Cachorro peida? Saiba o que pode ser e o que fazer

Compartilhar:


Será que cachorro peida?
Será que cachorro peida?

Será que cachorro peida? Se você está pesquisando sobre isso é porque notou aquele cheiro não muito agradável vindo do seu pet. Ou talvez, ouviu um barulho de pum e se perguntou: “Foi o cachorro?”.

Antes de tudo, o cachorro solta gases é super normal. Além disso, não estranhe quando os animais de estimação fazem algumas ações consideradas humanas. Com certeza, você já viu o seu bichinho espirrando ou, no caso do nosso tema, soltando os carinhosamente conhecidos pum.

Embora essa situação possa arrancar alguns risos, existem também alguns pontos de alerta quando as flatulências acontecem com certa frequência. Mas, fique tranquilo! Esse artigo é para você saber como cuidar da saúde digestiva e como aliviar gases do seu cachorro.

Afinal, por que cachorro peida?

Essa é uma dúvida que muitos tutores têm: por que o meu dog lindo e maravilhoso peida? Então, em bom português, cachorro solta pum e alguns fatores podem ocasionar esse fenômeno natural, como:

  • má digestão;
  • problemas intestinais;
  • presença de corpo estranho;
  • parasitas no organismo;
  • alergia alimentar;
  • comer em ritmo muito acelerado;
  • engolir muito ar enquanto se alimenta.

No geral, a formação de gases caninos têm duas origens principais: na boca, podem surgir a partir do ar ingerido durante a alimentação. No intestino, resultado da fermentação das comidas por bactérias intestinais.

Portanto, os gases não causam doenças graves ao bichinho. Porém, é muito importante ficar atento à alimentação e comportamento do cachorro, principalmente, se ele apresentar sintomas, como: ruídos na barriga, falta de apetite, apatia e gases com odores desagradáveis.

Tutor, notou qualquer mudança na rotina do cãozinho, busque ajuda de um especialista e informe as alterações.

Quais são as raças que mais soltam pum?

Cachorro peida

Como já mencionamos, todos cães soltam pum. Mas, você sabia que algumas raças tendem a soltar mais gases e com maior frequência que outras? Não! Então confira essa curiosidade: 5 raças de cachorros que mais soltam pum.

1. Pug

Os Pugs são cães maravilhosos e isso não se discute. Como também, é uma das raças que mais peidam, de uma maneira que deixaria qualquer cachorro grande para trás.

As flatulências são causadas por um acúmulo de gases, que provavelmente são causados porque esse pequeno tem tendência a engolir muito ar durante o seu dia, inclusive na hora de se alimentar.

2. Bulldog

O sistema digestivo desse pequeno pet é mais sensível, diferentemente dos pugs, os problemas com gases do Bulldog estão ligados a infecção intestinal.

As características físicas dessa raça também podem influenciar. Conhecidos como “cara curta”, esse tipo de cachorro possui dificuldades para comer, mastigar e respirar ao mesmo tempo. Isso acontece pois na hora de se alimentar, eles acabam engolindo muito ar e isso resulta em grandes quantidades de puns.

3. Boxer

O mais comum é que o excesso de gases do Boxer esteja relacionado ao acúmulo de gases. Como também, ao fato de comerem com entusiasmo, ficando suscetíveis ao comportamento de engolir ar enquanto fazem as suas refeições.

4. Yorkshire Terriers

O seu Yorkshire Terriers solta pum? Você não esperaria que esses bichinhos tão delicados fossem capazes de soltar peidos, não é mesmo?

Muitas vezes, o excesso de gases está associado aos alimentos ingeridos e outros problemas nos seus sistemas digestivos. Sendo assim, é especialmente importante controlar a quantidade de comidas que colocamos para o pet.

5. Boston Terrier

Com o “Cavalheiro Americano”, um dos apelidos carinhosos do Boston Terrier, duas coisas acontecem quando se trata de flatulências: focinho curto e dieta. Essa combinação faz com que esse tipo de pet sofra com gases acumulados, resultando em odores muito fortes.

Não que seja exclusividade dessas raças de cachorro, mas, você notou que os pets mencionados tem uma característica em comum? Todos eles têm o focinho curto, ou seja, apresentam maiores dificuldades para respirar enquanto comem, fator que tende a engolir muito ar.

Além disso, uma recomendação é que o tutor consiga administrar a quantidade de alimentos e ficar atento se as rações não estão prejudicando a saúde intestinal do bichinho de estimação. E não é só isso, confira mais informações sobre como tratar cachorro com gases.

O que pode ser feito quando o seu cachorro peida demais?

cachorro peida

O que podemos fazer para ajudar os nossos amigos quatro patas que estão com gases? Confira algumas informações importantes sobre como aliviar os gases do cachorro.

Desacelere as refeições do seu cachorro

A alimentação é um dos principais fatores de flatulência canina, seja por cachorros que comem muito rápido ou engolem muito ar enquanto se alimentam.

Invista em acessórios que ajudem a desacelerar o ritmo da alimentação, como comedouros lentos ou até mesmo um brinquedinhos interativos junto com a ração. Mas, se preferir, adicione uma tigela menor dentro de outra maior e fracione os alimentos entre elas em pequenas porções ao longo do dia.

O objetivo é fazer com que seu pet tire o item e não fique tão ansioso para comer.

Atenção com cachorro de focinho curto

Os braquicefálicos são cachorros de focinho curto, ou seja, que têm mais dificuldade para respirar. Além de aplicar a estratégia de desacelerar a refeição, evite colocar mais ração que o necessário.

Raças como Boxers, Pugs e Bulldogs, acabam engolindo mais ar, principalmente na hora de comer. Muitas vezes, esse ar é expelido em forma de pum. Essas são algumas ações simples, porém, se adotadas corretamente na rotina do animal de estimação ajudam muito a diminuir a formação de gases.

Cuidado com alimentos que oferece ao seu pet

Alimentos de baixa qualidade também podem ser responsáveis pelo aumento nas flatulências dos cães. Caso o tutor repare que algum tipo de comida está sendo prejudicial ao cachorro, vá aos poucos retirando para ver se é de fato o causador do problema.

No entanto, lembre-se que qualquer mudança deve ser feita de maneira gradual. Ofereça rações e petiscos de alta qualidade. Por exemplo, os modelos premium e super premium são uma ótima pedida quando falamos sobre ingredientes nobres, completos e balanceados.

Os tipos de ração de cachorro variam de acordo com a idade, o porte, o peso e a fase de vida do pet.

Você sabe qual é a melhor ração para o seu cachorro?

Invista em uma rotina de exercícios com o seu pet

Monte um treino de exercícios, crie uma rotina de atividades voltadas para cães ou até mesmo faça um passeio pelo seu bairro.

A resposta para diminuir os gases pode estar no fortalecimento do bem-estar do pet. Estimular o cão a fazer atividades físicas pode ajudar o organismo dele a liberar o acúmulo de gases.

Se você não consegue passear todos os dias com seu cachorro, você precisa conhecer o dog walker, profissional que promove mais qualidade de vida para os pets. Além de auxiliar os tutores com rotinas agitadas, o passeador de cães vai adicionar mais atividades físicas e saúde para o seu cachorro.

Mas, agora você conhece algumas medidas que podem ser adotadas no dia a dia do seu pet para diminuir a formação de gases. Queremos saber: seu cachorro peida? Você sabia lidar com isso? Deixe aqui nos comentários!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário