Cachorro pode comer goiaba? Descubra!

Compartilhar:


cachorro pode comer goiaba

Saborosa e cheia de vitaminas, a goiaba é uma fruta muito querida entre os humanos. Mas mesmo sendo muito saudável, nem sempre o alimento é ideal para nossos pets. Inclusive, essa é uma dúvida constante na cabeça dos tutores: cachorro pode comer goiaba? 

É certo que os cachorros adoram um petisco, seja de carne, bacon, frango, e qualquer outro sabor diferente vai deixar seu amigo animal feliz. Mas a fruta pode servir como um petisco? Goiaba faz mal para o cachorro? Continue lendo para saber! 

Alimentação correta do cachorro

Primeiro de tudo, é muito importante manter uma alimentação equilibrada para o seu amigo. Um petisco ou outro não vai fazer mal algum, mas, em grandes quantidades, além de não suprir as necessidades de vitaminas e nutrientes que o cão precisa, ele ainda ficará sempre com fome. Por isso, não troque a comida por petiscos! 

O que nos leva à nossa próxima pergunta…

O cachorro pode comer goiaba?

Diferentemente do que parece, essa não é uma resposta simples. A goiaba é uma fruta de difícil consumo até mesmo pelos humanos, por conta de todas as suas particularidades, incluindo as inúmeras – e pequenas – sementes que contém.

Apesar de não ser tóxica para os cãezinhos, o consumo da goiaba deve ser moderado. Senão, a fruta pode causar desconforto intestinal no seu amigo. Por isso, tutor, a goiaba não é recomendada.

Contudo, ela também não é proibida, ok? Ou seja, ao oferecer goiaba ao cão, tome alguns cuidados. 

cachorro pode comer goiaba

Como dar goiaba para o cachorro?

A goiaba pode servir como um petisco, mas nunca como refeição, pois não possui tudo o que uma boa ração pode oferecer ao seu cão. Mas tomando os cuidados necessários, você pode dar a fruta a ele sem problemas.

Descasque a goiaba. Apesar de possuir muitas vitaminas, os especialistas não recomendam oferecer a casca para os pets, para evitar possíveis engasgos e ingestão de agrotóxicos, que podem vir a prejudicá-lo posteriormente. 

Corte a fruta em pedaços, oferecendo pequenas porções, aos poucos, para o cachorro. Nunca dê mais de uma, e meça a quantidade de acordo com o tamanho do seu amigo peludo. 

Já pensou em variar o petisco, dando a goiaba em forma de picolé? É só bater a fruta com água no liquidificador e colocar em forminhas, levando ao congelador por algumas horas.

Consulte um veterinário sempre

Além de seguir essas dicas, é de suma importância lembrar que você deve consultar um veterinário antes de mudar de forma drástica a alimentação do seu pet. Por isso, leve essa questão na próxima visita do seu pet ao especialista, e entenda como introduzir o alimento no dia a dia do cãozinho.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário