Rato do mato: saiba mais sobre este roedor

Compartilhar:


rato do mato

O rato do mato é um pequeno roedor, muito semelhante ao camundongo, eles são muito encontrados na América do Norte, Europa e Ásia. 

Esses ratinhos são muito ativos e vivem em tocas ou túneis, perto de lagos e regatos, por isso, são excelentes nadadores.

Existem mais de 100 espécies deste roedor espalhados pelo mundo. Continue lendo para saber mais sobre o rato do mato. 

Conheça o rato do mato e suas características

Embora eles sejam parentes distantes dos hamsters, os ratos do mato não são considerados animais de estimação

Também conhecidos como ratos do campo, eles possuem o corpo robusto, cauda curta e peluda, cabeça arredondada, orelhas e olhos pequenos. Podem medir até 22 cm dependendo da espécie. 

Suas fêmeas podem ter de 5 a 10 ninhadas no ano, com uma gestação de até 3 semanas, o que faz com que os ratos se reproduzam com facilidade e rapidez. 

Apesar de serem animais selvagens, os ratos do mato possuem comportamentos semelhantes aos dos roedores domésticos. Adoram viver escondidos em ninhos, tocas, túneis e buracos de árvores. 

Sua pelagem costuma ser curta, densa e macia, normalmente nas cores cinza, marrom ou avermelhada. 

rato do mato comendo

O que os ratos do mato comem?

Eles são muito adaptáveis, sendo encontrados especialmente na América do Norte, Europa e Ásia, mas também existem espécies na Líbia. 

São facilmente encontrados em florestas, pradarias, campinas e ao redor dos lagos e riachos. São herbívoros, portanto podem se alimentar de frutas, verduras, plantas, nozes ou restos de animais mortos. 

Adoram atacar plantações, o que torna sua presença evidente, fazendo com que eles sejam considerados pragas. Uma vez que as plantações podem ser danificadas ou destruídas. 

Além disso, eles também podem se alimentar das raízes das plantas e bulbos. No entanto, ao mesmo tempo em que eles são responsáveis por destruir plantações, eles agem de forma benéfica, disseminando sementes por outras regiões. 

Curiosidades sobre o rato do mato

Embora os roedores sejam famosos por sua reprodução em larga escala, os ratos do mato são animais monogâmicos. 

Por incrível que pareça, os machos são extremamente fiéis às fêmeas, tornando-as parceiras para a vida toda. Além disso, os ratos do mato também participam da criação dos filhotes. 

Os ratos do mato costumam viver em colônias, sendo assim, quando nasce a primeira ninhada, os filhotes ficam no grupo familiar durante longos períodos. 

A relação monogâmica entre eles acontece sempre que existe um número igual de machos e fêmeas. As fêmeas costumam optar pela escolha de machos que ainda não acasalaram e esta escolha pode ocorrer em até 24h. 

No entanto, vale ressaltar que mesmo vivendo em colônias, os machos costumam ser territorialistas e disputar o território entre eles. Nesse quesito, as fêmeas não ficam atrás, embora menos territorialistas, elas podem ser agressivas com outras ratas. 

Isso ocorre especialmente nos meses de inverno, quando muitos ratos do mato compartilham a mesma toca como forma de preservação de calor. 

Gostou dessas dicas? Acesse nosso blog e leia mais sobre roedores:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário