Cachorro gordo: veja como prevenir e tratar a condição

Compartilhar:


Cachorro gordo: veja como prevenir e tratar a condição

Se você é tutor de um cachorro gordo e acha que isso não é um problema, é hora de acender o alerta vermelho. Apesar dos quilinhos a mais deixarem o cão fofinho, o excesso de peso pode trazer uma série de problemas graves para a saúde do peludo.

Pets acima do peso podem desenvolver problemas endócrinos, articulares, cardíacos e muitos outros, como alergias na pele e até otite recorrente. E não é só isso: cães com sobrepeso têm a expectativa de vida menor. Um pet com o peso ideal tende a viver até 1,8 anos a mais do que um obeso.

Fique com a gente até o final do artigo para entender melhor como prevenir, reconhecer e tratar um cachorro obeso para que ele recupere sua melhor forma, de maneira saudável.

Como saber se o seu cachorro está obeso?

Primeiro é importante saber que nem todo cachorro que parece cheinho realmente está acima do peso. Existem muitas raças extremamente peludas que dão a impressão de que o pet é bem rechonchudo, quando na verdade o volume é apenas da pelagem mesmo.

Ainda existem algumas raças que possuem tendência ao excesso de peso e os problemas de saúde chegam mais rápido junto com os quilinhos extras. É o caso dos cães com coluna longa, como Corgi e Dachshunds, por exemplo.

Mas, como saber se meu pet sofre de obesidade canina?

tabela de score corporal canino

Após muitos anos de estudos, a Nestlé Purina criou uma  ferramenta de diagnóstico chamada Escore de Condição Corporal (ECC). Ela auxilia médicos-veterinários a fazerem um diagnóstico do peso do pet. Esse cálculo considera três faixas de peso, que são:

  • ECC de 1 a 3: cão abaixo do peso. As costelas, vértebras e ossos dos quadris são claramente visíveis, e o espaço entre o peito e as patas traseiras é muito marcado.
  • ECC de 4 a 6: cão com peso ideal. As costelas são pouco ou nada visíveis, mas podem ser facilmente sentidas com as mãos. A reentrância abdominal é sutil.
  • ECC de 7 a 9: cão acima do peso. Não é possível ver as costelas, e é bastante difícil senti-las com as mãos, devido ao excesso de gordura. Não há reentrância abdominal.

Diante da constatação de que se trata, efetivamente, de um cachorro gordo ou abaixo do peso, é preciso consultar o médico-veterinário para traçar um plano de recuperação da saúde do peludo.

Como tratar um cachorro gordo?

Como tratar um cachorro gordo

Ajudar um cão obeso a se recuperar depende bastante da inclusão de atividade física na rotina do peludo, mas não apenas disso. É fundamental buscar equilíbrio entre as brincadeiras, os exercícios e a alimentação correta, além de, claro, manter acompanhamento veterinário regular. Um fator que parece simples, mas faz toda a diferença, é não oferecer alimentos de consumo humano e nem exagerar nos petiscos.

A mudança na alimentação é a solução indicada por muitos veterinários.

A ração Purina Pro Plan Veterinary Diets OM Overweight Management é um produto de excelente qualidade, desenvolvido especialmente para atuar como coadjuvante no tratamento da obesidade em cachorros. Por ter sido elaborada por médicos, veterinários e nutricionistas, também pode ser adotada como alimentação regular de cães que desenvolveram diabetes mellitus e para a manutenção do peso. 

O manejo alimentar adequado é composto por uma dieta saudável e equilibrada, e a redução da oferta de petiscos e alimentos humanos. Quando combinado com a prática de atividade física e o acompanhamento veterinário, pode dar adeus aos quilinhos a mais que levam a saúde do seu pet embora.

Benefícios de Purina Pro Plan Veterinary Diets OM Overweight Management

Além de ser um alimento completo, ou seja, que dispensa a necessidade de suplementação, a ração Purina Pro Plan Veterinary Diets OM Overweight Management contém isoflavonas na composição.

A isoflavona para cachorro é um fitoestrógeno usado exclusivamente pela Nestlé Purina, que ajuda a reduzir o acúmulo de peso e de gordura, acelerando o metabolismo e aumentando o gasto energético do animal. Além de acelerar o metabolismo basal, a isoflavona, ajuda na sensação de saciedade Quando combinado com as fibras naturais, que também contribuem para uma sensação de saciedade, e ainda colaboram para um bom processo digestivo como um todo.

Confira a seguir outras vantagens de Purina Pro Plan Veterinary Diets OM Overweight Management:

  • perda de peso efetiva;
  • manutenção do peso ideal;
  • redução da quantidade de calorias ingeridas;
  • estímulo ao metabolismo basal;
  • perda de peso sem fome, graças à sensação de saciedade.

Acha que o seu cachorro está acima do peso? Converse hoje mesmo com o médico-veterinário que faz o acompanhamento do seu cão, e avalie em conjunto com ele a possibilidade de incluir a ração Purina Pro Plan Veterinary Diets OM Overweight Management na dieta do seu pet.

Lembre-se cães com o peso ideal vivem em média 1,8 anos a mais do que aqueles obesos ou com sobrepeso. Cuidar da alimentação do seu pet e da sua saúde é um ato de amor!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário