Ganhe 10% OFF* na primeira compra. Use o cupom 10BLOG
*Limitado a um uso por CPF

Gardenal para cachorro: veterinária explica tudo sobre

| Atualizada em

Por Cobasi   Tempo de leitura: 4 minutos

Compartilhar:
Compartilhar:
gardenal para cachorro

Alguns tutores nem imaginam, mas os cães também podem sofrer com crises de convulsão. Uma complicação que, apesar de não tão conhecida, é relativamente comum no mundo veterinário. Nesse cenário, o gardenal para cachorro já são prescritos e considerados para o tratamentos dos pets, mas será que é seguro? 

Para responder essa e outras dúvidas sobre oferecer gardenal para cães, conversamos com a médica veterinária Joyce Lima, do time de Educação Corporativa da Cobasi, que respondeu as principais dúvidas sobre o uso, dosagem, efeitos e muito mais. Confira! 

O que é Gardenal e para que serve?

Segundo Joyce Lima: “O gardenal é um medicamento antiepiléptico pertencente à família dos barbitúricos. Composto por Fenobarbital –  fármaco antiepiléptico (FAE) – a substância pode ser indicada para cães que têm crises epilépticas (convulsivas), auxiliando na redução da frequência, gravidade e duração das crises”, contou.

Para quais doenças é recomendado o uso de gardenal para cachorro?

Além de ser indicado para crises epilépticas, o gardenal é recomendado para animais com transtornos comportamentais, como:

  • hiperatividade;
  • lambido excessivo;
  • automutilação;
  • hipersexualidade;
  • comportamento destrutivo. 

Qual o efeito do gardenal em cachorro?

gardenal da sono em cachorro
A maioria dos efeitos colaterais associados ao gardenal em cachorro são aumento do sono, volume de urina, consumo de água e alimentos.

A veterinária explica: “O medicamento compete pelo mesmo canal que provoca as convulsões. Ou seja, reduzindo a frequência, gravidade e duração das crises epilépticas, o que gera como efeito colateral a letargia (estado de profunda e prolongada inconsciência, semelhante ao sono profundo)”, comentou. 

Quanto tempo leva para o gardenal fazer efeito em cães?

O tempo de início de ação do Gardenal varia de acordo com a via pelo qual ele foi administrado, como detalha a especialista: “Por exemplo, se foi via intravenosa, normalmente o início de ação é mais rápido, comparado à solução por via oral. Estudos indicam que para cães o seu pico de ação é de 4 a 8h após a administração oral e de 1 a 1,5h em gatos”, afirmou

Gardenal é o melhor remédio para a convulsão canina?

Não necessariamente. Como a convulsão pode ter uma série de causas, como acidentes e traumas (quando o animal bate a cabeça), ansiedade, estresse, uso de alimentos inadequados e/ou produtos tóxicos, é importante que o médico veterinário avalie qual é o caso específico daquele animal.

“Só após o diagnóstico é possível indicar qual a causa da convulsão, para aí sim, avaliar qual tipo de medicamento é o mais adequado perante aquela situação. Então, dependendo da causa e sintomas, o cão pode ser indicado a usar gardenal, como pode ser encaminhado para um médico-veterinário especialista, como neurologista ou ortopedista”, como reforça Joyce Lima. 

Qual a dosagem de gardenal indicada para cachorros?

gardenal para cães
Cuidado: a sobredosagem – que geralmente ocorre por conta da ingestão acidental da droga – pode causar a orvedose de gardenal em cães

Não existe um consenso entre os médicos veterinários sobre a dosagem recomendada para os cães e gatos. Cabe ao profissional, durante a consulta e avaliação do pet, considerar a necessidade da frequência de uso e forma de apresentação.

Nesse cenário, as versões disponíveis de gardenal são comprimido ou líquido por via oral, intravenoso ou tópico, todos esses pontos precisam ser validados para chegar a uma dosagem ideal e específica para o animal.

Pode administrar gardenal para humanos em cães?

Atualmente, no Brasil, não existe Gardenal de uso veterinário, sendo encontrado apenas o de uso humano. Sendo assim, o Gardenal pode ser utilizado por cães, desde que prescritos por médicos veterinários. Além disso, de acordo com a legislação atual, é obrigatória a utilização de receita controlada para a prescrição e venda do medicamento.

Gardenal para cachorro: efeitos colaterais e contraindicações

Os principais efeitos colaterais do uso de gardenal em cachorro são:

  • sonolência;
  • perda do controle muscular;
  • aumento da ingestão de água e, consequentemente, da urina;
  • aumento da sensação de fome;
  • alterações no metabolismo da tireoide;
  • toxicidade hepática;
  • anemia;
  • entre outras doenças relacionadas à circulação sanguínea.

Já em relação à contraindicação do gardenal para cachorro, o medicamento não é recomendado para casos de animais que possuam:

  • insuficiência hepática;
  • anemia;
  • problemas renais ou cardiovasculares;
  • alergia ao princípio ativo Fenobarbital ou qualquer outro barbitúrico;
  • deve ser utilizado com cautela para fêmeas gestantes e lactantes.
pet em veterinário

Tutores, quanto mais você se educa em saúde, menos riscos o seu animal de estimação corre. Aqui, no Blog da Cobasi você encontra informação sobre cães, gatos, dicas de cuidados, e muito mais. Assim, como no pet shop online da Cobasi onde tem tudo o que é essencial para o seu pet, como medicamentos e rações. Até a próxima!

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

20 Comentários

  1. Flávia Renata da guia Cabral disse:

    Minha cachorrinha tem 7 anos a moça devolveu ela para mim e eu não sabia que ela tinha ataque epilético comecei a gardenal para ela metadinha mas ela também é tonta o que eu faço devo fazer e qual comida devo dar para ela

    • Cobasi disse:

      Flávia, recomendamos que você faça acompanhamento veterinário com a sua cachorrinha, pois é o médico-veterinário que precisa prescrever a medicação e sua dosagem.

  2. Patrícia Reis dos santos disse:

    Queria saber como faço pra comprar Gardenal pra minha cachorrinha

  3. Lourdes disse:

    Devo dar gardenal pro meu cachorro, ele são tem convulsão quando vai tomar banho

  4. Solange de Sousa conceição disse:

    Quantas vezes deve administrar ao dia ele tem,5kg

  5. Renata Zuqueto disse:

    É necessário fazer exames antes da administração de Gardenal nos cães? Se sim, quais são eles?

  6. Márcia Neri disse:

    Não gostei de dar Gardenal paradinha pet mas eu não sei se ela vai ter convulsão. Ela nunca teve antes Levei na veterinário e recrutaram Gardenal mas isto esra ruim porque a pet fica mole e cai.Eu queto parar mas fico com medo de dar convulsão.

  7. Maurilio Bezerra disse:

    Temos um filhote com crises que espeli muita baba e convulsões, qual seria o diagnóstico para um bebezinho

    • Cobasi disse:

      Maurilio, entendemos que você deseja uma solução rápida para o seu filhote, no entanto, só o médico-veterinário pode diagnosticar e tratar o pet.

  8. Lisabete Amim disse:

    Há uns três meses minha cachorra Budog francês teve alguns ataques epiléticos, ficou internada na UTI, a neurologista não quer tirar o fenobarbital gradualmente, mas ela tem alergia a medicação, antes ela tomava 30 gotas pela manhã e 30 gotas a tarde, pesa 11 kg, diminui para 15 gotas, de manhã e 15 gotas a noite, posso ir diminuindo a dosagem ou ela vai tomar pelo resto da vida? Ela não teve mais crises, espero respostas, obrigada

    • Cobasi disse:

      Olá, Lisabete! É crucial seguir as orientações da neurologista para o tratamento da sua cachorra, especialmente em relação ao fenobarbital. Se ela tem alergia à medicação, é importante discutir isso com a neurologista, pois ela pode ajustar a dose ou considerar alternativas seguras. Não diminua ou altere a dosagem sem supervisão médica, pois isso pode colocar a saúde da sua cachorra em risco. A decisão sobre a duração do tratamento deve ser feita pelo veterinário com base na resposta dela ao medicamento e na avaliação de riscos e benefícios.

  9. Maziecky disse:

    Gostei muito da matéria sobre o uso deste medicamento no controle desta doenças nos animais. Tenho um cachorrinho pinscher que esta dando estes ataques fiquei muito triste por gosto muito dele mais vou usar este medicamento nele espero que ele fique melhor

  10. Aline disse:

    Pode botar as gotinhas do gardenal na comida do cachorro?

    • Cobasi disse:

      Olá, Aline! É importante seguir a orientação do veterinário sobre como administrar o Gardenal ao seu cachorro sem perder a eficácia.

Deixe o seu comentário