Cachorro lobo: uma história de família

Compartilhar:


Alcateia de cachorro lobo
Lobos deram origem aos cães

O chamado cachorro lobo, ou cão lobo, é um cruzamento do lobo selvagem com o cão doméstico. O cachorro fofo que dorme na sua cama ou fica no quintal te esperando com o rabo abanando descende de um animal bem menos amistoso: o lobo.

Para entender melhor como um bicho feroz deu origem a um Pug e a um Labrador, é preciso voltar alguns milhares de anos.

Pré-história

A relação entre o homem e o cão começou na época em que nossos ancestrais viviam em tribos nômades, de caçadores e coletores, antes mesmo da descoberta da agricultura.

As hipóteses mais aceitas indicam que os lobos foram atraídos para os acampamentos humanos por causa dos restos de alimentos que eram descartados.

Os animais mais curiosos e mansos se aproximaram ainda mais e tiveram contato direto com os humanos pré-históricos. E esses primeiros tutores foram fundamentais na transformação do lobo no cão. Os primeiros cães lobos surgiram nessa época!

Cachorro lobo: origem próxima

Isso porque eles foram selecionando os animais menos agressivos e mais submissos para ficarem com a tribo. Só ganhava comida e abrigo, o lobo que não representasse um perigo para o grupo humano. E que tivesse uma utilidade nas tarefas diárias. 

“Alguns relatos dizem que o cão surgiu há milhares de anos, como um ‘lobo mais manso’, que ajudou o homem nas tarefas de caça e pastoreio”, explica a médica veterinária da Educação Corporativa da Cobasi Lysandra Barbieri.

Depois de muitos cruzamentos entre esses bichos mais leais e menos bravos, o animal que surgiu apresentou características próprias que o diferenciava do lobo. Esse bicho é o cachorro.

Companheiro constante

Husky Siberiano
Husky Siberiano parece bastante com seu ancestral e, por muitos, é considerado um cachorro lobo.

O interessante é que o cachorro acompanhou de perto as revoluções humanas. Ele estava lá quando a agricultura foi descoberta e quando as cidades surgiram, ele viu impérios surgirem e caírem. E segue ao nosso lado, sendo um aliado no trabalho, como os cães de pastoreio, ou um amigo que nos faz companhia nas nossas casas.

Mas os cães têm uma característica própria que os distinguem de outras espécies de mamíferos: a variedade de formas. Se um alienígena viesse à Terra e visse um Pinscher e um Dog Alemão, dificilmente diria que ambos são da mesma espécie. O cachorro lobo é basicamente um espécie distinta dos nossos pets.

Variedade de cachorro lobo

Essa variedade de formas se deu graças ao que os cientistas chamam de seleção artificial. As raças foram sendo “moldadas” conforme as necessidades dos tutores. Os criadores que precisavam de auxílio em caçadas deixava cruzar só os cachorros bons de faro e que corriam atrás de outros bichos. Da mesma forma, quem queria um amigo para dividir pequenos espaços escolheu só os cães pequenos e mansos. 

“Com o passar das gerações, o cachorro foi sendo domesticado para se tornar o cão de companhia que temos hoje”, afirmou a médica veterinária Lysandra Barbieri.

O chamado cachorro lobo também é fruto da seleção artificial já que hoje as duas espécies não habitam os mesmos locais e até predam uma à outra.

Semelhanças entre cachorro e lobo

Uivo é uma das características do lobo herdadas pelos cães

Apesar de não ser mais lobo há muito tempo, alguns cachorros mantêm características de seu ancestral. Veja o Husky Siberinado, por exemplo: além da cara de lobo, ele uiva. Ainda é possível encontrar o Cão Lobo Checoslovaco, que é muito semelhante ao seu antepassado.

E não é só isso. “Muitos dos instintos hoje presentes são similares aos dos lobos, como, por exemplo, o instinto de proteger a casa. Mas mesmo parecidos e próximos na descendência, apenas o cão pode ser domesticado, ao contrário do lobo”, explica a veterinária Lysandra.

Confira nossa seleção de posts com dicas para cuidados com cães:

Lysandra Barbieri

| Atualizada em

Colaboração de Lysandra Barbieri

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário