Gato pode comer abacaxi – verdade ou mentira?

Por Cobasi

Compartilhar:
Gato pode comer abacaxi - verdade ou mentira?

Quer saber se gato pode comer abacaxi? Então, fique com a gente até o final desse artigo! Vamos falar sobre a alimentação dos bichanos, se é possível incluir abacaxi e outras frutas no cardápio e como você pode fazer isso com toda segurança para o seu pet.

Já podemos adiantar que sim, gatos podem comer abacaxi. Essa é uma das frutas seguras para o seu gatinho consumir. Mesmo com a boa notícia, é preciso ficar atento aos hábitos alimentares do pet para não exagerar na dose.

Venha com a gente descobrir mais sobre a alimentação dos felinos!

De que maneira gato pode comer abacaxi

De que maneira gato pode comer abacaxi

A primeira recomendação que vamos fazer é no sentido de que, sempre que for possível, você opte por frutas, verduras e legumes orgânicos, tanto para o seu próprio consumo quanto para oferecer para os seus pets.

No caso dos alimentos naturais que possuem uma casca que precisa ser removida, como é o abacaxi, faça isso antes de oferecer para o pet. Já os alimentos consumidos integralmente devem ser bem lavados em água corrente para remover os micro-organismos que podem fazer mal ao pet.

Quando for oferecer abacaxi para gatos, escolha uma fruta bem madurinha, descasque e corte pequenos pedaços. Você pode dar para o seu gatinho comer diretamente da sua mão ou colocar no comedouro dele.

Fique muito atento para não exagerar na quantidade: o abacaxi não é tóxico para os gatos, mas uma ingestão excessiva pode provocar problemas a curto prazo, como diarreia, e a longo prazo, como excesso de açúcar no sangue.

Alimentos naturais na alimentação do seu pet

Alimentos naturais na alimentação do seu pet

A base da alimentação dos felinos são as proteínas e as gorduras, porque eles são animais carnívoros. Você pode incluir algumas frutas, verduras e legumes no cardápio do seu pet como petiscos, mas isso jamais deve substituir os alimentos principais.

Ração seca ou ração úmida: escolha sempre alimentos de qualidade e adequados ao peso, idade e fase da vida do seu gatinho. Caso ele seja castrado ou tenha outras necessidades nutricionais específicas, como redução de calorias ou de sal, por exemplo, converse com o médico veterinário sobre as rações medicamentosas.

Os gatos saudáveis podem consumir maçã, melão, melancia e pera com segurança. O morango também é saudável para eles, mas não pode ser consumido em excesso por conta da acidez.

A banana, por sua vez, faz muito bem aos gatinhos, mas eles não podem consumi-la com muita frequência. Por ser uma fruta muito calórica e rica em açúcar, tem grande potencial de se transformar em sobrepeso, que por si só já traz muitas consequências negativas para o pet.

Como sempre, o segredo para incluir alimentos naturais e frescos na alimentação do seu gatinho é a moderação. Com equilíbrio e cuidado você consegue manter o bichano dentro da faixa de peso ideal, não compromete a ingestão dos nutrientes necessários para o seu desenvolvimento saudável e inclui petiscos saborosos na rotina.

Converse com o médico veterinário que faz acompanhamento do pet para obter outras orientações a respeito da alimentação do seu melhor amigo peludo. Seja qual for a sua escolha para ração dele, mantenha água limpa e fresca sempre disponível.

Saiba mais sobre alimentação natural para gatos com esse artigo disponível em nosso blog.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário