Como escolher a melhor ração para o seu pet?

Luiz Roberto Lisboa

| Atualizada em

Colaboração de Luiz Roberto Lisboa

Compartilhar:
melhor ração

O tutor que ama seu pet sempre quer dar a melhor ração para ele. Por isso mesmo, essa é uma das dúvidas mais frequentes e também uma das mais importantes para a saúde e o bem-estar do bichinho. Cães e gatos que se alimentam da forma adequada vivem mais e melhor, têm menos doenças e mantêm o peso certo.

No entanto, não existe um único alimento que pode ser classificado como o melhor e sim, as melhores rações para cães e gatos de acordo com as características de cada animal. O primeiro passo para descobrir qual é a do seu pet, é conhecer mais sobre alimentação animal e os tipos de ração. Conversamos com Luiz Lisboa, biólogo da Educação Corporativa da Cobasi, para tirar todas as suas dúvidas e ajudar você a escolher a ração ideal!

A melhor ração para o meu pet

Os alimentos que consumimos são fontes de nutrientes e minerais essenciais para o nosso desenvolvimento em todas as fases da vida. Eles também são responsáveis pelo fornecimento de energia para desempenharmos nossas atividades diárias e responsáveis pelo nosso bem-estar. Com os pets isso não é diferente! “Para que eles possam se desenvolver com saúde durante a vida, os tutores devem escolher as rações mais adequadas às necessidades nutricionais deles”, explica o especialista.

Pensando nesta questão importante, este post é destinado a ajudar os tutores em uma dúvida muito comum: “qual a melhor ração para cachorro?”.

Para começar, veja quais são os tipos de ração que você encontra à venda e a importância nutricional de cada uma.

Linhas de rações econômicas

A linha Econômica prioriza em sua composição a utilização de matérias primas mais básicas e, como o próprio nome já diz, são mais baratas. Nesta linha é comum encontrarmos subprodutos derivados do milho, da soja e do trigo em abundância. Não há carnes frescas e tampouco nutrientes funcionais específicos.

Para ficarem mais saborosas e o animalzinho aceitar com maior facilidade, esses alimentos utilizam o artifício dos palatabilizantes e flavorizantes. Eles acrescentam sabores e cheiros à ração a tornando mais incrementada. A coloração da ração também é alterada de forma artificial através do uso de corantes.

A digestibilidade, ou seja, a absorção dos nutrientes comparado ao volume do alimento ingerido, é a mais baixa de todas as linhas. Sendo assim, o pet necessita ingerir volumes maiores do alimento para conseguir se satisfazer nutricionalmente. Logo, como um efeito colateral, observamos mais um contratempo: o volume de fezes será mais alto, devido à baixa digestibilidade dos ingredientes utilizados.

“Aqui, praticamente não há diversidade na gama de produtos, como: ração para idades específicas, para portes específicos, para raças específicas e etc.”, acrescenta Luiz Lisboa. Normalmente, esses alimentos possuem versões para adultos e filhotes apenas.

Linha Standart

Quando comparada às linhas de alimentos econômicas, a ração Standard apresenta algumas melhorias. “Seus níveis de garantia, ou seja, os componentes da ração que indicam a qualidade do produto, tendem a apresentar números ligeiramente maiores, como os das proteínas e gorduras, além de outros nutrientes”, explica o biólogo.

Nesta ração, as farinhas de subproduto animal estão presentes de forma evidente, porém a porcentagem de grãos e cereais, como milho e soja, ainda é elevada. Muitas das marcas mais conhecidas são de qualidade Standard, isso porque estão vinculadas às grandes indústrias alimentícias e possuem grande apelo popular, devido à divulgação em massa através de peças publicitárias, juntamente com sua grandiosa rede de distribuição.

Por isso, não compre uma ração para cachorro ou gato só porque ela é de uma marca conhecida. Consulte sempre seu médico veterinário de confiança antes de fazer a escolha.

As rações Standard possuem algumas variações na gama de produtos, como: rações para filhotes, para adultos e ração para cachorro idoso.  Assim como a qualidade é mais elevada, o valor final do produto tende a ser maior do que os praticados na linha Econômica.

>Linha de ração Premium

“A linha Premium apresenta mais qualidade de nutrientes, tornando a alimentação completa e balanceada para cães e gatos. Nesta linha, há uma melhora significativa na qualidade da matéria-prima e, como resultado, os índices nutricionais, representados pelos níveis de garantia, são substancialmente mais elevados”, explica o biólogo Luiz Lisboa.

Esses alimentos são livres de corante artificial, ingrediente que se faz presente nas rações citadas anteriormente. O mesmo vale para artifícios que promovem sabor e aroma ao alimento. Isso tudo tem um motivo: quanto maior a qualidade dos ingredientes e da formulação, menor a necessidade de maquiar o sabor e o aroma.

“Algumas marcas ainda inserem em seus produtos nutrientes funcionais, que podem atuar de forma coadjuvante na saúde e no bem-estar do animal: reforçando as articulações, fortalecendo pelagem, melhorando a digestão e etc”, explica o especialista. E ainda, por utilizar ingredientes mais nobres, sua digestibilidade é maior, resultando na redução do consumo e também do volume de fezes.

Os grãos e cereais ainda estão presentes na maioria delas, só que em quantidades menores do que aquelas consideradas Econômicas ou Standard. Já o valor final do produto tende a ser um pouco mais elevado do que os praticados nas linhas anteriores, mas os benefícios agregados são proporcionalmente maiores também!

As rações consideradas Premium possuem uma grande diversidade na linha de produtos: ração para portes variados, rações para cada fase da vida, rações para manutenção do peso ideal, rações para os mais ativos e muito mais.

Ração Super Premium

As rações da linha Super Premium são as mais concentradas e equilibradas para cães e gatos. Nelas predominam ingredientes de origem animal, como carnes frescas, ovos desidratados e gorduras de peixes. Isso reflete em uma excelente digestibilidade.

“O consumo das rações Super Premium será bem reduzido devido à maior concentração de nutrientes presente e, como consequência, o volume de fezes produzido pelo seu bichinho será menor – o que é uma grande vantagem”, acrescenta o biólogo.

Os nutrientes funcionais estão presentes em praticamente todas as rações Super Premium. Existem opções para reforçar as articulações, fortalecer a pelagem, melhorar a digestão, evitar o tártaro, diminuir o odor das fezes e muitas outras opções. A concentração de grãos e cereais existe em quantidades menores em algumas marcas e, em outras, nem estão presentes em suas composições. Esse segundo grupo que citamos é o de rações consideradas livres de ingredientes transgênicos.

Para complementar os benefícios, o número de rações específicas é enorme! A especificidade chega ao ponto máximo, como nas rações para diversas raças, para os que vivem em áreas internas, além, é claro, de alimentos para filhotes, adultos e idosos.

Qual a melhor ração para cachorro e gato?

Ficou fácil saber qual a melhor ração para cachorro ou ainda têm dúvidas? As rações Premium e Super Premium oferecem mais qualidade e nutrição mais completa aos cães e gatos. Mas ainda assim você tem centenas de opções!

A melhor ração precisa corresponder às necessidades do bichinho. A melhor ração para gato castrado, por exemplo, é aquela que possui essa informação na embalagem. Seu valor nutricional é adequado para animais que possuem um nível de atividade física um pouco menor e, por isso, evita o sobrepeso.

Ainda tem dúvidas? Fizemos uma lista com os principais pontos para você levar em consideração na hora de escolher a melhor ração para o seu pet:

·         Seu pet é filhote, adulto ou idoso?

·         Qual o porte do bichinho?

·         Qual a raça do animal?

·         Seu pet possui alguma necessidade especial?

Além disso, as rações Super Premium podem ser medicamentosas, atuando como auxiliares no tratamento de animais com doenças urinárias, renais, entre outras.

Agora ficou muito mais fácil descobrir qual a melhor ração para o seu pet!

Patês e sachês para cachorro e gato

Além das rações, ainda existem os alimentos úmidos. “Diferente do que muita gente pensa, as rações úmidas vendidas em latas ou saquinhos também são alimentos completos para os pets”, diz o biólogo da Educação Corporativa da Cobasi.

