Dromedário: o que é e diferenças para o camelo

Compartilhar:


dromedário

O que é um dromedário? Muitas pessoas têm essa curiosidade, assim como o desejo de saber quais são as diferenças do animal em relação ao camelo. Também não é possível falar do dromedário sem citar seu parente próximo.

O dromedário (Camelus dromedarius), também chamado de camelo árabe, pode ser visto em parte do continente asiático e na região nordeste da África. Já os camelos (Camelus) são encontrados somente na Ásia Central.

Os bichos constituem a família Camelidae e são mamíferos da ordem Artiodactyla. Se você quer entender a diferença entre dromedário e camelo, continue lendo o artigo do blog da Cobasi.

Qual é a diferença entre um camelo e um dromedário?

Não é difícil perceber as diferenças entre esses dois artiodáctilos. O dromedário possui apenas uma corcova nas costas, enquanto o camelo conta com duas. O primeiro citado, inclusive, é visto em filmes ambientados no deserto do Saara. A crença popular diz se tratar de camelos, porém essa ideia é equivocada.

O camelo ainda tem patas mais curtas e a pelagem longa e pomposa. Seu parente, por sua vez, se caracteriza por pelos curtos e pernas compridas.

O Camelus dromedarius também pode viajar a 16 km/h por até 18 horas consecutivas. Já os camelos são bem mais lentos, com 5 km/h.

As duas espécies aguentam dias sem beber água e ainda acasalam entre si. Outra curiosidade é que os animais, inclusive, podem gerar crias que são igualmente capazes de se reproduzir.

Principais características físicas do animal                                           

Além das características já citadas anteriormente, o dromedário é dono de uma pelagem marrom clara e conta com um pescoço bem longo. As pernas compridas e outros atributos ainda facilitam a locomoção desse mamífero nos desertos.

A corcova armazena gordura, acumulada quando o bicho se alimenta de maneira abundante. Com isso, o animal é capaz de sobreviver ao período de escassez.

Vale ponderar que, ao contrário do que muitos acreditam, a bossa não conserva água (o acúmulo ocorre na corrente sanguínea do mamífero). Apenas a gordura é guardada na corcova.

Outro ponto a destacar é que os machos costumam ser maiores que as fêmeas, com altura entre 1,8 e 2 m até o ombro e o peso de 400 a 600 kg. Elas, por outro lado, medem de 1,7 a 1,9 m e pesam entre 300 e 540 kg. Essas informações se referem aos artiodátilos adultos.

Do que esse mamífero se alimenta?

Esse mamífero da subordem Tylopoda é considerado herbívoro, isto é, possui uma dieta que inclui os vegetais. A alimentação do bicho se baseia em:

  • Folhagens e gramas;
  • Gramíneas secas;
  • Ervas daninhas e espinhosas;
  • Vegetação do deserto (sobretudo plantas espinhosas como cactos), entre outros.

Em suma, o animal consome vegetais específicos das regiões desérticas. Contudo, ele também pode ingerir alimentos como tâmaras e sementes, além de grãos como trigo e aveia.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário