Porquinho da índia angorá: tudo o que você precisa saber

Compartilhar:


porquinho da índia ingles
Como qualquer outro pet, os porquinhos das índia precisam de cuidados.

Sabia que a espécie porquinho da índia angorá vem caindo cada vez mais no gosto do brasileiro para ser pet de estimação?

Afinal, você já se perguntou por que o porquinho-da-índia possui esse nome se a sua origem não está associada ao país asiático?

Desde que passou a ser domesticado, o porquinho-da-índia tem se tornado um dos bichinhos de estimação preferidos mundo afora. Continue a leitura e saiba mais sobre esse pet.

História do porquinho da índia angorá

Na verdade, a origem do porquinho-da-índia está vinculada à América do Sul.

Quando o navegador Cristóvão Colombo aportou na América em 1492, julgou ter encontrado as Índias.

Ou seja, por este motivo os habitantes daqui passaram a ser chamados de índios e, por tabela, o animalzinho que os portugueses não conheciam passou a ser chamado de porquinho-da-índia.

Com o passar dos anos, os porquinho-da-índia foram descobertos, outras raças passaram a existir com o cruzamento de diferentes espécies, como o porquinho da índia angorá.

Características do porquinho da índia angorá

Esse roedor tem origem do cruzamento entre a raça Abissínio e a Peruano. Até por isso, a sua semelhança com a raça Abissínio é grande, pelo fato de seus pelos terem o seu desenvolvimento na forma de rosetas. 

Porém, o porquinho da índia angorá tem pelagem mais longa quando comparado aos da espécie Abissínio. Ele possui características físicas e comportamentais adoráveis e cada vez mais vem caindo no gosto do brasileiro.

De forma geral, esse tipo de porquinho-da-índia pode ser definido como um bichinho com pelagem curta nas patas e cabeça. Já nas costas, os pelos costumam ser longos. 

Além disso, esse roedor conta com um redemoinho em sua região traseira, o que lhe confere uma graça natural. 

Cuidados básicos

Em linhas gerais, esse pet é um roedor herbívoro, quer dizer, quando se encontra na natureza a sua dieta é à base de vegetais.

Além disso, a partir da domesticação, alguns tipos de rações para porquinho da índia angorá foram desenvolvidas, pois é o ideal no ambiente caseiro.

Isso porque, a ração acaba suprindo diversas necessidades nutricionais desse bichinho, como a sua dificuldade na absorção de vitamina C.

Além da ração, outros alimentos como verduras, legumes e frutas podem proporcionar variação ao cardápio, que deve ter sempre como base a ração para porquinho da índia angorá.

Como cuidar da higiene

Embora o porquinho da índia angorá tenha como hábito se lamber, como os gatos, isso não é o suficiente para que ele se mantenha devidamente higienizado. Além disso, mesmo não sendo com grande frequência, este porquinho-da-índia necessita tomar banho, ao menos uma vez por mês.

Entretanto, para que ocorra tudo bem no banho do seu pet, é importante estar atento para que ele não sofra depois de limpo, como evitar que a água entre em suas orelhas.

Por fim, ele é um bichinho encantador e com o tempo cativa a todos em casa.

Gostou desse post? Leia mais sobre outros pets em nosso blog:

Hamster: espécies e cuidados com roedores
Hamster Anão Russo: pequenino e fofo
1000 nomes para porquinho-da-índia
Hamster Sírio: características físicas e comportamento do roedor

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário