Como saber se o gato é fêmea? Descubra!

Compartilhar:


como saber se o gato é fêmea

Uma das maiores perguntas dos tutores é como saber se o gato é fêmea, especialmente quando acabam de pegar um filhotinho. 

Muitas vezes os tutores de primeira viagem não estão acostumados com os gatos e podem ter algumas dificuldades na hora de identificar o sexo do gato. Mas não se preocupe! Quando se trata de filhotes, até os veterinários podem se confundir. 

Isso acontece porque os gatos macho ou fêmea são muito semelhantes, e identificar o sexo de recém-nascidos pode ser bem trabalhoso. Para te ajudar, separamos algumas dicas para te ajudar durante esse processo. Vamos lá? 

Como saber se o gato é macho ou fêmea pelas características físicas?

Uma das principais formas de descobrir o sexo do gato é através do dimorfismo sexual, ou seja, observando as principais diferenças entre os machos e as fêmeas da espécie. 

É claro que mesmo assim podem existir erros. Afinal, diferentemente dos leões, nos quais o dimorfismo sexual apresenta características bem evidentes, os gatos ainda podem se assemelhar. 

De modo geral, se você tem um filhote e está se perguntando como saber o sexo do gato, basta se atentar aos órgãos sexuais do felino. 

Nos machos não castrados, fica evidente a aparição dos testículos; já nos castrados, é importante observar a distância entre o pênis e o ânus.

Nas fêmeas, a distância entre o ânus e a vulva tende a ser menor, ficando bem juntinhos. 

Características do gato macho

Os órgãos sexuais do gato macho tendem a ser cobertos por pelos, o que naturalmente gera uma dificuldade maior na hora de identificar. 

No entanto, essa diferença pode ser encontrada tanto através de uma análise de toque quanto de observação, basta ter um pouco de paciência. Caso o gato seja castrado, o processo pode ser um pouco mais complicado, afinal, não é possível encontrar a bolsa que fica na região.

Além disso, a distância entre o pênis e o ânus pode variar entre 1 cm para os filhotes e 3 cm para os gatos adultos ou idosos. 

Características da gata fêmea

As fêmeas são mais fáceis de identificar, afinal, seus órgãos genitais são compostos apenas por ânus e vulva, além de serem bem próximos um do outro. Além disso, o ânus das gatas fica localizado bem abaixo da cauda; já a vulva apresenta uma ranhura na vertical. 

Diferenças na personalidade podem ajudar a identificar o sexo

como saber se o gato é fêmea

Se mesmo assim você ainda está se perguntando como saber se o gato é macho ou fêmea porque tem dúvidas, não se apavore! Saiba que isso é perfeitamente comum, afinal, identificar o sexo de filhotes pode ser bem complexo. 

Por isso, outra forma de ter uma pista sobre o sexo do gato é analisando o seu comportamento. 

Quando machos, os gatos podem apresentar um comportamento mais independente e desconfiado, especialmente com pessoas desconhecidas. Além disso, eles são muito curiosos e xeretas, adoram explorar novos lugares e caçar. 

Os machos também costumam ser mais agressivos e brigões, afinal, eles podem ser territorialistas. Caso não sejam castrados, eles vão adorar sair para priorizar a sua vida sexual. 

Portanto, lembre-se que a castração é essencial tanto para ajudar no comportamento como para evitar o surgimento de doenças sérias no gato ou acidentes. Isso serve tanto para os machos quanto para as fêmeas!

Por falar nas fêmeas, elas são mais carinhosas, amigáveis e sociáveis, mas não se engane! Elas podem ser ariscas durante o período do cio ou quando se tornam mães. 

As gatas se defendem sem hesitar, além de serem mais caseiras, ficando desanimadas e sonolentas durante o cio. Podem desenvolver cistos nos ovários e ter outros problemas relacionados ao cio. Por isso, realizar a castração é fundamental para garantir maior saúde e qualidade de vida ao animal. 

Com a ajuda dessas características, aposto que identificar se o gato é macho ou fêmea ficou mais simples! Mas, claro, é importante considerar que, assim como nós humanos, os gatos também podem ter sua própria personalidade. 

Sendo assim, se você ainda estiver com dúvidas sobre o sexo do felino, busque a ajuda de um profissional. 

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário