Cachorro com dor nas articulações no frio: como ajudar?

Compartilhar:


cachorro com dor nas articulações

Nas épocas mais frias do ano, precisamos olhar com mais atenção para nossos animais de estimação e não estou dizendo apenas roupinhas quentes. Em vez disso, você já notou se o seu pet está mancando? Pode ser um sinal de cachorro com dor nas articulações. 

Essa pode ser uma métrica relevante para ver o impacto do frio em cachorro, ainda mais se eles sofrem com algum tipo de doenças articulares. Quer entender mais sobre cuidados articulares com os pets no inverno? Neste artigo, contamos tudo sobre o assunto para te ajudar a deixar o seu melhor amigo de bem com a vida até nessa época do ano.

Cachorros sofrem com doenças articulares no frio: verdade ou mito?

Verdade! Cães também sofrem com as baixas temperaturas no inverno e não tem essa de “ah, cachorro não sente frio por causa do pelo”, isso sim é um mito.  

Os animais que apresentam doenças articulares, assim como com os humanos, sofrem com dores, que se intensificam nesse período. Como resultado, é quando escutamos mais sobre artrite e artrose canina ou alguma doença osteoarticular crônica.

Segundo a médica-veterinária Priscila Nappo da Labyes: “Isso acontece porque as baixas temperaturas promovem um efeito vasoconstritor, ação responsável por diminuir a quantidade de sangue que chega até as estruturas articulares, contraindo os músculos, aumentando a densidade e facilitando o acúmulo de líquido na região.”

Quais são os tipos de artrite em cães?

cachorro com dor nas articulações

A artrite em cachorros pode ser ocasionada por diversas causas de dores crônicas, que são classificadas por:

1. Artrite Reumatóide: Uma das condições mais comuns, essa versão tem como características uma origem auto-imune, de caráter crônico. Em outras palavras, faz com que o animal apresente incômodos constantes e dor quando se locomove.

2. Artrite Séptica: causada por infecção no líquido e tecidos de uma articulação. Ou seja, ocorre uma  invasão de agentes, seja por fungos ou bactérias que agem na articulação do pet, dificultando até os movimentos mais simples.

3. Osteoartrite/Osteoartrose: na maioria das vezes, a enfermidade ocorre quando existe uma degradação na cartilagem, como resultado do envelhecimento das articulações. É de origem crônica e pode acontecer por causa da idade avançada, sobrepeso, desgaste e fragilidade nas junções.

4. Artrite Gotosa: uma inflamação que pode acometer animais de diferentes idades, raça e porte, devido a microcristais minerais de urato que atingem as falanges do cão (dedos).

Quais os sintomas de dor nas articulações de cachorro?

A progressão das doenças articulares degenerativas é caracterizada pela perda progressiva do tecido cartilaginoso, que é o responsável por amortecer os impactos causados pelos movimentos comuns na rotina do animal.

Essas condições apresentam sinais sutis e evoluem progressivamente, ou seja, por muitas vezes não são perceptíveis, principalmente quando o cachorro é idoso. Porém, alguns sintomas mais comuns podem ajudar a identificar artrite e artrose em cachorros:

  • Dificuldade para realizar movimentos, como agachar na hora de urinar;
  • Hesitação para subir e descer escadas;
  • Dor e chorou para se deitar ou levantar;
  • Mancar ao caminhar;
  • Redução na velocidade da caminhada para uma marcha com passos curtos.

Por isso, é de extrema importância garantir o bem-estar dos pets e minimizar os fatores que causam dor para que eles continuem se movimentando livremente e para que suas articulações, bem como os músculos, ossos e ligamentos, permaneçam ativos e protegidos no inverno.

Cachorro com dor nas articulações no frio: como ajudar?

cachorro com dor nas articulações

No frio, é natural que os pets fiquem mais quietinhos, como também demonstrar dificuldades para fazer atividades comuns do dia a dia, para comer, caminhar ou até se movimentar, sendo assim pode ser cachorro com artrite e artrose. 

Dessa forma, alguns cuidados básicos devem ser colocados em prática para os pets com problemas nas articulações, como:

  • Manter o pet em um local seco e aquecido;
  • Bloquear acesso para que os pets subam ou desçam escadas, camas e sofás;
  • Evitar que o pet pule, principalmente em superfícies lisas;
  • Cuidado com o ganho de peso do animal;
  • Não dar banhos frequentes.

Além das recomendações com o ambiente e com a rotina do animal, alguns medicamentos e tratamentos, bem como a fisioterapia e a acupuntura podem ajudar.

Por isso, a qualquer sinal de desconforto e dor, procure um médico-veterinário. Afinal. só ele poderá orientar sobre quais medicamentos e tratamentos são melhor recomendados para proteger, recuperar e fortalecer as articulações como um todo.

Cachorro com dor nas articulações: existe tratamento? 

De acordo com a veterinária Priscila Nappo também destaca que existe remédio para artrite e artrose em cachorro, como Osteocart Plus. “Um produto osteoarticular para cães, isento de efeitos colaterais, que contribui para a formação de cada uma das estruturas que compõem o aparelho locomotor.”

  • Reduz a dor em 10 dias;
  • Ação anti-inflamatória e analgésica natural;
  • Atua diretamente sobre a origem do problema;
  • Devolve a funcionalidade e o movimento a articulação lesionada;
  • Combate os sintomas da Osteoartrite;
  • Alívio da dor articular, sem contraindicações.

Sua exclusiva fórmula é o componente essencial para auxiliar no tratamento de artrite e artrose em cães, protegendo as articulações, a cartilagem articular, os tendões, a musculatura e o disco intervertebral frente às tensões e forças a que são desafiadas.

Por fim, preste atenção no comportamento e reforce os cuidados com seu cachorro no frio, ao menor sinal de preocupação. Não hesite! De acordo com a orientação veterinária, medicamentos e o tratamento adequado é possível ajudar na qualidade de vida e bem-estar do seu amigo.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário