Ouriço Pigmeu: conheça a espécie

Compartilhar:


ouriço pigmeu

Apesar de ser um animal extremamente pequeno, o Ouriço Pigmeu vem ganhando cada vez mais espaço. Mesmo que se pareça um porco-espinho, suas características podem ser divergentes. Neste texto você ficará por dentro de tudo sobre o pequeno. Confira!

Principais características do Ouriço Pigmeu

O Ouriço possui espinhos espalhados por todos os lugares de seu corpo, menos no focinho e ventre – espinhos esses que podem medir até 20 milímetros e apresentar várias cores. Sua barriga é super macia, e as orelhas são arredondadas e pequenas.

Diferente dos demais ouriços, ele tem só quatro dedos nas patas, e não cinco, como a maioria. Em relação ao seu peso e tamanho, podem oscilar entre 14 e 21 centímetros, com 300 a 500 gramas. Ou seja, ele é extremamente pequeno.

Comportamento do animal

Seu habitat natural são as savanas e campos de cultivo, localizados na África Central. Eles são noturnos, escondendo-se durante todo o dia, indo atrás de alimento ao alvorecer.

Além disso, os que vivem em cativeiro alcançam uma média de até 8 anos. 

Apesar de seus espinhos, o Ouriço Pigmeu é muito amigável e extremamente confiante, além de ser domesticável. Quando enfrentam uma situação de possível perigo, eles se enrolam sobre si mesmos, pois seus espinhos funcionam como uma barreira de proteção.

Aliás, é normal que o Ouriço passe por queda de espinhos nos primeiros meses de vida, mas também pode acontecer na fase adulta – nesses casos, contudo, será num grau consideravelmente menor.

ouriço pigmeu

Cuidados importantes com o Ouriço Pigmeu

Se você deseja manter o animal, é necessário ter muita responsabilidade. Antes de levar o animal para sua casa, certifique-se de que terá tempo para cuidar, dinheiro e espaço para que ele possa viver e brincar, garantindo uma vida digna e saudável.

Eles são animais super ativos, desse modo, precisam se movimentar todos os dias. Seu terrário pode ser acoplado a um cercado, sem grades. Mas se a escolha for libertar o ouriço em casa é essencial garantir que objetos perigosos e plantas venenosas, por exemplo, fiquem bem longe de seu alcance.

Como alimentar o animal?

O Ouriço Pigmeu é um animal insetívoro. Em seu habitat natural eles se alimentam de minhocas, caracóis, larvas e até mesmo ovos de aves. Para os que moram em cativeiro, a dieta à base de insetos também deve ser mantida, e esses podem ser encontrados em lojas próprias para animais, como a Cobasi.

Como cuidar da saúde do animal?

Os cuidados se parecem com os necessários a qualquer outro pet. Ou seja, o tutor deve levá-lo ao veterinário de modo regular – duas vezes ao ano é o ideal, evitando enfermidades como sarna, câncer e obesidade. Manter sua dieta correta, quando somada a exercícios frequentes, garante que o ouriço possa ter uma vida prazerosa e feliz.

Eles fazem parte de espécies que normalmente chamam muita atenção, tanto por seu tamanho quanto por seus espinhos. Mas é importante lembrar que seu bem-estar vem em primeiro lugar, respeitando assim, sua privacidade e momentos com seus donos.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário