Existe gato hipoalergênico? Conheça as raças para quem tem alergia

Compartilhar:


Se seu nariz começa a coçar só de ver um felino passando, ter um gato hipoalergênico seria um sonho, não é?! Pois é realidade! Existem algumas raças que oferecem menor chance de desencadear reações alérgicas. Parece incrível? Então continue a leitura e saiba mais!

Gatos causam alergia?

Sim e não. Algumas pessoas possuem maior sensibilidade a alguns alérgenos, entre eles, substâncias presentes nos felinos domésticos. Ao todo, são oito principais tipos, e o que mais afeta narizes e gargantas mundo afora é a proteína FelD1.

Essa substância está presente na saliva dos gatos e costuma afetar os humanos por meio dos pelos. Ao se higienizarem, os felinos espalham o alérgeno por todo o corpo.

Mesmo amando gatos, os alérgicos precisam abdicar da presença dos peludos para evitar coceira, espirros e até reações graves. Isso até agora, pois, conhecendo as raças de gatos hipoalergênicos, nem a alergia vai impedir você de ter felino para chamar de seu!

Vamos conhecer as raças de gato hipoalergênico?

Gato Siberiano hipoalergênico

Começamos a nossa lista de gatos hipoalergênicos com o gato Siberiano, um felino que, apesar de ter pelos longos, não produz a proteína FelD1. Incrível, não é?! Sem alérgeno, sem alergia. Simples assim!

Mesmo tomando o famoso banho de gato, este pet não espalha a proteína em seus longos pelos e, assim, não provoca espirros por aí.

Gostou? O gato siberiano é originário da Rússia e da Ucrânia, pode atingir 9 kg e tem aparência selvagem. Tranquilo e dócil, este é um gato musculoso e resistente. Sua pelagem apresenta grande variedade de cores, como preto, bicolor e branco.

Gato Siamês

Você sabia que o gato Siamês pode ser considerado um gato hipoalergênico? Ao contrário do Siberiano, o Siamês produz a proteína FelD1, mas seu tipo de pelagem conta pontos para ele.

Devido à pelagem curta e fina, as trocas de pelo dos Siameses são rápidas. Contudo, a raça não é indicada para quem tem alergia muito grave.

Sphynx é um gato hipoalergênico?

Como explicamos, a alergia aos gatos está relacionada com uma proteína presente na saliva e não nos pelos, então o gato pelado não é necessariamente hipoalergênico. Entretanto, é por meio dos pelos que a temida proteína FelD1 se espalha. Sem os pelos, a disseminação é reduzida.

Os gatos dessa raça são carinhosos e brincalhões. Além de muito fofos, não é mesmo?!

Gato Bengal, o gato de bengala

Se você quer saber o preço de um gato hipoalergênico, isso depende muito da raça. O Bengal é uma raça rara no Brasil e produz menor quantidade da proteína FelD1. Para somar ainda mais pontos para esse gatinho que mais parece uma onça em miniatura, a pelagem da raça não costuma cair.

Gato Azul Russo

Outro exemplo de gato que produz menos proteína FelD1 é o Azul Russo. Essa bela raça de gatos também tem menos queda de pelos. Ficou interessado? O felino é dócil, carinhoso e se dá bem com outros animais.

Comida que reduz a FelD1

A alimentação pode ser fundamental para reduzir a quantidade da proteína FelD1 no organismo do gato. Isso mesmo! É possível fazer com que seu gatinho se torne um gato hipoalergênico! Quer saber mais?

A Pro Plan Hipoalergênica Gatos Live Clear é uma opção revolucionária para os alérgicos de plantão. Isso porque o alimento seco desenvolvido pela Purina reduz, em média, 47% os alérgenos presentes no pelo e na caspa de gatos. Agora qualquer gato pode ser hipoalergênico!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário