Dicas para ter uma horta em casa

Por Cobasi

Compartilhar:
horta caseira

Tanto para a saúde, quanto para o bem-estar, uma das melhores coisas é consumir alimentos de sua própria horta. Ainda mais hoje em dia com tantos aditivos químicos sendo aplicados nas plantações, a busca por produtos orgânicos tem crescido.

O que pouca gente sabe, é que ter uma horta em casa é possível, até mesmo para as pessoas que vivem em apartamento. Vamos descobrir como?!

Como começar uma horta em casa?

Pouco espaço já não é mais desculpa. As grandes hortas, são apenas para cultivos maiores, para quem pretende comercializar. Por isso, fazer uma horta dentro de casa ou do apartamento, tem sido cada vez mais comum e colabora para diminuir a quantidade de produtos comprados e fornecer uma alimentação mais natural.

O cultivo das hortaliças pode ser feito em pequenos jardins, em vasos ou em uma jardineira. O ideal é possuir um espaço adequado, que fique a meia sombra, evitando calor incidente sobre o local.

A melhor forma de começar o cultivo, é através de poucas platinhas. Uma salsa aqui, uma cebolinha ali. Comece escolhendo o seu tempero preferido!

Para os iniciantes, vale a pena investir em uma jardineira coletiva e misturar três tipos diferentes de ervas, que são de fácil manutenção.

Dessa forma, fica mais fácil cuidar e conforme a plantação crescer, as ervas podem ser transferidas para vasos diferentes. O ideal é ir aumentando as plantações aos poucos, para ir se acostumando com a rotina de cuidados.

Na hora do plantio, você pode utilizar mudas ou sementes. Ambas podem ser encontradas nas lojas físicas da Cobasi e também no nosso site. Vale ressaltar que se você busca por uma plantação livre de qualquer tipo de aditivo químico, a melhor maneira de garantir isso, é cultivando uma horta do zero. 

Cuidados com a sua hortinha

horta em casa

Assim como qualquer outra planta, as ervas e hortaliças da horta exigem cuidados específicos. Se você quer uma horta com alimentos orgânicos, é importante cuidar para evitar o surgimento de insetos e, por consequência, não necessitar da aplicação de pesticidas.

Além disso, é fundamental criar uma rotina de cuidados diários. As regras funcionam melhor quando feitas de manhã ou no final da tarde, mas é importante observar quais ervas ou vegetais precisam de mais água. 

A adubação também é importante, por isso vale a pena aplicar húmus de minhoca uma vez ou outra. A aplicação pode ser feita por cima da terra, conforme a planta for sendo regada, os nutrientes vão adentrando o solo. 

No entanto, algumas ervas como tomilho, sálvia e lavanda, se dão bem quando cultivadas em um solo pobre de nutrientes. Por isso é legal ler e conhecer sobre o que mais agrada as hortaliças durante o cultivo.

Uma ideia interessante é promover o agrupamento inteligente, isso nada mais é do que o plantio de ervas que podem ser cultivadas em solos semelhantes. As que necessitam de mais nutrientes podem ser cultivadas juntas, assim como as que precisam de mais água ou se de um solo mais seco. 

A maioria das hortaliças duram em média 6 meses. Elas nascem, crescem, passam pelo período de colheita e morrem. Por isso é importante respeitar esse ciclo e manter uma rotina, quando as plantas entrarem no período de colheita, já é possível começar um novo ciclo

Quer saber mais sobre jardinagem? Acesse nosso blog:

Compartilhar:

Tags:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário