Saiba como chamar um gato sem estressá-lo

Compartilhar:


como chamar um gato

Apesar de parecer um animal solitário e egoísta, os gatos gostam de carinho e afeto. Para você ter noção, os felinos podem ser treinados e não precisam ser associados a selvagens. Uma das principais coisas a ensinar para o animalzinho é fazê-lo vir quando você chama. Assim, em pouco tempo, ele saberá como ir até você e atenderá pelo o nome. Mas você deve estar se perguntando: como chamar um gato corretamente?

É importante que você saiba que existem vantagens em ensinar seu gato a obedecer seus mandados. Quando for a hora de comer ou tomar água, você não precisará ficar procurando por ele, além de aumentar a segurança do felino.

De modo geral, contar com a resposta do gato o ajudará a saber que ele está bem, e quando ele aprender a vir até você será mais fácil colocá-lo para dentro quando você não quiser ter nenhum tipo de preocupação.

Como chamar um gato que fugiu

Um dos primeiros passos é contar com uma recompensa, ou o famoso petisco. É claro que são importantes os elogios e carinhos, mas os petiscos são fundamentais para acostumar seu animalzinho de que precisa vir quando você chama. Isso costuma motivá-los. Nesse cenário, conte com algum alimento que ele goste, como atum, sardinha, carne, etc. Você pode optar por sachês ou latas de comida úmida para gatos

Além disso, uma das formas de chamar um gato é contar com várias guloseimas em mãos. Lembre-se de manter uma variedade dos petiscos para o gato, assim ele não esperará a mesma recompensa em todos os treinamentos. Outro destaque é que deve-se brincar como forma de recompensa.

Escolha o chamado que irá utilizar

como chamar um gato

Neste momento, não tem muita regra para acertar em como chamar um gato. O importante é fazer o som que preferir ou está mais habituado. Além disso, também é importante que o som não seja usado para outros objetivos. Dentre os chamados mais comuns estão “aqui, gatinho” ou “pss-pss-pss”. O gato relacionando o som a você é o que importa.

Lembre-se de que os gatos costumam responder a tons de voz mais agudos, pois é o som das presas na natureza. Porém, ele atende ao seu chamado mesmo que seu timbre seja outro.

Escolha o momento correto para chamá-lo

Agora que você já sabe como chamar um gato, é importante que não o chame a qualquer momento. A hora do jantar é uma opção interessante, pois o gato já estará com fome, e isso facilitará o processo de aprendizado. Você pode utilizar esse momento também pelo fato de o gato já estar acostumado a ir até aquele local para se alimentar, assim ele não resistirá ao chamado.

Lembre-se de criar uma rotina para melhorar o adestramento. Começar esse processo de forma aleatória, em um horário completamente diferente ao da refeição, provavelmente esbarrará com uma possível resistência dele. Antes de ensinar qualquer coisa para o gato, lembre-se de ter uma rotina estabelecida.

Pronto! Você está pronto para poder ensinar novas pessoas a como chamar um gato da forma correta.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário