Será que o gato pode comer feijão?

Por Cobasi

Compartilhar:

Pergunte para qualquer mãe brasileira e ela dirá que as crianças podem e devem comer feijão para ficarem fortes, mas e quanto aos nossos filhos peludos: será que gato pode comer feijão? 

Os brasileiros sabem como a combinação entre arroz e feijão é poderosa. É um prato rico em proteínas e que faz muito bem à nossa saúde. Mas uma coisa que os tutores não podem se esquecer é que nem tudo que nos faz bem fará bem aos pets.

Alimentação ideal para gatos

Antes de mais nada, vamos lembrar que os gatos não são onívoros como os humanos, mas sim carnívoros estritos. Isso significa que pelo menos 70% dos alimentos que eles consomem devem ser de origem animal, preferencialmente carne.

Por isso, a alimentação ideal para os felinos é aquela majoritariamente carnívora. Basta pesquisar a composição das melhores rações para gatos para percebermos que a maior parte delas é feita com carnes magras e de alto valor proteico.

Contudo, isso não quer dizer que os gatos não possam comer outras coisas. Existem alimentos de origem vegetal que são seguros e até benéficos aos bichinhos. Incluir algumas frutas e vegetais específicos pode enriquecer a dieta dos bichinhos.

Porém, antes de colocar o comedouro do gato na mesa precisamos ter certeza se o gato pode comer feijão. Por isso vamos primeiro pesquisar um pouco sobre o feijão que nós comemos para descobrir se ele é adequado ao organismo dos felinos ou não.

O gato e o feijão refogado

Geralmente as pessoas usam cebola e alho para temperar o feijão, certo? O problema é que esses dois vegetais são extremamente tóxicos aos bichanos e podem causar a destruição dos glóbulos vermelhos deles.

Mas o problema não está só nos vegetais, afinal não é incomum que algumas pessoas exagerem um pouco no sal e na pimenta quando cozinham o feijão. Esses temperos também são prejudiciais ao organismo dos animais e podem causar irritação no intestino.

Ora, se o problema está nos temperos, isso quer dizer que o gato pode comer feijão puro? A verdade é que até pode, sim, mas lembre-se que o feijão é um alimento de digestão complicada. Ele pode provocar gases e inchaços, causando desconforto ao pet.

Gato pode comer feijão, mas vá com calma

O feijão é uma excelente fonte de proteína, além de ser rico em ferro, magnésio, vitamina B6 e cálcio. Ou seja, incluir um pouco de feijão na dieta do gato pode ser uma boa suplementação, mas desde que os cuidados acima sejam respeitados.

Outra consideração importante é saber dosar. O feijão pode ser incluído como um complemento eventual, nunca como ingrediente principal da dieta dos felinos.

Para deixar o feijão mais gostoso para o seu amigo peludo, cozinhe ele com algumas carnes saudáveis e magras. Evite embutidos, carnes defumadas ou cortes muito gordurosos para evitar o adoecimento do animal. 

Recapitulando, feijão é uma leguminosa rica em vários nutrientes e uma ótima fonte de proteínas. O gato pode comer feijão, sim, mas sem tempero e em pequenas quantidades. Afinal de contas, estamos falando de um animal que é carnívoro estrito.

E não custa lembrar: o médico veterinário deve acompanhar toda alteração na dieta do seu animal. Nutrição animal é coisa séria e exige cuidado redobrado com os ingredientes que damos aos pets!

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário