Gestação de coelho: entenda tudo sobre o assunto

Compartilhar:


gestação de coelho

Os coelhos são animais muito conhecidos por sua grande facilidade de reprodução. Sendo assim, se você optar por manter um macho e uma fêmea no mesmo espaço, em um piscar de olhos você terá alguns filhotes como pet também. Mas apesar de serem animais extremamente férteis, é preciso seguir algumas recomendações durante o pré e pós-parto. Por isso, nós vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre a gestação de coelho. 

Como funciona a reprodução e a gestação de coelho?

No geral, as fêmeas costumam atingir a maturidade sexual aos 4 meses de vida, e o macho aos 5. A partir disso, ambos estarão aptos para a reprodução, que acontece de forma cíclica. Considerando que o ciclo estral das coelhas pode ocorrer a cada 15 dias, é possível dizer que elas costumam ter dois cios por mês.

O cio, inclusive, é o principal sinal de que a sua coelhinha atingiu a maturidade sexual. E é interessante dizer que o cio das fêmeas é induzido, ou seja, a ovulação só ocorre caso haja estímulo de um macho. Durante esta fase, a fêmea pode apresentar características como secreção vaginal, vulva avermelhada, aumento de temperatura, inquietação e receptividade ao macho. 

Já o tempo de gestação do coelho dura em média 30 dias, sendo bastante curto em comparação a outros mamíferos. Inclusive, é importante que os tutores da coelha prestem atenção quanto ao período do cio, porque não é fácil identificar se uma coelha está grávida – e é de suma importância que a gravidez seja identificada, para que as recomendações pré-natais sejam devidamente adotadas.

Caso a coelha não esteja grávida de muitos filhotes, ela não irá apresentar características externas muito chamativas. E o diagnóstico da gestação só poderá ser identificado por um veterinário após o décimo dia, aproximadamente. Com os exames corretos, o profissional será capaz de dizer quantos filhotes a sua coelhinha está esperando.

Esse número, aliás, costuma variar de coelha para coelha, mas, no geral, a média é de 6 a 8 bebês! Apesar disso, é, sim, possível que venham a nascer um pouco mais ou um pouco menos.

Como cuidar de uma coelha prenha?

Primeiramente, mantenha a higiene do local em que a coelha irá dar a luz. É muito importante que você limpe a gaiola regularmente, para que ela fique sempre confortável em um ambiente adequado. Sendo assim, substitua o feno com frequência, além de higienizar o forro da gaiola e os materiais ali presentes com água morna e sabão neutro. Já as fezes devem ser recolhidas todos os dias.

A alimentação e a hidratação da coelhinha também são fatores muito importantes durante a gestação, já que ela vai estar comendo por muitos filhotes. Ofereça diariamente feno e muitos alimentos de qualidade como verduras e folhas frescas, para que ela consiga manter uma dieta balanceada e saudável. A água é igualmente importante, e a coelha vai beber uma grande quantidade diária quando se tornar lactante. 

Vale ressaltar que, independentemente de você ser leigo ou expert no quesito gestação de coelho, não deixe de consultar um veterinário para acompanhar o processo de gravidez da sua coelha. Um profissional saberá te auxiliar em qualquer dúvida ou problema e será capaz de garantir a saúde da mamãe e dos seus futuros pets.

Quais são os cuidados após o parto?

gestação de coelho

Os coelhinhos nasceram? Oba! Então agora é a hora de mantê-los aquecidos colocando uma fonte de calor na gaiola. É sempre muito importante que os filhotes fiquem bem quentinhos. Uma boa ideia, também, é colocar uma bolsa térmica morna embaixo de (bastante!) forro, dentro do ninho – pode exagerar no forro, assim os filhotes não se queimam com o calor.

Se, por alguma razão, a coelha não estiver conseguindo amamentar, você deve alimentar os filhotes duas vezes ao dia. Coloque o leite de fórmula levemente aquecido em uma seringa esterilizada e pingue aos poucos na boca de cada filhote. É importante reparar nos aspectos físicos desses recém-nascidos, porque os filhotes, quando mal nutridos, ficam com a barriga mais encolhidinha. E se a barriga estiver cheia, eles estão sendo alimentados da forma correta! 

Ah! E caso você não esteja querendo mais uma nova ninhada, lembre-se de manter a mãe separada do coelho macho. Sabe quando comentamos que os coelhos têm uma facilidade enorme de reprodução? Pois é! As fêmeas podem engravidar novamente de 48 a 72 horas após o parto!

E vale ressaltar: depois que os coelhinhos já tiverem vindo ao mundo, não se esqueça de marcar mais uma consulta com o veterinário, para que ele possa verificar o desenvolvimento dos filhotes e também da mamãe!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário