Fungicida: para que serve e como aplicá-lo?

Compartilhar:


O fungicida é um pesticida usado na proteção de plantas contra fungos. A aplicação desse composto é essencial, já que para as suas flores e plantas ficarem saudáveis e bonitas, é necessário mantê-las protegidas, além de regá-las com frequência e fazer a adubação adequada.

Apesar de ser bastante eficiente contra fungos, é importante lembrar que os fungicidas não agem contra bactérias, nematóides ou doenças virais, sendo necessário buscar outros tratamentos para acabar com esses problemas. 

Quer saber como manter o seu jardim sempre bonito e bem cuidado com a utilização do fungicida? Então, confira abaixo o que são fungicidas, como aplicá-los e a maneira correta de manejá-los. Boa leitura!

O que é um fungicida?

Os fungicidas são classificados como defensivos agrícolas, e eles agem como um protetor das plantas, impedindo, matando e inibindo o crescimento de fungos nelas. 

Alguns tipos de fungicidas não matam os fungos, eles apenas inibem a germinação dos mesmo. Além disso, outros, ajudam na recuperação da planta depois dela ter sido atacada.

Assim, o uso dos fungicidas pode variar de acordo com a classificação, podendo ser:

De contato

Esse tipo de fungicida não é absorvido pela planta, ele apenas se gruda na superfície. A sua ação consiste em evitar que o fungo entre na planta e a danifique

Sistêmicos

Os fungicidas sistêmicos são absorvidos pelas plantas e podem se locomover por toda as folhas. Possuem uma ação mais profunda, pois infiltram-se dentro da planta. 

Preventivo

Como o próprio nome diz, esse fungicida previne que a planta entre em contato com os fungos. Ele deve ser reaplicado conforme a planta cresce ou o produto seca. 

Curativos

São usados depois da contaminação da planta, após o início da infecção ou da observação dos primeiros sintomas.

Os fungicidas podem possuir mais de uma característica, podendo ser de contato ou sistêmico, além de ser preventivo ou curativo

Como funciona o fungicida?

Os fungicidas danificam processos metabólicos dos fungos, impedindo assim a sua procriação e funcionamento. Alguns tipos de fungicida podem agir matando os fungos.

Entre os processos metabólicos que os fungicidas têm, destacam-se a entrada na membrana celular do fungo, destruindo-a. 

Além disso, os fungicidas podem impedir a síntese de substâncias e a respiração celular, acabando assim com atividades importantes para a sobrevivência do fungo.

Como utilizar um fungicida?

Agora que você já sabe como funciona um fungicida, confira abaixo como aplicar esse produto e quais cuidados deve ter na sua utilização.

Diagnostique o problema

Antes de aplicar um fungicida na sua planta, certifique-se de que realmente há uma infecção e se essa infecção está sendo causada por um fungo. 

Desse modo, evita com que a aplicação desse elemento não funcione da maneira correta.

Escolha o produto correto

Para garantir a máxima eficiência na aplicação deste composto, é importante que no momento de comprar o seu fungicida você considere algumas características, como:

  • Se e solúvel e se mistura mais fácil a planta;
  • Não possuir elementos corrosivos em sua fórmula;
  • Se é eficiente contra o fungo com o qual você está lidando.
  • Possuir bom desempenho em ambientes aquosos, não saindo com a rega ou chuva;
  • Se é compatível com outros produtos que você usou na planta;

Assim, vai garantir a máxima eficácia na aplicação desse produto.

Aplique com cuidado e seguindo as instruções

Na hora de aplicar o produto, siga as instruções na embalagem de quantidade e aplicação, além de usar um equipamento apropriado.

Dessa forma você evitará problemas para o meio ambiente, para sua planta e para sua saúde. 

Além disso, você deverá cuidar para que os fungos não desenvolvam resistência ao fungicida que você está aplicando, por isso é necessário seguir as recomendações de uso do produto, respeitando a quantidade e usos indicados na embalagem. 

Gostou de saber sobre cuidados com as suas plantas? Veja mais conteúdos sobre no nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário