Curiosidades sobre as penas de aves

Por Cobasi

Compartilhar:
Duas araras sob um toco
As penas das aves servem para funções bem importantes

Um detalhe que todos sabem sobre as penas de aves é que elas têm como utilidade proporcionar o voo. Entretanto, você sabia que a pena de ave possui muitas outras funções práticas?

Fora a beleza e encanto natural que as penas de pássaros despertam em todos, elas são muito importantes para o dia a dia das diferentes espécies de aves existentes. 

As penas sempre causaram encanto às pessoas. Afinal, quando unidas, elas possibilitam que o voo de aves seja alçado, portanto, viabilizando a locomoção desses animais pelo céu.

Por ser algo tão distante de o ser humano realizar de forma natural, o voo e as penas são cobertos de curiosidade. Confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre as penas de aves.

Para que servem as penas

De forma prática, as penas de aves possuem muitas funções, uma vez que revestem todo o corpo. Vale considerar, porém, que proporcionar o voo é de fato a principal função das penas, já que fazem que haja estabilidade no decorrer do percurso.

Além disso, as penas promovem impulso, e quanto mais a ave bate as asas, maior energia ela ganha.

Outras funções das penas são reveladas pela bióloga Rayane Henriques, da Educação Corporativa da Cobasi: “Elas também auxiliam no controle da temperatura atuando como isolante térmico e camuflagem”.

Você já deve ter se deparado com uma ave estufando o peito, né? Esse é o exato momento em que as penas atuam como isolante térmico. Isto é, estão tentando se aquecer.

Quanto à camuflagem, as penas ajudam na defesa do animal contra os seus predadores.

Tipos de penas de aves

Para além da variação, do tamanho, cor e forma, as penas são divididas em 6 tipos:

  • Filopluma – de tamanho pequeno e com uma haste comprida, possui sensores nervosos que se comunicam ao cérebro;
  • Cerdas – também são pequenas, ficam situadas perto do bico e dos olhos e são uma espécie de cílios para os pássaros;
  • Semiplumas – recobrem todo o corpo da ave e ajuda no controle térmico;
  • Baixas penas – são bastante úteis no controle da temperatura, com formato pequeno e bonito;
  • Penas de voo – obviamente são as que mais são usadas por esses animais enquanto percorrem os céus. São longas e finas em suas pontas;
  • Penas de contorno – recobrem a maior parte do corpo e são as mais comuns. Também ajudam no voo e no controle térmico.
flamingo coçando as penas
Isolamento térmico também é uma função das penas

Cuidados necessários com as penas

Todo o tutor de aves deve estar atento aos cuidados que se deve ter com as penas do seu pet para mantê-lo sempre com saúde.

Manter o seu pássaro bem nutrido com alimentos feitos especificamente para espécie dele é uma ótima maneira de conservar em bom estado as suas penas.

Caso perceba queda excessiva das penas de seu passarinho, procure oferecer opções de entretenimento como brinquedos e poleiros, pois ele pode estar estressado.

Já quanto ao corte das penas, é uma atividade que deve ser feita com cautela. Afinal, quando realizada de qualquer forma, ela pode colocar a saúde do animal em risco.

Procurar um veterinário para cortar as suas asas é sempre a escolha mais correta. Ou seja, conte sempre com um profissional especializado!

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário