Furão: Tudo o que você precisa saber para ter um ferret em casa

4 de novembro de 2020

Furão
Furão em fundo branco

O furão doméstico ou ferret é um pequeno mamífero da família dos Mustelídeos, que possui o corpo alongado, é muito curioso e cheio de energia. Com certeza já viu ele por aí em filmes ou vídeos engraçados.

No Brasil, ele não é muito comum como pet, mas nos Estados Unidos e em outros países, o furão tem lugar garantido como bichinho de estimação.

Antes de explorarmos mais sobre esse fantástico animal, vamos entender a diferença entre o furão e o ferret?

Ferret x furão: existe diferença?

É muito comum as pessoas confundirem o ferret com o furão. Embora parecidos, biologicamente falando, eles são de espécies diferentes. O furão é brasileiro e sua espécie chama Galactis cuja (furão pequeno). Já o ferret é americano e sua espécie é a Mustela putorios

Na realidade, ambos pertencem à família dos mustelídeos, da qual também fazem parte as lontras, as doninhas e os texugos

Mas, as pessoas tem ferrets ou furões em casa? Os ferrets, a espécie dos EUA, é o animal que pode ser criado em casa. No Brasil, é comum que ele seja chamado de furão ou furão doméstico por causa da sua semelhança.

Se você já está apaixonado por esse fantástico animal, continue a leitura e saiba como ter um furão como pet!

É permitido ter furão no Brasil?

Não se sabe ao certo quando o ferret passou a ser domesticado, porém, ele foi importado para o Brasil em meados de 1997. Eles saem dos EUA e chegam no Brasil com chip de identificação e castrados

Como a espécie não faz parte da fauna brasileira, se soltos, podem acabar causando desequilíbrios ambientais. Por isso, conseguir ter um animal desses de em casa é uma grande responsabilidade.

Como são considerados animais exóticos, eles precisam da liberação do IBAMA para se tornarem parte da sua família. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis exige que os ferretes estejam castrados, microchipados e que o tutor assine um termo de responsabilidade pelo animal.

É possível ter um ferret ou furão doméstico no Brasil, mas ele deve ser importado e autorizado pelo IBAMA.

O que o furão come?

Assim como com qualquer outro bicho de estimação, o furão precisa ter uma alimentação especial, que garantirá proteínas e nutrientes essenciais para o seu desenvolvimento. 

Na Cobasi, você encontra rações especiais para o furão. Elas são ideais para atender as necessidades esse bichinho tão diferente.

Não é recomendado oferecer nenhum outro alimento para seu ferret. Para saber como cuidar do pet de forma saudável, consulte um médico veterinário especialista em animais exóticos.

Fique atento a saúde do seu furão

Como os furões são animais selvagens, para se tornarem dóceis e tranquilos para viver dentro de casa, eles passaram por um processo de seleção natural, que nada mais é do que a cruza da espécie com indivíduos semelhantes

Devido a essas modificações genéticas, o pet acabou ficando mais suscetível a desenvolver doenças genéticas, neoplasias, diabetes, problemas com a glândula adrenal ou problemas endócrinos e metabólicos

Ou seja, são animais com uma saúde um pouco frágil, o que exige um acompanhamento com médico veterinário. Sua expectativa de vida é entre 6 e 10 anos.

Cuidados com a higiene

Cuidar da higiene também é muito importante para a saúde do animalzinho. Como os furões são frágeis quando comparados aos cães ou aos gatos, por exemplo, a má higienização do seu habitat pode acabar gerando bactérias e parasitas. 

Além disso, eles são animais que adoram estar em contato com a água, portanto os banhos também são muito bem-vindos! Porém, lembre sempre de consultar o veterinário sobre quais produtos são os mais indicados para o banho e os cuidados com a sua higiene.

Gaiola para furão

Os ferrets são animais extremamente curiosos e ativos. Eles adoram brincar e explorar o ambiente e, por isso, é muito importante que ele fique solto apenas com supervisão. Além disso, é preciso atenção, porque eles adoram se esconder entre as coisas!

Nos momentos em o que animal estiver sozinho, ele deve ser colocado em uma gaiola confortável. Seu tamanho exige um itens grande para que ele se movimente e curta seu lar.

Existem gaiolas indicadas especialmente para o furão. Elas costumam ser maiores e mais espaçosas. Como são animais bem ativos, o ideal é que elas possuam tubos, cama, redes e brinquedos.

Apesar de muito confortáveis, as gaiolas não devem ser usadas o tempo todo. O furão precisa passear pela casa, explorar e se divertir para não ficar estressado e adoecer.

O ferret é um pet que exige bastante do seu tutor. Por isso, antes de adquirir um furão, pesquise sobre a espécie, a rotina e todos os seus cuidados. Tenha posse responsável!

Brincadeiras com o ferret

Como já dissemos, eles são animais cheios de energia! Adoram brincar, se esconder entre as coisas e interagir com seus tutores. 

Por isso é muito importantes oferecer a eles brinquedos, bolas e tubos para ele se divertir. Além disso, ferrets que ficam muito parados tendem a desenvolver estresse e, por consequência, outras doenças podem atingir o pet. 

Qual a diferença de lontra e furão?

Você já sabe a diferença entre o furão e o ferret. Mas, qual é a diferença entre a lontra e o furão. As lontras também são da família dos Mustelídeos, tem o corpo alongado e é muito fofa!

É comum que animais da mesma família possuem características semelhantes. Nesse caso, a diferença entre o furão e a lontra começa pelo tamanho. O furão é muito menor que a lontra e ele é domesticado, enquanto sua prima tem a vida selvagem.

Além disso, os furões também possuem uma pelagem bicolor e sedosa, já a lontra, tem um pelo mais lanoso, com a cor bem variável, podendo ser de um tom castanho escuro no dorso e um tom mais claro nas partes inferiores do animal. 

Você ainda tem dúvidas sobre o furão? Deixe suas perguntas nos comentários!

Gostou desse post? Leia mais em nosso blog: