Tem como plantar castanha do Pará em casa?

Compartilhar:


Quem ama esta delícia certamente já se perguntou como plantar castanha do Pará. Será que dá para ter uma castanheira dessas em casa e manter a despensa sempre cheia? Vamos descobrir o que é preciso para cultivar castanha do Pará, mas antes precisamos entender mais sobre ela.

De onde vem a castanha do Pará?

Apesar do nome, a castanha do Pará está em toda a região amazônica. Não por acaso ela também é chamada de castanha da Amazônia, do Acre, do Brasil ou noz boliviana. Por sinal, é a Bolívia quem produz a maior parte dessas castanhas no mundo.

A castanheira do Pará, única espécie do seu gênero, é considerada uma árvore gigante. Uma árvore adulta pode chegar a medir 50 metros de altura! Além disso, ela pode viver mais de mil anos! 

Apesar do nome, as castanhas do Pará são, na verdade, sementes. E a força dessa árvore gigante e longeva também aparece aí. Elas são tão nutricionalmente ricas que comendo apenas uma por dia já é o suficiente para prevenir diversas doenças como o Alzheimer.

Chegar a essa riqueza é bastante trabalhoso. As sementes têm duas camadas de proteção: a casca da castanha e o fruto onde elas crescem, popularmente conhecido como ouriço. E as duas são muito duras! 

Como plantar castanha do Pará

Se você quer saber como plantar castanha do Pará, o ideal é começar pela semente, mas elas precisam ser novas. As que compramos nos supermercados e lojas ficam muito tempo sem a proteção da casca e acabam ressecando. 

Para facilitar a germinação é importante primeiro retirar a casca da castanha sem danificar a semente e depois colocá-la na terra na posição certa. Isso é, com a parte mais larga para baixo. A parte aérea da planta vai se desenvolver a partir do lado mais fino e as raízes do lado mais largo.

Faça a germinação em saquinhos ou tubos para monitorar a saúde e desenvolvimento da muda. Esse é o período crítico, quando elas são mais vulneráveis. 

Solo e clima ideais

O substrato ideal é rico em matéria orgânica e minerais. Prepare o solo com uma combinação de uma parte de terra preta e outra parte de adubo curtido. 

Já o clima perfeito para o desenvolvimento dessa árvore é o de floresta tropical: quente e com bastante água. O solo deve estar sempre úmido, mas não encharcado. Ou seja, regue sempre que começar a secar, mas não afogue a planta.

No primeiro ano de vida a castanha precisa de uma boa quantidade de sombra para se desenvolver. Por volta do quarto mês depois da germinação, quando a muda estiver com cerca de 15 cm  de altura, a muda já pode ser plantada em local definitivo

Afinal, dá para ter em casa?

A essa altura você já deve ter imaginado que cuidar de uma árvore gigante em casa não é fácil. Não é aconselhável tentar cultivar esta planta em vasos, canteiros ou jardins, porque quando crescerem suas raízes arrebentarão tudo. É uma planta de floresta, precisa do espaço da floresta.

Porém, quem mora em apartamento e quer ter essa castanheira por perto de qualquer jeito, uma saída são os bonsais. As folhas são muito largas e nos primeiros anos o bonsai não vai ter muita graça, mas depois é possível ver toda a força dessa árvore amazônica.

O desafio é manter esse gigante a poucos centímetros do chão.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário