Descubra se cebola faz mal para cachorro

Compartilhar:


cebola faz mal para cachorro

Todo tutor já sentiu vontade de variar no cardápio do seu animal, ainda mais quando ele come apenas ração. Mas atenção! Existem alguns alimentos que são muito benéficos para nós, humanos, e que não são tão bacanas para o nosso pet. Isso acontece porque o organismo dele é muito diferente do nosso. Então, uma das perguntas mais frequentes relacionadas a esse tema é: cebola faz mal para cachorro? E nós vamos explicar tudo o que você precisa saber!

Afinal, cebola faz mal para cachorro?

A resposta é: sim, faz mal! A cebola está na lista de alimentos que não devem ser oferecidos para o seu cãozinho! O sistema imunológico do seu pet pode acabar sendo comprometido ao ingerir esse tipo de comida. Por isso, ele é muito perigoso para a saúde dele. 

Inclusive, cebola e alho fazem mal para cachorro (sim, alho também está proibido) porque ambos contam com a presença de alicina. Essa substância pode causar danos oxidantes aos glóbulos vermelhos do cachorro. Ou seja, em cães, essa substância pode gerar um tipo de anemia conhecida como hemolítica – doença que pode ser fatal para o animal, além de o tratamento ser relativamente custoso.

Não importa se as cebolas estão cozidas, fritas ou cruas. Elas não devem ser oferecidas para o seu animal de estimação. A intoxicação, porém, não acontece de imediato. Então se você acabou derrubando um pedaço de cebola e o seu cachorro comeu, não se desespere! A contaminação acontece aos poucos, apenas se o animal consumir uma quantidade considerável de cebola. 

Quais sintomas o cachorro vai apresentar ao ingerir cebola?

Os sintomas nem sempre são muito visíveis, e podem levar alguns dias para aparecer. Sendo assim, se seu cachorro acabar comendo uma grande porção de cebola, é importante ficar atento. Os sinais podem aparecer em até, pelo menos, uma semana após a ingestão.

Mas, em geral, o cão pode passar a ofegar em excesso, mesmo quando não estiver fazendo qualquer atividade que gastando energia. Sua frequência cardíaca pode ficar bem mais rápida e a urina pode apresentar colorações vermelhas ou rosadas. Também pode acontecer de os olhos e gengivas apresentarem um aspecto amarelado. Além disso, é possível que ele sofra de diarreias e vômitos.

O meu cachorro ingeriu cebola, e agora?

Será que cebola faz mal para cachorro?

Caso o seu cão tenha ingerido uma quantidade considerável de cebola, é muito importante que você o leve ao veterinário, principalmente se ele for filhote ou de porte pequeno. É recomendado consultar um profissional antes mesmo que o pet apresente qualquer sintoma, justamente para evitar uma possível intoxicação.

Ao analisar a situação do seu cãozinho, o veterinário pode dar algum medicamento para inibir a absorção da cebola. Ou, se a ingestão acabou de acontecer, ele pode simplesmente optar por induzir o vômito para que o seu cachorro consiga remover o alimento do organismo. 

E qual é a alimentação ideal para o meu cão?

Em primeiro lugar, uma ração específica deve ser a base da alimentação do animal. É importante sempre adquirir um produto que atenda às características do seu pet, como, por exemplo, a raça, caso ele tenha. Outras especificações são a idade do pet, o histórico de saúde, a condição física e o tamanho. Portanto, a ração adequada é uma forma segura e prática de oferecer todos os nutrientes que o seu cãozinho necessita para um desenvolvimento saudável. 

Caso você ainda queira variar o cardápio do seu pet, há outros alimentos que podem fazer parte do dia a dia do animal. Algumas verduras e legumes, por exemplo, estão liberados. Mas se você sentir dúvidas sobre a melhor forma de garantir uma dieta balanceada para o seu cachorro, a melhor solução é consultar um veterinário para selecionar as melhores opções nutricionais tendo em vista a saúde do pet. 

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário