Guia básico de como dar comprimido para gato

Joyce Aparecida Santos Lima

| Atualizada em

Colaboração de Joyce Aparecida Santos Lima

Compartilhar:

Os tutores de felinos sabem bem como dar comprimido para gato é uma tarefa difícil. Isso porque esses animais são muito espertos e desconfiados. Ou seja, dificilmente se deixarão enganar por uma almôndega recheada com comprimidos ou coisa parecida. Não, as técnicas que utilizamos com os cães não funcionam aqui.

Sabe quando uma criança vai tomar vacina e fica apavorada? Os enfermeiros e médicos que melhor lidam com esta situação são aqueles que conseguem aplicar a injeção de forma rápida e gentil. Eles sabem que quanto maior a demora, maior a angústia. O mesmo vale com os gatos.

Mas então, como dar comprimido para gato? Bom, nesse caso os tutores precisam conduzir o pet com gentileza. A dica da médica veterinária Joyce Aparecida Santos Lima é “iniciar o procedimento da forma mais natural possível, como se fosse fazer carinho”.

Como dar comprimido para gato?

Antes de dar o comprimido comece fazendo carinho no gato. Dessa forma ele vai ficar mais relaxado e resistirá menos em ser conduzido. Se possível, peça ajuda para alguém para ajudar no processo porque o animal provavelmente vai querer fugir. Caso esteja sozinho, a dica da veterinária é sentar-se e segurar o gato com as pernas.

Com o gato calmo, satisfeito e razoavelmente imobilizado, é hora de iniciar o procedimento. Para isso, coloque a mão por trás da cabeça do animal a fim de conseguir segurar os cantinhos da boca.

Agora erga a cabeça do animal até um ponto em que ele abrirá a boca sozinho. O próximo passo deve ser certeiro e gentil para não assustar o bichinho. Coloque o comprimido no fundo da boca do animal e mantenha a cabeça dele inclinada para cima.

Você pode fazer esse passo segurando o comprimido com os dedos em forma de pinça. Agora, se o pet estiver muito arisco, uma boa solução é utilizar um aplicador de comprimidos.

Uma dica infalível

Dica infalível para dar comprimido para gato

A esta altura o animal já deve ter engolido o remédio, mas nem sempre as coisas saem como o planejado. Por isso, a Joyce dá uma dica especial caso o gato se recuse a engolir e o comprimido continue lá no fundo da língua: soprar levemente o focinho do animal.

Sim, isso funciona porque ao receberem sopros no focinho, os gatos respondem instintivamente engolindo. É um reflexo natural do bichinho. Continue soprando levemente até ter certeza de que o gato engoliu o remédio.

Mas como saber se esta técnica está funcionando? A veterinária indica checar a resposta do animal: “Observe se ele lambe o nariz logo em sequência – esse é um sinal voluntário que os gatos fazem após engolir alguma coisa”.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário