Gripe em gatos: como prevenir e tratar

17 de setembro de 2020

Gatos
gripe em gatos existe e deve ser tratada

A gripe em gatos é comum durante as estações mais frias e os sintomas são bem parecidos com os nossos. É claro que há maneiras de evitar que o seu pet fique doente, mas é importante conhecer os sinais de um gato com gripe e como tratar. 

Nós conversamos com médica veterinária Ticianna Sant’Ana, que faz parte da equipe de Educação Corporativa da Cobasi para ajudar você a cuidar do seu gato com todo o cuidado que ele merece!

Gripe em gatos: principais sinais

Febre, espirros, secreção nasal, sono e falta de apetite são os sintomas comuns de um gato gripado. Além disso, é comum que o felino mude o comportamento se não estiver se sentindo bem.

Em filhotes e idosos, a doença de gato costuma ser mais forte e, por isso, os sintomas ficam mais evidentes.

Gripe felina é contagiosa? Como proteger o seu gato

“Conhecida como Rinotraqueíte Viral ou Complexo Respiratório Felino, a gripe em gatos transmitida por vírus ou bactérias. Os sintomas são parecidos com a gripe dos humanos, como tosse, espirro, febre e coriza, porém não é transmitida aos humanos. A doença é muito comum em gatis e em gatos filhotes”, explica a médica veterinária Ticianna Sant’Ana.

O vírus da Rinotraqueíte Felina pode passar de um gato para outro e, por isso, é importante manter o animal infectado afastado. A melhor maneira de proteger seu amigo é estando com a carteira de vacinação em dia e fazendo o reforço anual. Gatos que frequentam gatis ou estão sempre soltos não podem ficar sem as vacinas, é perigo na certa.

“Aos primeiros sintomas de gripe, é importante agir rapidamente para o início do tratamento junto ao médico veterinário”, complementa Ticianna. Esta doença pode evoluir rapidamente e ficar muito grave exigindo internação.

Apesar da gravidade, a prevenção para essa doença é muito simples: vacinação anual do seu gatinho!

A vacina é essencial, mas outras formas colaboram na proteção do seu gato:

Tratamento da gripe em gatos

Gato enrolado em uma manta

Sem pensar duas vezes, ao identificar os sintomas de gripe em gatos, leve seu pet ao veterinário. Um erro comum dos tutores é achar que a gripe vai passar sozinha e a doença se complicar agravando a saúde do animal.

A gripe em gatos é identificada através de exames e o tratamento feito com antibióticos. Com acompanhamento de um profissional, não há perigo para seu gato resfriado.

O frio só é bom quando estamos protegidos, o mesmo vale para os gatos no inverno, não é? Com todas essas informações, com certeza seu amigo ficará bem e bem menos propenso a adoecer.

Quer mais dicas de saúde para seu gato? Confira nossa seleção de textos: