Saiba mais sobre o peixe Guppy e como criá-lo

Por Cobasi

Compartilhar:
peixe guppy

Quem é fã de aquarismo sabe que a escolha de peixes para compor o aquário é um momento muito importante. Afinal, cada espécie precisa de cuidados diferentes. No entanto, se o seu desejo é ter animais chamativos, vai adorar conhecer o peixe Guppy.

Além de ser um peixe ornamental, esse pequeno nadador também é uma espécie bem curiosa. Quer saber mais sobre o peixe Guppy? Então continue com a gente!

Aqui você irá conhecer mais informações sobre esse animal e também saber como criá-lo em casa.

Conhecendo o peixe Guppy

Para quem prefere peixes mais locais, o Guppy é uma das melhores escolhas. Esse animal é natural de regiões da América do Sul e Central. Até mesmo seu nome tem um significado na língua tupi-guarani. 

Originalmente, o peixe Guppy se chamava Guarú, que em tupi significa um peixe que come de tudo. Por esse motivo, o Guppy também pode ser conhecido como Peixe Barrigudinho. No entanto, também é comum que esse animal seja reconhecido pelo nome Lebiste.

Outra informação sobre o Guppy é que ele é um peixe de água doce. Por isso, é comum que esse animal habite lagos e riachos.

Seu tamanho pode chegar até os 3,5 cm no caso dos machos. Já as fêmeas da espécie costumam ser maiores, com 6,5 cm de comprimento.

Porém, a principal característica do Lebiste são suas cores chamativas e sua cauda com formatos variados.

Normalmente, as cores mais chamativas estão mais presentes no macho da espécie do que nas fêmeas.

Além disso, o período gestacional do Guppy é de cerca de 25 dias. Em cada ciclo, é comum que nasçam até 60 filhotes, todos gerados dentro do corpo da mãe.

Outra curiosidade interessante sobre o Lebiste é que ele se dá bem com outros tipos de peixe. Alguns que são compatíveis com esse pequeno nadador são o Molinésia e o peixe Platy.

Então, sabendo dessas informações, vamos conhecer os principais cuidados para se ter ao criar o peixe Guppy.

O que come o peixe Lebiste?

peixe guppy

Para aqueles que desejam ter esse peixe ornamental no aquário, saibam que a alimentação do Lebiste é muito importante. É comum que esse pet coma bastante, mesmo quando está satisfeito. 

Dessa forma, para evitar problemas com a alimentação, controle a quantidade oferecida ao animal.

Alimentos como artêmias salinas ou enquitreias, pequenas minhocas e ração em flocos para peixe podem ser oferecidos a ele. 

No entanto, evite deixar alimentos no fundo do aquário. Saiba que o peixe Guppy precisa de comida em um intervalo de poucas horas. Nesse sentido, a comida deixada no fundo pode alterar a qualidade do ambiente do animal.

Criando Lebiste em casa

Outro cuidado para se ter com o peixe Guppy é com o local onde ele ficará. No caso desse peixe, um aquário médio e com plantas para enfeitar é uma ótima opção.

Também se atente à qualidade da água. Mesmo que o Guppy seja um peixe bem resistente, ele é sensível à mudança da qualidade de água.

Por isso é importante investir em um bom filtro de água e regulador de temperatura no aquário. Dessa forma você pode garantir melhores condições para seu pet.

Além disso, não misture o Lebiste com peixes maiores. Assim, é possível evitar brigas e disputas dentro do aquário.

Com esses cuidados, você poderá desfrutar da boa companhia desse peixe ornamental e dar mais cor ao seu aquário.

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário