Ganhe 10% OFF* na primeira compra. Use o cupom 10BLOG
*Limitado a um uso por CPF

Mix feeding: saiba tudo sobre a mistura de rações

| Atualizada em

Colaboração de Lysandra Barbieri   Tempo de leitura: 5 minutos

Compartilhar:
Compartilhar:
potes com ração para mix feeding
Mix feeding consiste na mistura de rações de diferentes texturas

Mix feeding é a técnica de misturar rações secas com úmidas e inserir na rotina alimentar do pet. Mas será que ela é uma boa prática para uma dieta balanceada e saudável?

Fique com a gente e descubra tudo sobre o mix feeding e a melhor maneira de combinar diferentes tipos de alimento sem prejudicar o bem-estar do seu animal. Confira!

Mix feeding: o que é?

A alimentação mista ou mix feeding, como é popularmente conhecido, é a prática de mesclar alimentos de diferentes texturas. Normalmente é usada para associar a ração seca com alimentos úmidos, encontrados em latas e sachês.

Os benefícios do mix feeding

Introduzir o mix feeding na dieta do animal de estimação traz uma série de benefícios. Entre elas, o estímulo do apetite e a hidratação.

Mix feeding é ótimo para a hidratação

Além de diversificar a alimentação, o mix feeding tem como benefício estimular a hidratação dos pets. Principalmente dos gatos, que não costumam beber muita água.

Além disso, a ração úmida tem a capacidade de estimular a produção de urina por parte do animal. O que é essencial para evitar o desenvolvimento de doenças renais.

Importante: Não é porque a alimentação mista favorece a hidratação, que o tutor deve abrir mão dos bebedouros para pets. 

Lembre-se: quanto maior a ingestão de líquidos, melhor irá funcionar o organismo do seu cão ou gato.

Como fazer o mix feeding?

O mix feeding pode ser feito de duas maneiras: a primeira é misturar pequenas porções de ração úmida com o alimento seco do cão ou gato diretamente no comedouro.

Uma opção é alternar as duas texturas de ração para animais de acordo com as refeições. 

No primeiro cenário, a alimentação mista tem como objetivo tornar o alimento seco mais palatável e atrativo para o pet. O que evita o desperdício. 

O segundo caso, por sua vez, tem como objetivo variar a dieta do animal de estimação, sem deixar de lado os cuidados com a nutrição. 

Por exemplo, oferecer alimento sólido no almoço e um sachê de ração úmida na hora do jantar. Esta técnica permite variar a rotina alimentar do animal e evitar que ele enjoe e rejeite a ração seca. 

Cuidados com a alimentação mista 

potes com rações de texturas diferentes
Combinar rações de texturas diferentes requer uma série de cuidados por parte do tutor

Se você está pensando em oferecer uma alimentação mista para o pet pela primeira vez, é preciso tomar alguns cuidados. O principal é respeitar os hábitos alimentares do seu animal de estimação.

Há cães e gatos que preferem comer em pequenas porções durante o dia. Nesse caso, se a quantidade de ração mista for grande, a ração irá estragar rapidamente.

O recomendado é ir misturando as rações secas e úmidas aos poucos. Dessa maneira, além de descobrir qual a quantidade de alimento que seu pet necessita, você saberá se ele está interessado no alimento com texturas misturadas. 

Uma boa dica é: coloque uma pequena porção da ração seca no comedouro e misture com um terço do sachê da ração úmida. 

Se a resposta do seu gato ou cão for positiva, você pode continuar a mistura, até chegar a uma proporção aproximada de 50% para cada tipo de ração.

Para evitar que o alimento estrague, o ideal é guardar a sobra de alimento úmido em uma latinha ou pote e deixar na geladeira. Assim, você poderá aproveitá-lo no dia seguinte.

Qual alimento úmido usar no mix feeding?

Ao adotar o mix feeding na dieta do pet, pode haver algum tipo de confusão na escolha do alimento úmido. E esse é um tema que precisa de muita atenção do tutor. 

Por exemplo, misturar rações secas e úmidas categorizadas como alimento completo é um erro. Pois, o excesso de proteínas e vitaminas pode causar sobrecarga ao organismo do animal, ocasionando diversos problemas de saúde. 

Por isso, ao preparar o mix feeding de rações para o seu cão ou gato, opte sempre por combinar alimentos secos com os úmidos específicos. Que são conhecidos popularmente como petisco úmido. 

Quando fazer a mistura de texturas?

O mix feeding é uma prática que pode ser adotada todos os dias, inclusive fazendo parte da dieta regular do seu animal de estimação. Entretanto, é preciso atenção.

Para evitar problemas, o recomendado é buscar orientação de um médico-veterinário. Só um profissional poderá orientar quando fazer o mix feeding e a combinação mais adequada às características do seu cão ou gato. 

Mix feeding com comida natural

Uma dúvida comum entre os tutores quando se fala em mix feeding é: posso misturar ração com comida natural? A princípio, a resposta é não. Uma vez que comida natural pode conter temperos ou ingredientes nocivos ao organismo do animal.

De acordo com Lysandra Barbieri, médica-veterinária da Educação Corporativa da Cobasi: “quando alimentamos o animal com uma ração de qualidade e na quantidade correta para o peso dele, as quantidades de vitaminas presentes na ração geralmente são suficientes para suprir às necessidades, salvo exceções”.

Se, ainda sim, você desejar fazer um mix feeding de ração seca com alimento natural, consulte um médico-veterinário de confiança.

Apenas ele poderá indicar quais são os alimentos que o pet pode comer e a maneira ideal de oferecer ao seu animal de estimação.

Gostou de saber tudo sobre o mix feeding? Então, conte para gente: qual é o tipo de ração preferida do seu animal de estimação?

Lysandra Barbieri

| Atualizada em

Colaboração de Lysandra Barbieri

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

2 Comentários

  1. Gilberto Silva disse:

    Dicas importantíssimas quanto ao trato de nossos queridos pets.
    Uma pergunta…Temos três meninas (Gatinhas) e todas lambem todo o liquido do sachê…porque não fazem sachês tipo uma sopinha com carnes bem miudinhas? Infelizmente é muito desperdício, pois amam o liquido apenas.

    Obrigado!

  2. Mauricio disse:

    Quando a falta de apetite virava um problema eu sempre fazia isso, mas não sabia que tinha nome. He, he …

Deixe o seu comentário