Como montar uma gaiola para rato Twister?

5 de janeiro de 2021

Roedores
Gaiola para rato Twister

Você sabe como preparar uma gaiola para rato Twister com tudo o que ele precisa para se desenvolver bem e ser muito feliz? Vem com a gente descobrir!

Características da gaiola para rato Twister

Ratos Twister estão entre as principais escolhas das pessoas que querem ter a companhia de um pet, mas não se imaginam cuidando de um gato ou cachorro, por exemplo. Muito inteligentes e carinhosos, os ratos Twister têm tendência à obesidade, e por isso precisam de uma gaiola preparada especialmente para eles, com túneis, tocas e acessórios que estimulem sua movimentação.

Um dos principais recursos para incentivar os exercícios físicos dos ratos Twister é investir na verticalidade da gaiola, ou seja, escolher aquelas que possuem dois, três ou até quatro andares de altura. Assim, você consegue distribuir bem os brinquedos e colocar os alimentos o mais distante possível da toca, fazendo com que o pet tenha que se deslocar bastante até lá antes de comer.

Brinquedos e acessórios que devem fazer parte da gaiola para rato twister

Segundo Tiago Calil, biólogo do time de Educação Corporativa da Cobasi, os ratinhos Twister não gostam de rodinhas para correr que sejam feitas de grade. “Eles preferem as rodas sem vazão. Além disso, elas precisam ser grandes e espaçosas, para ele se sentir confortável ao brincar”, afirma Tiago.

Além das rodas, o biólogo indica outros elementos que devem ser incluídos na gaiola para garantir que o ratinho não fique entediado:

  • papel craft
  • algodão natural (que é diferente daquele encontrado em farmácias)
  • pedaços de corda
  • tocas

Esses itens ajudam a criar tocas para que o Twister possa se esconder e são excelentes opções. O destaque fica com o feno, que os ratinhos adoram usar para forrar suas tocas e que, por isso, podem mantê-los entretidos durante um bom tempo. 

Outro item muito interessante para o ratinho Twister é o bloco de argila com carvão ativado, que ajuda a combater a ação das toxinas, muitas vezes contidas nas sementes, no organismo do animal”, avisa Tiago. De acordo com o especialista, os ratos Twister também precisam desgastar os dentes, então espalhar brinquedos de madeira pela gaiola ajuda a aparar os dentes, prevenindo incômodo e dor.

A importância da companhia para os ratos Twister

Gaiola para dois ratos Twister

Se você está avaliando a possibilidade de receber um rato Twister na sua casa, vale a pena saber que eles precisam de companhia. Por isso, a gaiola para rato Twister deve ser grande o bastante para comportar pelo menos dois animais. Mas, fique atento! Tiago Calil faz o alerta: “O ideal é ter mais de um, pois eles precisam de companhia. Porém, é melhor ter duas fêmeas ou dois machos, já que são bichos que procriam bastante”.

Ainda segundo Tiago, é importante saber que uma gaiola bem preparada é fundamental, mas que os ratos Twister precisam da companhia e interação com seus tutores. Soltar seu ratinho no ambiente é uma atividade saudável e indicada desde que feita de acordo com orientações de especialistas.

“É preciso começar aos poucos, para ele ir fazendo o reconhecimento do local. Comece com 20 minutos por dia e depois pode aumentar o tempo. Mas esteja sempre com ele”, completa Tiago Calil.

Alimentação, hidratação e limpeza da gaiola para rato Twister

Como dissemos, os ratinhos Twister têm tendência ao ganho excessivo de peso, então é importante evitar açúcar e gordura na alimentação. Opte por ração, que oferece todos os nutrientes necessários sem excesso de gorduras. Verduras, leguminosas, frutas e até pequenos animais só devem ser dados ao seu pet se indicado por um médico veterinário.

Para manter seu ratinho bem hidratado, Tiago Calil recomenda os bebedouros externos, que ajudam a evitar o excesso de umidade dentro da gaiola. E, por falar em gaiola, é preciso garantir a limpeza diária do espaço para prevenir doenças e mau cheiro provocado pelo acúmulo de detritos.

Essa limpeza, inclusive, deve ser feita no período da noite, já que o rato Twister é um animal de hábitos noturnos. Assim, você evita que ele fique agitado e estressado ao manipular a gaiola durante o dia.

Uma última dica: tome bastante cuidado com as plantas que você tem em casa, pois algumas delas podem ser tóxicas para o seu ratinho.

Gostou dessas dicas? Leia mais em nosso blog: