Como curar sarna de cachorro?

4 de março de 2021

Cachorros, Saúde e Cuidados
animal com sarna de cachorro

Na lista de principais problemas dermatológicos nos pets está a sarna de cachorro. Esta é uma enfermidade comum entre cães e também gatos. Por mais frequente que ela seja entre os animais de estimação, os tutores devem ficar atentos para identificar o problema e tratá-lo de imediato com um profissional da área.

São três tipos de sarna no total e diversos os sintomas. Conheça cada uma das variações, além de como tratar a doença. 

O que é sarna de cachorro?

A sarna é uma infecção parasitária causada por ácaros que ficam na pele do animal se alimentando dela. A doença causa vermelhidão, coceira, feridas e um grande incômodo para o bichinho, que se coça constantemente.

Quais os tipos de sarna?

Escabiose

A escabiose é o tipo de sarna mais comum e também é conhecida como sarcóptica. Seus principais sintomas são vermelhidão, coceira, queda de pelos, perda de apetite e erupções na pele que podem se agravar. Ela se concentra na região da barriga, peito e ouvidos.

Demodécica

Outro tipo de sarna é a demodécica, a única que pode passar da mãe para a ninhada. A sarna negra, como é popularmente chamada, não tem uma região específica e se espalha pelo corpo aparentando oleosidade, vermelhidão, inchaço, descamação e queda de pelos. Ela é transmissível para humanos.

Otodécica

Por fim, a última sarna de cachorro é a otodécica, uma doença causada por um ácaro que ataca a região do ouvido. A atuação do parasita causa coceira, vermelhidão e acúmulo de cera. Em certos casos, leva a otite, um tipo de inflamação auricular.

Como saber se o cachorro está com sarna?

sinais de sarna de cachorro

A coceira é um dos primeiros sintomas que indica sarna de cachorro. Em seguida, começa a descamação da pele, feridas e queda de pelo. Porém, como existe mais de um tipo de ácaro, a recomendação é procurar um veterinário para iniciar um tratamento específico para a enfermidade.

Qual é o melhor remédio para a doença?

É difícil começar a medicação sem saber qual tipo de sarna de cachorro o pet tem, por isso é tão importante um exame clínico de um profissional capacitado. Para cada problema há um tratamento e o remédio adequado, sendo que a maioria dos cuidados podem ser realizados em casa de acordo com orientações médicas.

Quanto tempo ela dura?

O normal é que o cão seja medicado por 4 semanas, mas tudo depende do tipo de sarna e qual o estágio da doença. As irritações na pele do bichinho podem causar feridas, deixando a região exposta a bactérias e fungos. Dessa forma, não espere uma piora para procurar uma clínica veterinária.

Como evitar sarna em cachorros

A doença é causada por ácaros, então o principal cuidado é com o ambiente do cão. Mantenha e caminha e os brinquedos sempre higienizados e tenha cuidado com os ambientes que o pet frequenta. Uma casa limpa tem menos chances de ser espaço propício a enfermidades como a sarna de cachorro.

Outra dica é cuidar da alimentação do bichinho para fortalecer sua imunidade e não deixá-lo em contato com cães doentes.

Se identificada a tempo, a sarna de cachorro é algo fácil de cuidar. Por fim, sempre procure a opinião de um profissional antes de aplicar remédios caseiros. Uma medicação errada pode intoxicar o animal e até causar ferimentos e queimaduras na pele dele.

Temos mais conteúdos sobre pet para você! Selecionamos 5 assuntos diferentes, por qual quer começar?