Armazenar ração: confira a maneira correta

Compartilhar:


Armazenar ração: dicas para guardar corretamente

Armazenar ração de cães, gatos, pássaros e roedores é uma tarefa mais importante do que pode parecer. Além de proteger as propriedades naturais do alimento, mantendo sua crocância e sabor, guardar ração do jeito certo impede a formação de mofo e mantém fungos e bactérias afastados da comida do pet.

Assim como existem diferentes tipos de ração – ração seca e ração úmida, em lata ou em sachê –, também existem maneiras melhores (e piores) de fazer seu armazenamento.

Para saber mais sobre o assunto e garantir que você está guardando a comida dos seus pets corretamente, fique com a gente até o final deste artigo.

Armazenar ração seca para cães ou gatos na embalagem original é melhor?

Armazenar ração seca para cães ou gatos na embalagem original é melhor?

A principal vantagem da embalagem original da ração seca é que ela possui uma proteção específica contra a perda dos nutrientes dos alimentos e das suas características originais. É essa proteção que torna possível a comida chegar na sua casa com a mesma qualidade com que deixou a fábrica, mesmo após meses.

A questão é que essa proteção só funciona realmente enquanto o pacote está lacrado. Depois de aberto, a melhor maneira de fazer o armazenamento de ração seca é nos potes próprios para isso, que possuem vedação na tampa.

Se você tem hábito de comprar pacotes de ração maiores, que duram mais tempo e são proporcionalmente mais baratos, deve investir em um porta-ração com capacidade suficiente para guardar a comida do seu pet. Se preferir, você pode colocar a embalagem original dos alimentos dentro do porta ração e depois fechá-lo bem.

Uma dica para quem opta por essa possibilidade é comprar um tamanho maior. Por exemplo: se o pacote de ração tem 12 kg, compre um porta-ração com capacidade para 15 kg. Assim você garante que a tampa fique totalmente fechada, já que essa é a única maneira de proteger o alimento.

Essa mesma recomendação vale tanto para pote de ração de cachorro e de gato quanto de aves e de roedores também.

Posso guardar a ração enlatada de cães ou gatos na garagem ou na despensa?

Posso guardar a ração enlatada de cães ou gatos na garagem ou na despensa?

Se o ambiente onde você pretende armazenar a comida está sujeito a temperaturas extremas (calor demais ou frio demais) e também às infestações por insetos, então não é um local seguro para guardar a comida do pet. Ainda que esteja lacrada dentro das latas, ela pode ter sua consistência, textura, seu sabor e suas propriedades alterados.

Por isso, se tiver que escolher entre a garagem e a despensa, escolha a despensa. Não coloque as latas diretamente no chão e fique atento à data de validade. Nunca ofereça alimentos vencidos para os seus animais de estimação.

Como devo armazenar latas abertas de ração para cachorro ou gato?

Como devo armazenar latas abertas de ração para cachorro ou gato?

Muitos tutores não oferecem o conteúdo integral de uma latinha de comida úmida para seu cachorro ou gato de uma única vez. Depois que a lata foi aberta, é possível armazenar o alimento por, em média, até três dias em geladeira.

Idealmente você deve cobrir a lata com uma tampa plástica que ofereça vedação, para evitar transferência de odores entre a ração e a geladeira. Se não tiver uma dessas tampas, cubra a latinha com filme plástico bem rente, para que a comida não perca a umidade.

Por quanto tempo posso deixar a comida no pote de ração para cachorro ou gato?

Por quanto tempo posso deixar a comida no pote de ração para cachorro ou gato?

A ração seca tem uma durabilidade maior quando mantida em local fresco, seco, longe de insetos e outros contaminantes, mas costuma perder a crocância em cerca de 24 horas.

Já a ração úmida, quando conservada em geladeira, pode ser oferecida até três dias depois de aberta para consumo do animal. Depois desse prazo, o mais seguro é descartar e abrir uma lata nova.

Como saber se uma lata ou um saco de ração para cachorro ou gato está próprio para consumo, mesmo se estiver fechado?

Como saber se uma lata ou um saco de ração para cachorro ou gato está próprio para consumo, mesmo se estiver fechado?

O primeiro passo é avaliar o estado geral da embalagem. Há evidências de que foi perfurada, tanto por insetos quanto por objetos cortantes? No caso das latas, a tampa está estufada, há partes amassadas ou enferrujadas?

Se a aparência geral da embalagem for boa, confira a data de fabricação e a validade impressa no rótulo. Se você optar por outras alternativas à embalagem original, como armazenar ração de cachorro em potes plásticos, não esqueça de registrar a data em que abriu o pacote e a data de validade em um local bem visível.

Como armazenar ração de 10 kg para cachorro ou gato que come mais de um sabor?

Como armazenar ração de 10 kg para cachorro ou gato que come mais de um sabor?

Se o seu pet tem o hábito de comer alimentos de sabores diferentes, como alternar entre frango e carne, por exemplo, utilize um porta-ração para cada sabor.

Ainda que o alimento seja do mesmo fabricante, você não deve misturar os sabores na embalagem original nem no porta-ração, mas pode fazer isso diretamente no comedouro do pet, se desejar.

Como posso oferecer uma ração nova para o meu cachorro ou gato?

Como posso oferecer uma ração nova para o meu cachorro ou gato?

Se quiser trocar o alimento do seu pet, faça isso gradativamente. Ao longo de pelo menos uma semana, vá diminuindo aos poucos a comida que não deseja mais oferecer, e aumentando a quantidade do alimento novo.

Durante esse período, observe qualquer mudança de comportamento no seu pet e fique atento também às alterações nas fezes e na urina, presença de vômitos e outras reações desagradáveis.

Não deixe de manter contato regular com um médico-veterinário para acompanhamento do animal e siga todas as orientações do profissional de saúde.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário