Gato pode comer gelatina? Descubra agora!

Por Cobasi

Compartilhar:
gato pode comer gelatina

Petiscos são ótimos mimos para os gatinhos. No entanto, alguns não podem ser oferecidos a eles porque são prejudiciais à saúde do felino. Entre os alimentos que nós consumimos, já pensou se gato pode comer gelatina? Afinal, este alimento é rico em colágeno.

Para sanar suas dúvidas, chamamos a médica-veterinária da Educação Corporativa da Cobasi, Joyce Lima. Confira!

Afinal, gato pode comer gelatina?

Seu gato pode comer gelatina, desde que sem sabor e incolor. Segundo Joyce, as gelatinas comerciais vendidas em supermercados, com apelo infantil, possuem açúcares e corantes prejudiciais à saúde do animal em sua composição. Logo, devem ser evitadas a todo custo.

Esse tipo de gelatina possui “ingredientes que a tornam tóxica aos gatinhos, como o xilitol, famoso adoçante que, para os humanos, não gera nenhum problema, mas para os gatos causa uma queda brusca na glicemia, desencadeando convulsões e até a morte do animal”.

Além disso, esse alimento também possui quantidades elevadas de açúcar e palatabilizantes. Ambos causam problemas à saúde do animal: enquanto açúcares auxiliam o ganho de peso e a obesidade, os palatabilizantes (o sabor artificial de frutas) apresentam grande risco de desenvolvimento de alergias e intolerância pelo animal.

“Os riscos estão no consumo de gelatinas com açúcares, adoçantes, corantes e palatabilizantes artificiais, que podem ser tóxicos para os gatinhos”, a médica-veterinária comenta.

Portanto, lembre-se de que o gato não pode comer gelatinas com sabor e coloridas!

Gelatina sem sabor e incolor faz bem à saúde do gato

gato pode comer gelatina

Como dito, gelatinas incolores e sem sabor não causam problemas ao pet, pois não possuem ingredientes que causam risco à saúde do animal.

A médica-veterinária da Cobasi, Joyce Lima, diz que os principais benefícios da ingestão dessa gelatina são o aumento do consumo de água e colágeno pelos gatos. A água é essencial, já que esses bichinhos não têm costume de ingerir líquidos durante o dia. Por sua vez, “o colágeno é uma importante proteína que auxilia na saúde da pele, pelo e articulações”, reforça.

No entanto, Joyce lembra que o tutor sempre deve ler a lista de componentes do produto antes de oferecê-lo ao bichinho e consultar um médico-veterinário com antecedência para descobrir se realmente pode incluir o alimento na rotina do pet ou não.

Petiscos para gatos são sempre a melhor opção

Antes de oferecer qualquer alimento novo para o seu animal de estimação, consulte seu veterinário. Para incrementar a dieta, uma sugestão é misturar a gelatina sem sabor e incolor com outros alimentos nos dias mais quentes e servir um picolé divertido e nutritivo para o bichinho.

Mas, de todo modo, o ideal é oferecer alimentos destinados aos pets, como petiscos e ração.

A ração, por si só, deve ser a base da alimentação do seu gato, porque contém todos os nutrientes necessários para o bom desenvolvimento do pet. Os petiscos também devem fazer parte da dieta para estimular o paladar e aguçar a vontade de brincar.

Pronto! Agora você já sabe que seu gato pode comer gelatina sem sabor e incolor. Conheça outros alimentos ideias para o seu pet na Cobasi e cuide bem do seu gatinho.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário