidados com o jardim

Apesar de ser uma planta bem resistente, o girassol precisa de alguns cuidados para crescer forte e sadio:

Iluminação

Como já citamos acima, o girassol é uma planta que necessita de exposição ao sol, o ideal é que ele fique em torno de pelo menos 8hs por dia no sol, sendo que em pelo menos 4hr seja em luz solar direta. 

Irrigação

Quando em fase de crescimento, o ideal é regar uma vez ao dia. Depois de desenvolvida, a planta pode receber rega a cada dois dias, porém, o ideal é se manter de olho no solo e sempre que perceber ele seco, colocar um pouco de água. Caso o solo ainda esteja úmido, a rega pode esperar mais algumas horas, para evitar o afogamento da planta

Pragas

Por causa de suas sementes, os Girassóis costumam atrair muitas abelhas e pássaros. Nesse caso, o ideal é colocar telas de proteção para que estes animais evitem tirar as sementes da planta. Além disso, é muito comum surgirem ervas daninhas ao redor da planta durante o plantio, nesse caso, essas plantinhas devem ser retiradas do vaso para não sugar as vitaminas da planta.

Temperatura ideal

Esta espécie não costuma se sentir muito confortável em climas frios e úmidos, o ideal é mantê-la em temperaturas entre 18ºC e 33ºC graus.

Crescimento

É muito comum que essas plantas cresçam rapidamente e floresçam, o que pode causar um problema de sustentação no caule. Caso isso aconteça, é importante usar hastes de sustentação para a planta, tais como madeiras, canos ou gravetos. 

Adubação

Os adubos são recomendados para que a planta cresça forte e saudável, além de serem responsáveis por ajudar a planta a florescer. 

Para isso, basta usar adubo orgânico ou o adubo NPK 10-10-10. 

Significado de Girassol

De acordo com a história, seu nome científico, Helianthus Annus, significa “flor do sol”, isso porque sua principal característica é ser heliotrópica, ou seja, quando seu caule gira para manter-se posicionado ao sol

Além disso, vale observar que o ato da planta girar só ocorre durante seu período de crescimento. Após a floração, este fenômeno para. 

O movimento ocorre porque o lado que não recebe luz cresce mais rápido que o lado que está iluminado. Durante a noite, o girassol se vira para o lado leste, onde fica aguardando o sol nascer. 

Pela sabedoria popular, a flor representa felicidade, transmite energia positiva,  vitalidade, entusiasmo e por ser uma planta com muitas sementes, também se relaciona com a prosperidade.

Curiosidades sobre o Girassol

O Girassol foi tido como a flor preferida do pintor holandês Vincent Van Gogh, que durante dois anos foi sua maior inspiração para as artes. Os campos de girassol culminaram em inúmeras pinturas. 

Uma de suas pinturas famosas, nomeada como “Jarro com 15 girassóis” foi vendida em 1987, a um magnata japonês por US$ milhões de dólares.

Além disso, existe uma lenda para o girassol. Esta lenda diz que no céu existia uma estrelinha tão apaixonada pelo sol que era a primeira a aparecer, antes que o sol se escondesse. Até que um dia, essa estrela foi até o Rei do Vento e lhe pediu para morar na terra, assim, ela poderia apreciar o sol todos os dias. E foi assim que surgiu o girassol!

Gostou do texto? Quer saber mais sobre jardinagem? Confira nossa seleção de posts!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

6 Comentários

  1. Maria Madalena Silveira disse:

    Parabéns lindos, maravilhosos, plantei algumas mudas de saquinho e estão lindas e na hora de transplantar pra lugar definido 👏🏼👏🏼👏🏼👍

  2. Fátima Alencar disse:

    Ganhei um vasinho de girassol mas passou uma semana e ele murchou como faço pra replantar ele ??

    • Cobasi disse:

      oi, Fátima! Como vai? É importante saber que o girassol é uma planta de ciclo anual, que naturalmente perde sua exuberância após a floração e, se for esse o caso, replantar não seria uma indicação. Caso não seja essa a questão, atente-se aos cuidados diários, como regas constantes (mas sem deixar encharcar) um substrato com uma boa drenagem e mantido em um ambiente bem iluminado.

  3. Nádia Oliveira disse:

    Plantei sementes e todas vingaram más moro nó sul e essa época é friu será quê iram crescer , amo girrasois..

  4. Maiara disse:

    Boa tarde!!!
    Amei a matéria, hoje mesmo pesquisei sobre no YouTube, mais tenho uma dúvida, minha plantas são novas, ganhei a pouco tempo, estão crescendo mais os insetos estão destruindo as folhas, o que faço pra acabar com as pragas?
    Desde já agradeço o retorno.

    • Cobasi disse:

      Olá, Maira! A Talita Michelucci Ribeiro, médica veterinária da Educação Corporativa da Cobasi, respondeu a sua dúvida: “Os insetos presentes nas plantas são mais comuns do que imaginamos. Existem alguns produtos específicos para o controle das pragas. Os naturais e os químicos. Importante verificar se suas plantas são para consumo como ervas aromáticas, temperos por exemplo. Neste caso é importante lançar mão dos inseticidas naturais, a base de fumo por exemplo. Caso contrário, os inseticidas químicos também são bem-vindos. Ambos são encontrados no setor de jardinagem da Cobasi (https://www.cobasi.com.br/jardim). Uma dica importante é sempre utilizá-los em um ambiente bem ventilado e sempre pulverizando a favor da direção do vento, protegendo o rosto e seguindo as recomendações de cada fabricante, como frequência de aplicação, distância da planta, etc.
      Outro ponto importante é manter o ambiente onde estão as plantas sempre bem ventilados, pois as pragas adoram um ambiente úmido e abafado.
      Algumas partes das plantas (partes novas) e as plantas mais jovens são ricas em nutrientes, pois estes estão sendo aproveitados para seu desenvolvimento. Por isso são bastante atrativas para estes parasitas também. Geralmente os encontramos nas partes mais jovens das plantas.
      Boa sorte com suas plantas”

Deixe o seu comentário