As rações úmidas são mais palatáveis, gerando grande satisfação durante o consumo. Além disso, esse tipo de ração contribui para a hidratação do animal por conter uma grande quantidade de água, entre 70% e 80% de sua formulação. Já as raçõe secas possuem entre 10% e 11% apenas.

Seria ela a melhor ração?

Depende! Esse tipo de ração costuma ter uma concentração maior de carboidratos e minerais. Por isso, atenção ao oferecer ao pet! Na dúvida, converse com seu médico veterinário!

“É importante entender quais são as necessidades nutricionais do seu pet junto com o médico veterinário de sua confiança. Apenas desta forma será possível determinar qual é a melhor ração para o seu animalzinho”, conclui Luiz Lisboa.

Você ainda tem alguma dúvida sobre como escolher a ração certa para o seu pet? Escreva nos comentários para nós!

Quer saber mais sobre a alimentação dos pets? Veja os posts abaixo:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

16 Comentários

  1. Luana Souza Serafim De Lima disse:

    Bom dia!
    Gostei muito da matéria, gostaria que se apronfundasse no tema dos sachês, gasto um pouco a mais com sachê porque acredito que o que eu compro tem menor teor de sódio.

    Obrigada

  2. Silvia D V Duarte disse:

    Minha filha tem uma Gold de 5anos e ela tem problema alérgico,na pele,qual a ração ideal.A pele fica com bolinhas ,depois transforma em pequenas feridas e o pelo solta com facilidade do local,afetado.

  3. Célia Regina Matsumoto disse:

    Silvia boa tarde,
    A minha Kohana também tem esse problema, mas o dela é alergia a pulgas. Já fez o exame de sangue para verificar qual o problema dela? As vezes é alergia ao corante da ração ou produto de limpeza.

  4. sonia franco disse:

    Tenho uma Lhasa apso de 06 meses que come coco ,teria alguma ração
    que ajudaria a inibir,a ração dela e a Golden Premiun.

    Grata

  5. Ana Paula Manrique disse:

    Ótima matéria! Completa e esclarecedora. Muito obrigada!

  6. Carla Bernabeu disse:

    Silvia D V Duarte, compre sabonete da Granado de enxofre, muito bom pra pele, em 3 banhos vc sente a diferença.

  7. Paulo Wagner Teixeira Marques disse:

    Boa matéria! Sei que fica difícil, mas seria legal se tivéssemos exemplos de marca para cada um dos tipos. E fica uma sugestão para uma matéria futura: é possível dar alimento não industrializado para os cães? Tipo, feito em casa? Se é possível, qual a melhor forma de prepara-lo?

  8. Eduardo disse:

    Minha filha Yukki é da raça Akita e ela tem 3 anos. Não consigo acertar uma ração para ela. Ontem comprei a Club Performance adult e ela não gostou. O que vocês sugerem para ela? Acho estranho ela gostar da ração Royal diet da Cachorrinha da minha mãe. Obrigado.

    • admin disse:

      Eduardo, como vai? É comum o cachorro estranhar a ração nova. Esse é um dos motivos pelo quais é indicado realizar a adaptação gradual do alimento. Ao invés de colocar apenas a ração nova no potinho, misture a nova com a antiga em uma proporção de 90% da antiga e 10% da nova no primeiro dia. Vá reduzindo a ração antiga e aumentando a nova segunda nos outros dias. 80% da antiga e 20% da nova no segundo dia, 70% da antiga e 30% da nova no terceiro dia.. até chegar em 100% da nova. Aconselhamos conversar com um médico veterinário para escolherem juntos o alimento mais adequado para a Yukki!

  9. Silvia disse:

    olá! Posso espremer o comprimido de anti-pulgas numa ração úmida? O remédio fará o mesmo efeito? Eu já cheguei a fazer esse método, mas somente uma vez deu certo. Agora meus gatos não aceitam comer direito a ração úmido, quando ponho o pozinho do anti-pulgas. Qual outra forma consigo enganar os gatinhos para consumirem o medicamento?

Deixe o seu comentário