Cachorro de aparelho: será que existe?

Compartilhar:


cachorro de aparelho

Dependendo do caso e da anatomia dos dentes, aparelhos podem ser peças fundamentais para nos trazer maior qualidade de vida. Além de ser capaz de nos oferecer melhorias na forma de alimentação, esse acessório corrige a arcada dentária que, quando desalinhada, pode nos proporcionar muito desconforto. E com os cães não é diferente! Ou seja, cachorro de aparelho não tem nada a ver com estética, e sim com saúde. Então continue com a gente neste artigo e saiba mais!

Existe cachorro de aparelho?

Sim, existe! “Embora não seja tão comum no Brasil, o uso do aparelho canino é feito com resina ou fios metálicos, corrigindo a posição dos dentes dentro de um período de um a quatro meses de uso, dependendo do problema”, afirma Joyce Aparecida, médica-veterinária da Educação Corporativa Cobasi. 

A aplicação de aparelho em cachorros é bastante incomum, por isso as pessoas tendem a pensar que esse método é extremamente exagerado ou desnecessário. Porém, a verdade vai muito pelo contrário! No caso dos cães, o aparelho não tem o propósito estético de deixar os dentes mais bonitos. Na verdade, ele é necessário apenas para cães que sofrem da má oclusão dentária, sendo, inclusive, a melhor forma de tratamento.

O que é a má oclusão dentária?

De forma resumida, trata-se de quando os dentes do pet não estão corretamente alinhados, fazendo com que ele tenha a mordida torta e, consequentemente, muita dificuldade para se alimentar e fechar a boca. 

Além disso, a má oclusão dentária pode acarretar em sintomas como inflamação na gengiva; salivação excessiva; desgaste anormal dos dentes; maior acúmulo de resíduo de alimentos e, logo, formação excessiva de tártaro; odor desagradável na boca; e mordidas na língua, bochecha ou ferimentos no céu da boca.

Em casos mais graves de má oclusão, o dente chega a ser tão torto que pode até perfurar a gengiva ou o céu da boca do cão. E isso, infelizmente, é bastante preocupante, porque a falta de correção da arcada dentária pode provocar, sim, lesões mais sérias. 

De acordo com a veterinária Joyce, “os casos mais comuns em que se recomenda o uso de aparelho nos cães são quando os dentes estão posicionados de forma a impedir que a boca do animal feche e a mordida não se encaixe corretamente”.

Como saber se o meu pet precisa de aparelho?

cachorro de aparelho

Os sintomas que listamos acima podem ser comuns em diversas doenças bucais. Por isso, caso o tutor perceba que o pet está apresentando algum deles, é necessário levá-lo ao veterinário imediatamente para que um exame físico seja realizado.

Dependendo do caso do seu pet, ele pode estar sofrendo de outros problemas, e então não haverá qualquer necessidade da aplicação do aparelho. Porém, talvez seja preciso que ele faça uso do acessório por algum tempo. Tudo dependerá do diagnóstico.

Vale ressaltar mais uma vez que um cachorro de aparelho não diz respeito a “dentes mais bonitos”, e sim a questões de saúde! A má oclusão dentária é um problema bastante sério e doloroso, e não tem nada a ver com a estética do pet.

Gostou do conteúdo? Não deixe de conferir outros posts da Cobasi sobre as muitas curiosidades do mundo animal. Além disso, caso você tenha interesse em produtos para cães, a nossa loja conta com os melhores itens!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário